Conecte-se agora
Fechar

A quem interessa o “Dossiê Petecão?

Publicado

em

Da editoria de política
ac24horas, Rio Branco-AC

Enquanto os partidos políticos discutem suas candidaturas e alianças, nos bastidores militantes e estrategistas se movimentam para oferecer subsidio aos marqueteiros que vão em campo nos próximos meses para defender suas bandeiras.

Arapongas, que nesta época do ano chegam a ganhar verdadeiras fortunas, já estão sendo contratados para vasculhar a vida dos candidatos. No vale tudo para ganhar, ninguém estar salvo de exposição publica sobre a vida passada e pessoal.

Há informações de bastidores de que nos últimos dias simpatizantes da Frente Popular do Acre fizeram duas investidas que consideram importantes pra brecar a onda Petecão. Um ex-assessor do senador teria sido procurado por emissário de uma liderança petista para que ele forneça a FPA documentos comprometedores que podem colocar Petecão em situação difícil perante seus eleitores e comissão de ética do Senado Federal. Com a mesma intenção um “fiel escudeiro” do senador do PSD confirmou que foi sondado para trocar de lado. A proposta é que ele forneça documentos e depoimento que possa colocar na lama o senador Petecão.

Mas é dentro do próprio seio da oposição que corre uma boataria incontrolável. Na tentativa de tirar do páreo a candidatura do PMDB a prefeitura da capital que tem o incentivo e apoio do PSD e consequentemente de Petecão, fala-se que “tucanos raivosos” estão prontos para entregar aos petistas uma pasta vermelha contendo uma espécie de “Dossiê Petecão”. Nela, segundo informações extra-oficiais apuradas por ac24horas, constam 473 páginas com ações de atos supostamente criminosos do senador. São extratos bancários de movimentação financeira da verba de gabinete, recibo de depósitos bancários, bilhetes e cartas comprometedoras. No mesmo pacote constam ainda 97 fotografias, 12 gravações de áudio e copias de e-mail.

O tal dossiê, contam, revela brigas conjugais, desentendimento entre aliados e uma suposta rede de contratos de cabos eleitorais que recebem de assessores do senador para se manterem leais ao projeto 100% popular.

Verdade ou não, nos últimos dias o professor Coelho, um dos mais antigos seguidores de Sérgio Petecão, confirmou que foi convidado para uma conversa reservada com emissários da FPA. Ele revelou a reportagem que atualmente está com relações estremecidas com Petecão e não descartou a possibilidade de deixá-lo, apos 21 anos de convivência.  Mas não cogita delatar o homem que lhe deu guarida em importantes cargos quando ambos faziam parte da Frente Popular do Acre. “São questões pessoais que prefiro não revelar. Ele [o senador] sabe do que estou falando e espero que mantenha o bom censo…”, disse ao se negar continuar falando sobre o assunto.

Ainda segundo boatos de bastidores, o maior interessado no “Dossiê Petecão” é o senador Jorge Viana [PT]. Até hoje ele não engoliu o enfrentamento do ex-aliado e o seu crescimento descontrolado. “É bem Possível que o Jorge tenha interesse nestes documentos”, comentou um amigo do senador petista que fez parte de suas administrações no governo do Acre. Ainda segundo esse petista, caso de fato existam essas acusações, “isso seria um prato cheio para denunciar Sérgio Petecão na comissão de ética do Senado Federal”.

É TUDO MENTIRA – O senador Petecão encontra-se de férias e disse por telefone a reportagem que não acredita em envolvimento de assessor ou ex-assessor numa possível montagem de um dossiê. “Eles inventam tudo para tentar manchar meu nome. É tudo um jogo para confundir as pessoas. Agora eles [adversários] querem fazer brigas entre nós. Eu não acredito nesse dossiê que vocês estão falando, até porque sei da minha vida, do meu comportamento e não tenho nada a esconder. Quem tiver as tais provas contra mim que apresente. Tenho uma vida simples, sem luxo e sem sujeira e que orgulha a minha família. Eles [FPA] sabem que eu vou fazer um mandato voltado para as ações mais humildes que vão resultar diretamente na melhoria de vida dos mais pobres. Não sou eu quem vive correndo atrás de grandes empréstimos para o povo do Acre pagar; não administro nenhuma pasta do governo e não posso oferecer contrapartida em troca de apoio político. Então, esse tal dossiê é fofoca, é mentira, coisa de quem só pensa em prejudicar as pessoas. Estou com a minha consciência tranqüila e nada devo temer”, disse o líder do PSD no Acre em tom de desabafo, ao afirmar que não teve sossego desde que resolveu enfrentar os irmãos “Viana”.

Mentira ou verdade, o ex-deputado Luiz Calixto, outro líder da oposição, tão logo foi ouvido pela reportagem, postou o seguinte comentário em sua página no Facebook: “Me desestimula e entristece esse segmento da oposição que, ao menor sinal de sucesso nas urnas, já se comporta de forma mais arrogante que os petistas. E não é isso que pregamos e nem desejamos para o povo acreano. Disso eu estou fora e não contem comigo”.

Minutos depois, um dos pré-candidatos a prefeitura de Rio Branco pelo PMDB, João Correia, respondeu, também pelo face, a mensagem de Calixto: “Dom Luiz Calixto concordo Ipsis litteris com sua exposição, afinal ninguém é dono de voto algum… elação e oportunismo político são comportamentos típicos da FPA. O grande problema é que “esses segmentos’ ainda pensam que estão na FPA”.

A verdade é que o capital político de Sérgio Petecão é veneno e remédio, e por isso, o político mais popular do Acre sofre ataques de adversários e aliados, pois segundo analistas políticos, ele é a peça-chave no tabuleiro da sucessão de Raimundo Angelim, em Rio Branco.

Mais Informações
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Empresário Luiz Morais morre aos 75 anos por insuficiência respiratória em Rio Branco

Publicado

em

Faleceu no final da tarde desta quinta-feira (23) em Rio Branco, aos 75 anos, o empresário Luiz do Nascimento Morais. Pioneiro na área de construção civil do Acre, proprietário da L. Morais, Consbrás e Costrubrás, Morais era natural do município de Sena Madureira, onde trabalhou como seringueiro.

No início da década de 70, Morais veio para Rio Branco e iniciou sua vida empreendedora, organizando sua empresa no ramo de Construção Civil. Uma das primeiras obras que ele participou foi na construção da Ponte Coronel. Wanderlei Dantas.

Depois, Morais construiu prédios como o Shopp Center Daniele, no centro da capital e trabalhou em obras públicas na construção dos Centros de Juventude dos bairros Rui Lino, Esperança e Estação Experimental.

O empresário deu entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco, no início da semana. Diagnosticado com pneumonia, ele foi liberado pela equipe médica do HUERB.

Com menos de 24 horas que teve alta, a quadro clínico do empresário se agravou e ele foi atendido pelo Serviço Móvel de Urgência, e em seguida, internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral.

“Foi quando iniciamos várias tentativas de transferência do pai para o Huerb, onde ele precisava fazer drenagem nos pulmões. Esbarramos na tal regulação, apelamos para todas as autoridades da saúde e meu pai não foi transferido, vindo à óbito por volta das cinco horas por insuficiência respiratória. Ele foi levado para a emergência da UPA já morto”, relatou Elizângela Morais, filha que acompanhou os últimos instantes de vida do pai na UPA.

A família reúne documentos e vai entrar com processo contra o Estado, acusando negligência médica desde a entrada no HUERB.

O Corpo do empresário está sendo velado na Capela Morada da Paz, no Calafate, onde ocorrerá o sepultamento às 14h30 de sexta-feira, 24.

Continuar lendo

Acre

Cabo de alta tensão se rompe, mata capataz e 30 cabeças de gado na Transacreana

Publicado

em

A queda de um cabo de alta tensão no ramal Rio Branco da Capela, no km-100 da Transacreana, na manhã desta quinta-feira, 23, resultou na morte de um homem, 30 cabeças de gado, um cavalo e um cachorro em um propriedade rural da região. A vítima é o capataz Kelvin de Souza dos Santos, de 26 anos, que havia saído em seu cavalo para buscar o rebanho no pasto.

As Imagens foram registradas por moradores da região, que narraram o cenário da tragédia.

“Está não é a primeira vez que acontece isso naquela região. A Eletrobrás está com um sistema de iluminação precário, com fios cheios de remendo e que vez ou outra cai na estrada. Outros fazendeiros já perderam gado da mesma forma. Agora o fazendeiro perdeu um trabalhador que deixou dependentes, perdeu gado e a família quem vai indenizar?”, disse Jorge Neto, que mora no ramal.

A reportagem tentou ouvir a Eletrobrás, mas ninguém atendeu atendeu o telefone na empresa.

Continuar lendo

Acre

Polícia Civil prende em flagrante traficante quando realizava entrega da droga

Publicado

em

Agentes de Polícia de Civil da Delegacia de Repressão a Entorpecente (DRE) prenderam em flagrante delito, na tarde desta quinta-feira, 23, Jean Carlos Lopes de Souza, 33 anos, vulgo “Jacaré” acusado de tráfico de drogas.

A prisão de “Jacaré” foi realizada após a especializada receber denúncia anônima dando conta de que o acusado estaria comercializando droga em um posto de combustíveis nas proximidades da Via Chico Mendes.

As ações do acusado já vinham sendo monitoradas e no momento em que realizava a entrega do produto, recebeu voz de prisão sendo conduzido a delegacia para ser lavrado o auto de flagrante.

Em posse do acusado foi encontrado um quantia em valor de R$ 738,00 além de 14 invólucros (produto usado na embalagem do entorpecente) contendo cocaína.

“Estamos intensificando nossas ações no sentido de identificar e prender essas pessoas que insistem em comercializar droga”, disse delegado Pedro Resende.

De acordo com a autoridade policial, o acusado será indiciado pelo crime de tráfico de drogas previsto na lei de Nº 11.343/2006 com pena prevista de 5 a 15 anos de reclusão.

Continuar lendo
Propaganda

Leia também

Mais lidas