Conecte-se agora

Fim da agonia

Publicado

em

Hoje, se não der alguma trovoada de última hora, acaba, enfim, a agonia na FPA. O PCdoB, após ouvir na reunião de logo mais á tarde dos demais partidos que, eles apóiam a candidatura Marcus Alexandre (PT), deverá dar por encerrado o ciclo da candidatura Perpétua Almeida (PCdoB)  à PMRB. Não será uma decisão unilateral dela, mas sim da cúpula do seu partido.

Não hesitaria

Dependesse exclusivamente da Perpétua Almeida, ela iria até o fim com sua candidatura, mas em disputa majoritária, depende do partido, e ao PCdoB, isolado na FPA, só coube o recuo.

O arroubo da juventude

No jornalismo político, a experiência vale muito: você já não raciocina por emoção. A turma  jovem do jornalismo precisa aprender uma lição: em política, nunca creia nas evidências.

Tremenda bobagem

É uma bobagem se apontar o dedo de revolta para a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), porque ser candidata a prefeita da Capital não dependia só dela. Foi aonde deu.

Armou errado

O presidente do PRP, Julinho, armou e se deu mal. O vereador Raimundo Vaz (PRP) me disse que não apóia sua idéia de candidatura própria e tampouco de levar o PRP para a oposição.

Falando só

No mesmo tom já se posicionaram os deputados Astério Moreira (PRP) e Lira Moraes (PRP).

Ida sem volta

Todos os emissários que tentaram conversar com o governador Tião Viana para que tenha um entendimento com o Julinho (PRP), voltaram com um “não!”. Afonso, do PSDC, foi um deles.

Questão fechada

É questão fechada no PT, aliança com o PRP, só com Julinho fora da presidência.

Tranqueira política

O ex-deputado Mazinho (PMDB) diz não temer a candidatura do deputado Gilberto Diniz (PTdoB) a prefeito de Sena Madureira: “essa tranqueira no meu palanque, só tira votos”.

Nada sério

Mazinho diz que, se há alguém que não deve ser levado a sério é o Gilberto Diniz.

Conversa franca

O deputado Eber Machado (PSDC) foi taxativo ontem ao ser perguntado se iria á reunião de hoje da FPA: “só volto me integrar na FPA após ter uma conversa franca com o Tião Viana”.

Montana, o poderoso!

O ex-deputado João Correia (PMDB), é irônico sobre seu partido: “o Jack Montana, o anão do Petecão, nem é do PMDB, mas, tem mais prestígio na executiva do que qualquer membro”.

Pela ordem

Para João Correia, pela ordem de importância no PMDB, primeiro vem o senador Sérgio Petecão (PSD) e logo em seguida o anão “Jack Montana”. “São os homens que mandam”, diz.

Foi autêntico

O novo ministro da Pesca, Marcelo Crivella, da Universal, foi autêntico ao confessar seu despreparo para o cargo ao dizer que, de pesca, não sabe nem botar anzol em minhoca.

Não se admirem

Ninguém se admire nem um pouco (a fonte é confiável) se o deputado Moises Diniz (PCdoB) for o candidato da FPA a prefeito de Tarauacá, com apoio e prioridade máxima do governo.

Questão de honra

Segundo um membro de fala grossa do PT, isso ocorrendo, seria questão de honra para o governo Moisés Diniz (PCdoB) ser eleito, pela sua lealdade ao Tião Viana na Aleac.

Errata

Orleir Cameli foi governador do Acre em 1997 e não em 1977 como saiu na coluna.

Duas mulheres

A coerente deputada Antonia Sales (PMDB) citou duas mulheres como importantes na luta dos ex-guardas da SUCAM por uma aposentadoria especial: Perpétua Almeida e Idalina Onofre.

Tirando o couro

O RBFC botou para tirar o couro do torcedor acreano: R$40 o ingresso para Cruzeiro x RBFC.

Até que enfim

Os vereadores de Rio Branco, até que enfim, estão numa sede digna para as sessões.

Cair em campo

Fernando Melo diz apenas esperar seu nome vencer as prévias do PMDB de hoje, para cair em campo fazendo campanha para prefeito sem hora de parar.

Mandado de segurança

Até o fechamento da coluna não tinha saído o resultado do “Mandado de Segurança” impetrado por João Correia pedindo a suspensão das prévias no PMDB.

Boa idéia

Para se ser candidato a governador e prefeito tem que se ter “ficha limpa”. Por que não, os ocupantes de cargos de confiança do governo e da prefeitura se enquadrarem na mesma exigência? Exatamente por esse argumento  os deputados e vereadores deveriam aprovar os projetos do deputado Jamil Asfury (DEM) e da vereadora Ariany Cadaxo (PCdoB) neste sentido.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas