Conecte-se agora

Gladson participa da posse e elogia o novo Ministro das Cidades

Publicado

em

Ao participar da posse do novo Ministro das cidades, Aguinaldo Ribeiro, do PP da Paraíba, o deputado federal Gladson Cameli (PP-AC) disse ao ministro que ele pode contar com o apoio de seu partido no Estado do Acre e que, por uma via de mão dupla, o Estado tem certeza de contar com o apoio de Aguinaldo para os projetos de desenvolvimento.

Gladson participou das duas solenidades de posse do novo ministro, sendo a primeira no Palácio do Planalto, sob a direção da Presidente Dilma Roussef, e a segunda, transmissão do cargo, na sede do Ministério das Cidades.

O deputado disse que a continuidade do partido na direção do ministério, representa a confiança da Presidenta Dilma nas lideranças do PP e a de manutenção de uma base de sustentação que tem trazidos frutos e benefícios para o País. Um exemplo dessa unidade partidária, segundo gladson, foi a eleição por aclamação do novo líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira, que assumiu no lugar de Aguinaldo Ribeiro.

Cameli elogiou a trajetória política e profissional de Aguinaldo Ribeiro, dizendo que ao longo de sua caminhada exercendo funções técnicas no governo da Paraíba, bem como mandato de deputado estadual, o novo Ministro das Cidades aprimorou sua visão de desenvolvimento social, o que proporcionará, com certeza, uma excelente administração à frente desse importante ministério.

David Casseb. de Brasília

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre 01

Advogado de Ícaro diz que “morte de Jonhliane foi acidente e pode acontecer com qualquer um”

Publicado

em

O reconhecido advogado Sanderson Moura, que agora defende Ícaro José da Silva Pinto, usou suas redes sociais para divulgar uma nota de esclarecimento em relação ao pedido de prisão de seu cliente. Sanderson afirma que a ida de Ícaro para Fortaleza foi para atender um chamado da mãe, a professora Alcilene Gurgel, que está na capital cearense em tratamento de saúde, e para resguardar sua integridade física, já que teria recebido diversas ameaças.

O advogado destaca que assim que Ícaro soube do mandado de prisão em seu nome, está vindo se apresentar para a justiça acreana e diz que espera que as instituições de estado tenham condições de resguardar sua integridade física.

Em defesa do cliente, Sanderson diz que não houve racha e que nem a polícia, nem o Ministério Público irão provar o contrário e ainda diz que a opinião pública se posiciona ferozmente contra Ícaro.

A parte da nota que deve gerar mais polêmica é quando o advogado afirma que a morte de Jonhliane Paiva se trata de um acidente de trânsito sujeito a acontecer com qualquer pessoa e que a prisão de seu cliente é desnecessária e extremada.

Leia a nota completa:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Quanto a prisão preventiva decretada contra Ícaro José da Silva Pinto temos a esclarecer:

1. Ícaro, após os fatos compareceu normalmente a delegacia para prestar esclarecimentos;

2. Recebeu várias ameaças contra sua integridade física devido a repercussão do acidente;

3. Temendo pela sua vida, atendeu a um chamado de sua mãe, a professora Alcilene Gurgel, que encontra-se em Fortaleza a tratamento de Saúde;

4. Chegando lá, foram se alimentar próximo ao lugar em que sua mãe estar hospedada, perto de uma praia. Alguém tirou uma foto e divulgou na imprensa;

5. Tão logo soube do decreto preventivo, Ícaro está vindo se apresentar a Justiça Acreana sem nenhuma pretensão de fugir;

6. Esperamos que as instituições do estado tenham condições de resguardar sua integridade física e se diferenciem do sentimento popular para que possam aplicar a lei com tranquilidade, com racionalidade e correção sem influências indevidas;

7. Quanto aos fatos, não houve racha, e nem a polícia nem o MP poderão provar o que não houve; essa falsa narrativa, infelizmente, açodamente promovida até por quem deveria zelar pela lei, contribuiu para que a opinião pública se posicionasse ferozmente contra Ícaro;

8. Trata-se de um acidente de trânsito sujeito a acontecer com qualquer pessoa, com qualquer outro jovem.

9. O dolo nesses caso deve ser provado pelo MP, meras declarações pela imprensa não supre a prova.

10. Achamos desnecessária e extremada a prisão preventiva num crime de trânsito, havendo outras medidas menos gravosas que poderiam ser impostas mais em conformidade com o presente caso, razões pelas quais manejaremos os meios cabíveis para revogá-la!

11. Por fim, Ícaro não pretende se furtar à sua responsabilidade, mas estamos juntos, como advogado, para lutar para que o direito não resvale para o exagero, a vingança e injustiça. Que ele pague sua pena na medida de sua culpabilidade.

Continuar lendo

Acre

Mãe de Ícaro ao ac24horas: “não divulgue esse vídeo. Eu faço o que você quiser”

Publicado

em

ac24horas procurou a presidente do Sindicato dos Professores da Rede Pública de Ensino do Estado do Acre (Sinproacre), a professora Alcilene Gurgel, após ter acesso aos vídeos que, supostamente, mostram seu filho, Ícaro José da Silva Pinto, sentado à beira mar numa praia de Fortaleza (CE) na tarde dessa quinta-feira (13). As imagens foram gravadas por uma acreana que teria reconhecido o acusado de conduzir a BMW que tirou a vida de Jonhliane Paiva de Souza, de 30 anos, na semana passada, ao colidir na motocicleta da vítima na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco.

Antes de publicar o vídeo, a reportagem tentou saber se as imagens eram atuais e Alcilene afirmou: “não é de agora. Ícaro errou, se postar isso vai acabar mais ainda situação dele”.  Segundo ela, as imagens teriam sido feitas no mês de janeiro. No entanto, a dona dos vídeos relaciona a pessoa vista na praia como o acusado de conduzir o carro de luxo e, inclusive, menciona o nome da vítima da colisão durante a filmagem.

Noutro momento, a mãe de Ícaro diz à reportagem: “(…) tenha misericórdia, não divulgue esse vídeo, não foi de agora. (…) Eu faço o que você quiser. Você irá postar esse vídeo? O que fazemos. Esse vídeo não ser postado”, pede Alcilene.

A mãe de Ícaro argumenta: “tu [sic] sabe das ameaças que ele tá sofrendo. Ele está aí num lugar [em Rio Branco] e na hora que for decretada a prisão ele irá se apresentar com o advogado”. Mesmo alegando que ele se encontra em Rio Branco, a família negou um encontro de Ícaro com a equipe de reportagem na noite dessa quinta-feira, 13, afirmando que só seria possível uma entrevista no dia seguinte, na sexta-feira, 14, pois, segundo ela, seria quando o advogado estaria presente. “E so [sic] pode amanhã”, garantiu.

Alcilene disse ainda que a mulher que aparece no vídeo sentada ao lado de Ícaro na praia “não é do acidente. E ex noiva [sic] dele”, afirma. Após a divulgação dos vídeos na imprensa acreana, o juiz Alesson Braz, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, atendendo um pedido do delegado Alex Danny, da Polícia Civil, e com a concordância do Ministério Público do Acre (MPAC), decretou a prisão preventiva de Ícaro Teixeira Pinto, condutor da BMW que tirou a vida de Jonhliane Paiva de Souza.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja a descrição da conversa na íntegra:

Ac24horas – “Esse vídeo é de agora? Ele [Ícaro] está ou não em Rio Branco, pode nos dizer? Obrigada”.

Mãe de Ícaro – “Tais isso é antigo. Ícaro está aí [em Rio Branco]. Agora por favor não estou bem. Tenha misericórdia da nossa família”.

Ac24horas – “De quando é o vídeo? Sabe nos dizer? Eu ligue pra um número dele agora pouco, ele falou pra senhora?”.

Mãe de Ícaro – “De janeiro [o vídeo], quando ele veio buscar um carro”.

Ac24horas – “Entendi. E você está em qual Estado?”.

Mãe de Ícaro – “Eu estou em Fortaleza”.

Ac24horas – “Entendi. A gente recebeu não só esse, mas outros vídeos hoje também de uma pessoa que é acreana e avistou ele [Ícaro], teria avistado ele hoje na praia. O que vocês têm a dizer sobre esses vídeos da pessoa que é do Acre falando que ele é o rapaz que havia causado o acidente e tá na praia?”.

Mãe de Ícaro – “Tais pela mor Deus [sic], tenha misericórdia, não divulgue esse vídeo, não foi de agora. Eu faço o que você quiser. Não é de agora Tais, Ícaro errou, se postar isso vai acabar mais ainda a situação dele”.

Ac24horas – “Entendi. No vídeo a pessoa cita o nome da moça do acidente. Por que ele foi pra praia? Tem data pra retornar?”

Mãe de Ícaro – “Essa moça não é a do acidente. E ex noiva [sic] dele”.

Ac24horas – “Sim… em um dos vídeos a pessoa que tá filmando ele, ela diz “olha o rapaz do acidente que matou a Jonhliane”. A gente só gostaria de saber o que ele foi fazer e se tem data para retornar”.

Mãe de Ícaro – “Tais, você irá postar esse vídeo? O que fazemos. Esse vídeo não ser [sic] postado. Ícaro conversa com você”.

Ac24horas – “Posso falar com ele? Se ele está em Rio Branco, podemos encontrar com ele?”.

Mãe de Ícaro – “Tais tu sabe das ameaças que ele tá sofrendo. Ele está aí num lugar [em Rio Branco] e na hora que for decretada a prisão ele irá se apresentar com o advogado”.

Ac24horas – “Alcilene, eu entendo a sua situação. A gente se compadece com isso também. Mas do mesmo jeito que a gente tem o vídeo, outros veículos de comunicação também vão ter acesso. Se não têm agora, vai chegar, é uma coisa que não vai ficar guardada, não tá só com a gente [o vídeo]. Então, o que eu queria saber é o que ele foi fazer no nordeste, quando que ele retorna e se agente pode falar com ele por telefone. Vocês tem algumas posição sobre o que ele foi fazer em Fortaleza ? Vocês querem se pronunciar sobre o que ele foi fazer em Fortaleza?”

Mãe de Ícaro – “Ícaro disse que pode marcar uma entrevista amanhã com você. Conversei com ele. Ele não está em Fortaleza. Pode marcar no apartamento dele?”.

Ac24horas – “Agora, pode ser? Nossa equipe pode ir agora”.

Mãe de Ícaro – “Amanhã, pois advogado vai está [sic] presente. E só pode amanhã”.

Ac24horas – “Nós podemos entrar em contato com o advogado dele hoje pra fazermos [ a entrevista]. Não tem problema”.

Mãe de Ícaro – “Se quiserem a entrevista, amanhã. Se não, você pode fazer o que acha certo”.

Ac24horas – “Então Alcilene, pra nós a entrevista só serve mesmo se for hoje porque, se ele não estiver no Acre, dá tempo de ele chegar no voo de amanhã (sexta-feira, 14). Pra nós só serve hoje mesmo. Porque se ele não estiver no Acre dá tempo de ele chegar  no voo de amanhã, entende?.

Mãe de Ícaro – “Ok, pense como quiser. Boa noite”.

Ac24horas – “Ok. Obrigada”.

Continuar lendo

Acre

Governo divulga previsão de receita para o Fundeb no Acre

Publicado

em

Portaria publicada nesta sexta-feira (14) pelo Ministério da Educação estabelece os parâmetros operacionais para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para 2020, cujo ano letivo está prejudicado pela Covid-19.

Para o Acre, o valor mais alto é o da creche e pré-escola integrais, de R$5.361,67 por aluno de estabelecimentos administrados diretamente pelas prefeituras.

Já as creches de convênio parcial recebem R$ 3.299,49 por aluno.

Somando as diferentes modalidades de financiamento, a previsão de receita per capita nas diferentes modalidades de ensino seja de R$ 1.150.404,50.

O Fundeb não é um único fundo, mas um conjunto de 27 fundos (26 estaduais e um do Distrito Federal) que serve como mecanismo de redistribuição de recursos destinados à educação básica. Isto é, trata-se de um grande cofre do qual sai dinheiro para valorizar os professores e desenvolver e manter funcionando todas as etapas da educação básica – desde creches, pré-escola, educação infantil, ensino fundamental, ensino médio até a educação de jovens e adultos (EJA).

“Vamos fazer ainda mais pelos nossos professores e alunos”, afirmou o secretário de Educação do Acre, Mauro Cruz, em entrevista à Agência de Notícias do Acre no dia 30 de julho após a aprovação do novo Fundeb no Congresso Nacional.

Continuar lendo

Acre 01

Acusado de participar de racha que matou Jonhliane Paiva é preso no bairro Tropical

Publicado

em

O estudante Alan Araújo de Lima, acusado de ser um dos motoristas que participava de um racha que culminou com a morte de Jonhliane Paiva, foi preso na manhã desta sexta-feira, 14, pela Polícia Civil.

Os agentes o encontraram na casa de uma irmã, localizada no bairro Tropical. Antes, a equipe da Polícia Civil havia ido ao endereço fornecido por Alan à justiça no Conjunto Xavier Maia, mas ele não foi encontrado.

O principal acusado por está dirigindo a BMW que atropelou e matou Jonhliane, o fisioterapeuta Ítalo José da Silva Pinto, de 33 anos, foi flagrado nesta quinta em uma praia em Fortaleza, no Ceará. Como também há um mandado de prisão em seu nome,a polícia acreana já acionou a polícia cearense para prendê-lo.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas