Conecte-se agora

Não chancela

Publicado

em

O ex-deputado federal João Correia (PMDB) me disse ontem por telefone que, vai comunicar oficialmente ao presidente do diretório municipal do PMDB, deputado Chagas Romão, que não irá à prévia partidária do dia 2, sob o seguinte argumento: “eu não vou chancelar uma farsa”.

Se preciso for

João Correia reafirmou que, seu fórum de discussão será a convenção municipal, na qual defenderá a sua candidatura à PMRB, nem que para isso tenha que buscar guarida na justiça.

Campanha de esclarecimento

Correia anunciou que retorna na segunda-feira a Rio Branco, e a partir desta data vai ocupar todos os espaços possíveis na mídia para esclarecer de forma pontual a sua recusa à prévia.

Couro de tabaco

Fernando Melo se prepare para apanhar mais do que couro de bater tabaco.

Olho em 2014

De olho no seu apoio em 2014, ninguém é mais incentivador da candidatura da deputada Toinha Vieira (PSDB) a prefeita de Sena, do que o deputado federal Márcio Bittar (PSDB).

Bases de apoio

Como candidato ao governo em 2014, Márcio Bittar saber ser importante ter prefeitos aliados em municípios de boa densidade eleitoral, como no caso de Sena Madureira.

Demolidor de mitos

Após 15 anos de sua morte, assisti na “Globonews” uma bela matéria sobre a vida do saudoso jornalista Paulo Francis, um demolidor de mitos, que fazia um jornalismo crítico e corajoso.

Frase lapidar

Entre as suas frases lapidares, uma é exemplar: “jornalismo sem crítica, é uma merda”.

Rifado na alta

Quem conhece bem o prefeito de Sena Madureira, Nilson Areal, e goza de sua amizade, garantiu ao blog ontem que, o vice-prefeito Jairo Cassiano, não será seu candidato a prefeito.

Nome do peito

O ex-secretário municipal Nelson Sales é o candidato que tem a sua simpatia.

Notificação judicial

O PSDB estuda entrar com uma ação de reparação de dano contra o responsável pelo personagem “Jacozinho”, da TV-RIOBRANCO, por ofensas criminais ao Tião Bocalon.

Coincidência política

Os candidatos a prefeito de Rio Branco pela oposição, Tião Bocalon (PSDB), Fernando Melo (PMDB) já tiveram passagem pela FPA como secretários, e Luiz Calixto (PSL), como aliado.

Nada desabonador

Coincidência nada desabonadora, é da prática política a troca partidária por motivos variados.

Nas cordas

O pronunciamento da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) cutucando o PT e reafirmando sua candidatura à PMRB, colocou o PT numa situação incômoda: nas cordas.

Sair das cordas

No boxe, a situação pior de um lutador é quando fica nas cordas, no canto do ringue. O PT tem que definir rapidamente esta situação, a cizânia já passa a imagem de uma FPA espatifada.

Bem exemplo

Ontem, pela manhã, no “senadinho político”do mercado central, freqüentado por petistas e membros da oposição, e corria até apostas, se a Perpétua abriria ou não.

Nunca aconteceu

Desde sua fundação é a primeira vez que a FPA não consegue consenso para definir seu candidato por enfrentar problemas com o PCdoB. Aliados, eles que se entendam.

Pede bis

Fica o PT com Marcus Alexandre de um lado e do outro a Perpétua Almeida mordendo a ponta da corda. Fernando Melo (PMDB) e Tião Bocalon (PSDB) agradecem pelo impasse e pedem bis.

Não entendeu

O deputado Astério Moreira (PRP) comentava ontem não entender as críticas endereçadas a ele pelo deputado Eber Machado (PSDC): “estou surpreso, sempre o tratei muito bem”.

Direto nos bairros

Enquanto a FPA não se entende, Fernando Melo (PMDB) e Tião Bocalon (PSDB) estão direto nos bairros fazendo arrastões e conversando com os moradores e vendendo seus peixes.

Pelas tabelas

A cúpula do PP está fula por o ex-prefeito Luiz Helosman (PP), ter procurado o governador Tião Viana para uma aliança com o PT. “Não caiu a ficha dele que o PP é oposição”?, Indagou um dirigente.

Sorte dele

Para esse dirigente foi sorte de Luiz Helosman o governador Tião Viana ter negado a aliança com o PT, porque se isso não tivesse ocorrido, a executiva do PP vetaria o acerto.

Jogando no colo

Com as críticas diárias aos médicos a secretária Suely Melo está jogando a categoria no colo da oposição. Não acordou ainda que o ano é eleitoral e o PT não lidera as pesquisas para a PMRB.

Fim do trololó

Tem medico que não cumpre o contrato? Assim é que se resolve e não protestando na mídia.

Não está morto

Não coloquem o prefeito de Mâncio Lima, Cleidson Rocha (PMDB), fora da disputa.

Apressado come cru

Os adversários do prefeito de Feijó, Dindim (PSDB), da aliança PMDB-PSD-PP, estão comemorando a sua derrota antes das urnas abrirem. Baseiam-se numa pesquisa em que Dindim tem alta rejeição, se esquecendo que pesquisa é momento e que é a zona rural que costuma decidir as eleições no município, segmento que não foi ouvido na aludida pesquisa.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas