Conecte-se agora

Pau que dá em Chico…

Publicado

em

Depois de mais de três décadas do colunismo não me comove mais a briga política. Vejo como parte do jogo. O deputado Werles Rocha (PSDB) fez críticas pesadas contra os dirigentes do PT, na Aleac. Então, Rocha não tem razão para se espinhar, com a nota também dura emitida pelo presidente do PT, Leonardo Brito, rebatendo-o à altura. Pau que dá em Chico dá em Francisco.

É da democracia
O debate é da política, é da sua essência, para isso existem os que fazem oposição e os que defendem o governo. E quanto mais se exercer o contraditório, melhor é para a democracia.

Leve aperitivo
Esse confronto entre tucanos e petistas é só o aperitivo do que será o debate na eleição.

Único nome
É consenso na cúpula do PMDB que, só candidatura de César Messias (PSB) a prefeito tornaria a eleição em Cruzeiro do Sul uma disputa acirrada para o prefeito Wagner Sales (PMDB).

Achado do céu
Uma candidatura do deputado federal Henrique Afonso (PV) a prefeito de Cruzeiro do Sul é vista pelos peemedebistas, como um “achado do céu”, por ele não representar nada novo.

Um atributo
Henrique Afonso não é um político carismático, seu atributo positivo é ser um nome honrado.

Quanto mais cabra…
Deveria ser encampado pelo governo o anteprojeto apresentado pelo deputado Eber Machado (PSDC), de criar a “Universidade Estadual”, pois, seriam mais vagas abertas no ensino superior.

Não é gasto
Todo o recurso que o governo do Acre usar na sua implantação, não é gasto, é investimento.

Não sejamos ufanistas
Ontem, voltou a se discutir na Aleac o fato das vagas em Medicina serem todas ocupadas por estudantes de fora. Não tem meio termo: mostra que a qualidade do ensino no Acre é baixa.

Filme bisado
E para os acreanos disputarem essas vagas em igualdade de condição com os candidatos de fora, também terão de trocar as baladas pelos livros, ou no próximo ENEM, se repetirá o filme.

Vitória de Pirro
A oposição comemorava ontem a “cassação” do governador Tião Viana pelo fato do recurso contra sua absolvição no TRE-AC chegar ao TSE, como se isso significasse uma condenação.

Se preparem para 2014
Não esperem que saia a esperada “cassação” no TSE, mais prudente, producente, seria a oposição se preparar para disputar a eleição ao governo de 2014, para não sonhar em vão.

Dossiê fantasma
Conversei ontem com o tucano ex-assessor do senador Sérgio Petecão, a quem atribuem soltar um dossiê contra o ex-aliado. Falou ser “pura fantasia” se dizer que distribuiu aludido dossiê.

Diferença política
O personagem não negou haver uma diferença de entendimento político com o senador Sérgio Petecão, mas que isso, não lhe dá o direito de revelar detalhes do gabinete em que serviu.

Batalha de itararé
Esse “dossiê” é a própria “Batalha de Itararé”, muito falada, mas nunca existiu de fato.

Campanha aberta
O candidato do PT à PMRB, Marcus Alexandre, segundo o blog apurou apurou, já tem o apoio dos demais partidos da FPA (falta apenas o PCdoB se pronunciar) ao seu nome.

Apoio oficial
O apoio público e oficial desses partidos deverá acontecer em nota oficial, no próximo dia 5.

Demora prejudicial
Quanto maior for a demora em se fazer as últimas amarras para o anúncio oficial do candidato da FPA, melhor para a oposição, já que Fernando Melo e Tião Bocalon já estão em campanha.

Candidatura isolada
O prefeito de Feijó, Dindim (PSDB), vai para a reeleição apenas com o seu partido e prestígio pessoal. Os demais partidos de oposição se uniram em torno de uma candidatura alternativa.

PT indefinido
O PT aguarda a palavra final do STF: se a “Lei da Ficha Limpa” se aplicar nesta eleição, o ex-prefeito Francimar Fernandes (PT) não será candidato, caso contrário, disputará a prefeitura.

Nome na berlinda
Se mantido o veto a Francimar Fernandes, a candidata tende ser a ex-vereadora Jaciara (PT).

Foi assim
O médico Roney Firmino (PSB) saiu da última campanha em Plácido de Castro muito bem votado a prefeito chamando o prefeito Paulinho Almeida (PT) de tudo que o não prestava.

É agora?
Agora, Roney volta como candidato a prefeito apoiado pelo prefeito Paulinho, o chamando de santo. O dilema é saber com qual dos dois discursos o eleitor de Plácido de Castro irá ficar.

Mal na fita
A prefeita Leila Galvão ficou mal na fita do PT pela derrota de Tião Viana ao governo no seu município. E vai ficar pior se confirmado nas urnas a tendência de derrota do PT a prefeito.

Possibilidade
É alta a possibilidade do vice da FPA ser um nome saído do meio evangélico.

Jogo de cena
As prévias marcadas pelo PMDB para a escolha do candidato a prefeito da Capital são mero formalismo. E resume dois fatos inusitados: será uma prévia como apenas um candidato participando,  Fernando Melo; e uma prévia sem sentido, Melo já é o escolhido da cúpula.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas