Conecte-se agora

Grande enigma

Publicado

em

O deputado federal Henrique Afonso (PV) espera na reunião com os cardeais da FPA, dia 13, em Cruzeiro do Sul, definir a questão da candidatura a prefeito. Acha ser o melhor nome. Mas terá de esperar mais. As pedras só vão se mexer após sair a posição de César Messias (PSB).

Sonho de consumo

O vice-governador César Messias é o sonho de consumo do PT para disputar a prefeitura de Cruzeiro do Sul. Mas, pelo que eu ouvi do governador Tião Viana, ele foi deixado à vontade.

Vice do manelão

O deputado Manoel Moraes (PSB), convencido pelo PT, recuou na decisão do PSB sair com candidatura própria a prefeito de Xapuri, mas deverá indicar o vice do prefeito Bira (PT).

Ainda sonham

Quem tem conversado com o senador Sérgio Petecão (PSD) e com o deputado federal Fernando Melo (PMDB), notam o otimismo de ambos de que, o PP indicará o vice de Melo.

Promessa feita

Apostam na promessa de aliança feita pelo deputado federal Gladson Cameli (PP).

Desgaste alto

Até os seus aliados acham que seria uma temeridade o prefeito de Acrelândia, Clóvis Moretti, disputar a reeleição, tão alto são o seu índice de rejeição e o desgaste de sua administração.

Apoio isolado

O único político que ainda o apóia ostensivamente é o deputado Eber Machado (PSDC).

Única porteira

O ex-prefeito de Brasiléia, Messias Ribeiro (PSDC), um nome limpo, que foi um bom gestor, só tem uma chance de aglutinar alianças na FPA, aparecer bem nas pesquisas de opinião pública.

Candidatura alternativa

Não faria o PT retirar a candidatura de José Alvanir (PT) a prefeito, mas poderia viabilizar uma candidatura alternativa e entrar na disputa, criando mais uma opção de escolha.

Falta a oposição

Em Plácido de Castro só falta o anúncio oficial: o candidato a prefeito de Plácido da FPA será o médico Roney Firmino (PSB). E á oposição resolver sua guerra de egos e escolher seu nome.

Nome favorito

Zezinho Barbary (PMDB) é o nome favorito para ganhar a eleição de prefeito em Porto Walter.

Gênio forte

O prefeito do Bujari, Padeiro (PSB), não é um administrador banana, é trabalhador, o seu adversário principal é seu gênio forte, não tem amigos, briga com todo mundo.

Costuma ser fatal

Em candidatura majoritária ou se aglutina, se cisca para dentro, ou a eleição fica complicada.

Deixará barato?

Sobre nota da coluna chega e-mail, com a pergunta: “Luis Carlos, você acha que o vice-prefeito Jairo Cassiano deixará barato ser rifado pelo prefeito Nilson Areal candidato à sua sucessão?”

Sabe demais

E completa o e-mail: “o Cassiano sabe demais, é uma bomba ambulante para o Nilson”.

Minha opinião

Posso até me equivocar, mas Jairo Cassiano está envolvido demais na meta de ser o candidato a prefeito de Sena Madureira pela FPA para aceitar passivamente ser tirado do jogo.

Posição lúcida

Liga o ex-vereador e médico Carlos Beirute para dizer que, a secretária de Saúde, Suely Melo, foi infeliz ao pegar casos isolados e generalizar como se todo médico fosse um irresponsável.

Contrato resolve

Se algum médico com contrato com o estado não cumpre as obrigações é de fácil solução, disse, basta demitir e não fazer um carnaval generalizando erros pontuais a toda categoria.

Sem o aval

Carlos Beirute enfatizou conhecer o governador Tião Viana, seus sentimentos, e tem plena certeza que não comunga com os termos da infeliz entrevista que causou revolta nos médicos.

É um humanista

O Tião Viana é um humanista, valoriza a categoria, a hora é da distensão, pregou Beirute.

Minha opinião

Ninguém tira os méritos da Suely “Pereirão”: é dedicada e bem intencionada, mas neste episódio foi um desastre, com reflexos políticos negativos. A Suely, calada, é uma poetisa.

Outra opinião

No jornalismo, na classe médica, em todas as categorias há maus profissionais, mas isso não pode ser transformado numa regra geral porque atinge os bons profissionais

 

Estratégia do isolamento

É consenso na cúpula do PT que, o anúncio do candidato da FPA deve sair antes do carnaval. Focando na meta, querem matar o jogo na reunião do próximo dia 5, quando os partidos aliados vão se reunir e emitir uma nota em apoio a Marcus Alexandre (PT). A meta é isolar a candidatura de Perpétua Almeida (PCdoB), não lhe deixando saída, a não ser a de recuar.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas