fbpx
Conecte-se agora

Honrado, mas não imune!

Publicado

em

O deputado Jonas Lima (PT) é um cidadão honrado, homem de bem, nem se discute. Mas, como deputado, figura pública, esses atributos não o tornam imune às críticas da imprensa. Quem não quer se submeter a esse axioma que não se candidate a cargo na vida pública.

Mote surrado

E o deputado Jonas Lima (PT) se equivoca mais uma vez pensando que ficará numa situação privilegiada, usando o surrado mote de que a imprensa faz críticas por querer dinheiro.

Não restabelece

Este tipo de posição em nada vai melhorar a sua imagem política, no mais, a vida continua.

Sábia a palavra

Sábia a citação pelo deputado Astério Moreira (PRP) de uma frase do saudoso jornalista Paulo Francis para bem situar o debate, que, a imprensa que não critica não existe como imprensa.

Euforia e comedimento

Ontem, no PT, já se notava uma euforia comedida de que, o PCdoB não romperá a aliança.

Grécia antiga

A deputada Marileide (PSD) usou a lenda da “caixa de pandora” – caixa de maldade do Deus grego Zeus – para atacar o governo e ameaçar revelar segredos do petista Marcus Alexandre.

Evocando themis

Na defesa do governador Tião Viana o líder do PT, deputado Geraldo Pereira, evocou a deusa grega da justiça, Themis, e acusou Marileide de viver a idade do ferro, das brigas e discórdias.

Cautela e caldo de galinha

Quem matou a pau foi o deputado Jamil Asfury (DEM), com a ilação irônica de que, se os deuses da mitologia grega resolvessem alguma coisa, a Grécia não estaria hoje falida.

Decisão rápida

A vice-prefeita de Senador Guiomard, Solange Pascoal (PMN), prevê solução rápida, para logo após o carnaval, sobre quem será a candidata a prefeito, se ela ou Tião da Emater (PMDB).

Conversa importante

Solange deve procurar o apoio do ex-prefeito Celso Ribeiro (PTN) para a chapa PMN-PMDB.

Bom porto

O deputado Moisés Diniz (PCdoB) foi lacônico mas revelador na crise na FPA: “nós do PCdoB chegaremos a um bom porto (unidade)”. Diniz está convicto que a FPA sairá da crise unida.

Não descartem

É bom não se descartar a reunião do PCdoB no carnaval decidir pelo apoio à candidatura do PT, sob o argumento do PCdoB “não ter se preparado” para a disputa majoritária isolada.

Lei de enfeite

Alguns bancos não estão cumprindo a lei de autoria do deputado Walter Prado (PDT) de proibição do uso de celular no interior das agências bancárias. Virou lei de enfeite.

Proposta vetada

A proposta de regular as cheias e vazantes do rio Acre com a construção de comportas e eclusas, feita pelo deputado Eduardo Faria (PCdoB) é boa, mas cara para o governo do Acre.

Vetada

Proposta idêntica do governador Tião Viana teve os recursos vetados pela presidente Dilma.

Até que enfim

Até que enfim alguém resolveu encarar de forma séria o crescimento do tráfico de drogas em Rio Branco. O deputado Moisés Diniz (PCdoB) fará um debate amplo sobre o problema.

Pela ordem

Wagner Sales (PMDB), Henrique Afonso (PV), César Messias (PSB) e Marcelo Siqueira (PT) é a ordem do último páreo na corrida do mandi em Cruzeiro do Sul.

Juiz adversário

O Juiz da corrida foi de um adversário, então, não há nem como contestar o resultado por ser favorável ao prefeito Wagner Sales, o que desmonta a falácia dele estar mal popularmente.

Fora do circuito

Agora é para valer, o vice-governador César Messias (PSB) não será candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul.

Ferrado de vez

A recente condenação do ex-prefeito Deda (PP) pelo TCE, o tira do páreo na disputa da prefeitura de Rodrigues Alves.  O prefeito Burica escapa de levar uma surra nas urnas.

Falsa premissa

O deputado Astério Moreira (PRP) diz ser falsa a premissa que, se a oposição ganhar a prefeitura da Capital no dia seguinte resolve todos seus problemas.

Ponta da agulha

Se Toinha Vieira (PSDB) não for candidata a prefeita de Sena, Márcio Bittar vai impor o nome do afilhado, o vereador Zenil Chaves (PPS).

Pau na moleira

Fim de papo para quem está na malha, a “Lei da Ficha Limpa” valerá para a eleição municipal.

Não importa o desfecho

Se o PCdoB vai tirar a candidatura da deputada federal Perpétua Almeida á prefeita, se ela vai desistir da empreitada, depois de tudo o que já aconteceu e do que ela disse é irrelevante, a FPA já sofreu uma grave fissura na unidade da alvenaria política, com reflexos futuros. É como briga de casal por infidelidade, podem até ficar sob o mesmo teto, mas sem confiança antiga.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas