Conecte-se agora

Eletrobras garante reforço nas torres do linhão entre Rio Branco e Sena Madureira

Publicado

em

Jairo Carioca,
da redação de ac24horas
jscarioca@globo.com

O presidente da Eletrobras, engenheiro Marcos Aurélio Madureira da Silva, confirmou no final da tarde de ontem (2) durante reunião com o deputado Major Rocha e uma Comissão de Vereadores do município de Sena Madureira, que os prejuízos com a queda das torres nos meses de novembro e janeiro ultrapassaram a casa de 1 milhão de reais. Mesmo assim a empresa não deu garantias de que a sabotagem não volte a acontecer.

– Ato foi de vandalismo, ao que tudo indica trata-se de uma pessoa que imaginava que poderia ter algum retorno financeiro com o que eu chamo de sabotagem. Então não tem haver com as condições da linha – comentou Madureira.

Reunião foi no gabinete do presidente da Eletrobras

Ainda segundo o presidente, o linhão foi construído dentro da melhor técnica e com inspeções rotineiras. A empresa está pedindo uma punição responsável a quem praticou o ato que prejudicou a população de Sena Madureira. Madureira não confirmou a vulnerabilidade do sistema, ele frisa que a quantidade de casos relacionados com o tamanho das linhas em todo o Brasil é muito pequena.

O vereador Josandro elogiou a postura transparente da Eletrobras e aproveitou o encontro para pedir a extensão de rede nos bairros Vitória, Invasão, Segundo Distrito e Jardim Primavera. Segundo o tucano, o déficit de extensão é de 8 mil metros.

– Por esse aspecto foi bom por que o presidente atendeu de imediato ao nosso pedido. A nossa preocupação continua com a não garantia de que um novo apagão volte a acontecer – comentou Jossandro.

A Eletrobrás vai reforçar as torres que interligam Sena Madureira com Rio Branco. Além disso, o presidente anunciou investimentos na ordem de R$ 128 milhões para a ampliação de Sub-Estações nos bairros Taquari, São Francisco e Tangará, todos na capital. O segundo linhão que pode resolver o problema com os apagões está garantido para o mês de agosto.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Governo homenageia familiares de servidores mortos pela Covid-19

Publicado

em

O governador Gladson Cameli homenageou nesta terça-feira, 27, os profissionais da saúde que atuavam na linha de frente da Covid-19 e acabaram morrendo com a doença. As homenagens ocorreram no Pronto-Socorro de Rio Branco.

“Tive a honra de participar da homenagem aos servidores do Pronto-Socorro realizada nesta terça, 27, em alusão ao Dia do Servidor Público, comemorado dia 28”, disse o governador.

“Foi um momento de valorização dos nossos servidores da saúde, verdadeiros heróis nessa pandemia. Também foi uma manhã de muita emoção ao entregar homenagens aos familiares de profissionais da saúde que infelizmente perderam a luta contra a Covid19”, completou.

Continuar lendo

Acre

Acre registra 63 novos casos e 1 morte por Covid-19 nesta terça

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) Informou o registro 63 novos casos de contaminação pelo coronavírus no estado, nesta terça, 27. Assim, o número de infectados subiu de 30.317 para 30.380 nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 80.674 notificações de contaminação pela doença, sendo que 50.290 casos foram descartados, enquanto 4 amostras de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.959 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 67 seguem hospitalizadas.

Mais 1 óbito foi registrado nesta terça-feira, 27, sendo do sexo feminino, cujas iniciais são V. F. S., de 72 anos. A idosa deu entrada no dia 20 de outubro, no Instituto de Traumatologia e Ortopedia (Into-AC) e veio a óbito no domingo, dia 25, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 690 em todo o estado.

Continuar lendo

Acre

Manuel Marcos é notificado para apresentar defesa na Câmara

Publicado

em

Condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à perda do mandato, o deputado Manuel Marcos (Republicanos-AC) entrará na fila dos parlamentares que enfrentam processos de cassação na Câmara dos Deputados. O corregedor da Casa, deputado Paulo Bengtson (PTB-PA), o notificou nesta segunda-feira, 26, da decisão da Justiça Eleitoral para que apresente sua defesa em cinco dias.

A decisão será da Mesa Diretora da Câmara, sem precisar passar pelo plenário, mas pode gerar disputas políticas por se dar às vésperas da eleição para a presidência da Câmara. No lugar dele entrará Léo de Brito (PT).

Em setembro, o TSE manteve por unanimidade a cassação do diploma e a declaração de inelegibilidade do deputado por abuso de poder econômico nas eleições de 2018. O Ministério Público apontou desvio de R$ 1,5 milhão do fundo eleitoral e compra de votos. O então candidato chegou a ser preso numa operação da polícia, mas acabou solto e diplomado em seguida.

O parlamentar terá até segunda-feira para apresentar sua defesa no processo na corregedoria e, a partir daí, Bengtson terá até 45 dias úteis para encaminhar um parecer à Mesa Diretora da Câmara. Ele afirmou que seguirá o entendimento da Justiça Eleitoral e entregará rapidamente seu relatório. “Como já está transitado em julgado, o caso dele deve ser muito mais rápido que os demais. Nesse caso, ele já perdeu o mandato. Só é preciso que seja cumprido o rito na Câmara que confirme a cassação”, disse.

Procurado por meio de sua assessoria, Manuel Marcos não respondeu os contatos. Ele ainda pode tentar recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a decisão da Justiça Eleitoral.

Mesmo quando decorrentes de decisão da Justiça Eleitoral, as perdas de mandato de parlamentares precisam ser confirmadas pela Mesa Diretora da Câmara, segundo Bengtson. Por se tratar de uma cassação por determinação judicial, o caso não precisará ser apreciado pelo Conselho de Ética, mas ainda não será analisado na reunião da Mesa Diretora prevista para terça-feira porque ainda está no prazo de defesa. A expectativa é que um novo encontro da direção da Câmara ocorra em novembro e então ocorra a decisão.

Com informações do Valor Econômico

Continuar lendo

Acre

Idosos representam mais de 70% das mortes por Covid-19

Publicado

em

Foto: Júnior Aguiar/Secom

Aos poucos, apesar dos cuidados ainda serem extremamente necessários, a pandemia da Covid-19 vai diminuindo no Acre. A redução acontece tanto no número diário de novos casos, como também no número de óbitos.

No entanto, o “estrago” provocado pelo novo coronavírus jamais será esquecido por centenas de famílias que perderam seus entes queridos para a doença. Até esta terça-feira, 27, o Acre contabiliza 689 mortos.

Os números mostram que, assim como no resto do mundo desde o surgimento da pandemia, os idosos são as principais vítimas da doença. No Acre, o universo de pessoas que morreram pela Covid-19 chega a 486 pessoas, o que representa 70,5%. Desse total, 416 (60,4%) óbitos ocorreram no sexo masculino e 273 (39,6%) no sexo feminino.

Entre todos os óbitos, apesar do maior percentual das vítimas (67,1%) ter um histórico de outras doenças, 227 pessoas não possuíam histórico de comorbidades.

Os números mostram que a partir do momento em que a idade do doente aumenta, bem maiores são as chances de óbito. Até hoje 667 pessoas com idade acima de 80 anos contraíram a doença. O número de mortes é de 172, o que representa uma taxa de mortalidade de 254,1 óbitos por cada mil habitantes. Entre os 1.220 infectados que estão na faixa etária de 70 a 79 anos, a taxa de mortalidade é 136,1 mortes por cada mil habitantes.

Os menores percentuais estão nas idades de 1 a 9 anos e de 20 a 29 anos, com taxa de 1,4 mortes por cada mil habitantes.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas