Conecte-se agora

Prévia implodida

Publicado

em

O ex-deputado federal João Correia (PMDB) colocou ventilador na farofa do PMDB. Me disse ontem que vai comunicar ao presidente do diretório municipal, Chagas Romão ( PMDB), que não participa das prévias marcadas pelo partido para após o carnaval e disputará a convenção.

Fora da arapuca
Correia vê a realização de uma prévia como “jogo de carta marcada”, e comentou com ironia: “que façam uma prévia só com o Fernando Melo, que vou esperá-lo na convenção municipal”.

Fica inviabilizado
Só com Fernando Melo participando da prévia vira piada, não existe prévia de um nome.

Carta de seguro
Quem tirou sua carta de seguro foi o vereador Rodrigo Pinto (PMDB) que, saiu disputa da PMRB, para apoiar Fernando Melo, e levou de troca ser o candidato da cúpula à reeleição.

Negócio vantajoso
Rodrigo fez um negócio político vantajoso: não seria escolhido candidato à PMRB pelo PMDB, e sendo o candidato do colete da cúpula do PMDB, garante uma reeleição que não era certa.

Rindo largo
O deputado Manoel Moraes (PSB) anda rindo: a fábrica de casas pré-moldadas da “Imobiliaria Fortaleza”, que ganhou um grande contrato com o governo, é do seu irmão Francisco Moraes.

Até o fim
O senador Sérgio Petecão (PPSD) já não crê que o deputado federal Gladson Cameli (PP) se aliará ao seu partido e ao PMDB, mas garante que vai até o fim com Fernando Melo (PMDB).

“Pereirão” detona
Tião Viana faz uma gestão de obras, política, juntando os cacos, mas a secretária de Saúde, Suely Melo, a “Pereirão”, vai à televisão e rema para trás com críticas duras à classe médica.

É uma poeta!
Na campanha passada a maioria dos médicos votou com a oposição. O Tião vem trabalhando para recuperar este espaço. E sua secretária detona o trabalho. A Suely, calada, é uma poeta!

Preparando o ninho
O deputado federal Luiz Pitman (PDB-DF) tem como metas reeleger o vereador Rodrigo Pinto (PMDB), e voltar ao Acre em 2014 para disputar a reeleição pelo estado, por ser mais barato.

Sem esquemas
Pitman (ex-chefe de gabinete de Edmundo Pinto), com seus amigos, os ex-governadores Roriz e Arruda, fora do poder em Brasília, não terá o esquema poderoso que teve na sua eleição.

Explicação convincente
Um gavião do PMDB me deu ontem outro motivo para a mudança de domicílio eleitoral de Pitman: “em Brasília, gastaria em torno de 5 milhões para se reeleger, no Acre 1 milhão”.

Homenagem justa
O médico e ex-vereador Carlos Beirute é um dos homenageados hoje pelo governador Tião Viana para receber a comenda da “Estrela do Acre” que, por tudo o que já fez, é muito justo.

Coisa mais mórbida!
Há tempos não se via uma peça tão mórbida, grosseira, como a propaganda do DETRAN, em que um homem aparece numa cadeira de rodas e de dedo em riste, joga praga em que bebe.

Defesa na justiça
Não conheço o processo, mas o deputado Werles Rocha (PSDB) não vai se livrar da denúncia do MPE, atribuindo ao fato a um “viés político”. O caso é jurídico e se resolve na justiça.

Apostou errado
Quem apostou numa rebelião do deputado federal Sibá Machado (PT) por ter a candidatura à PMRB rifada, se enganou: é presença certa nos atos do governo elogiando Tião Viana.

O oráculo falou
Pádua Bruzugu é uma espécie de oráculo do PMDB, e prevê: “estou admirado com as adesões recebidas pelo Fernando Melo (PMDB), nós vamos ganhar e bem do Tião Bocalon (PSDB)”.

Pulando a cerca
Quem diria! Um ex-integrante de uma chapa da oposição anda sendo caçado por um marido traído que quer comer seu fígado. E olhe que era um defensor da família e dos bons costumes.

Disputa no voto
Carlinhos (PSDB) e Bené Damasceno (PMDB) não se unirão e será cada um por seu lado na disputa da Prefeitura de Porto Acre. A oposição dividida favorece o prefeito Zé Maria (PT).

Pesa na balança
Num colégio eleitoral como Porto Acre, pequeno, dividido em vários distritos, com vários candidatos, mesmo desgastado, Zé Maria (PT), ganha um fôlego por ter a máquina na mão.

Não faz diferença
Conta um amigo de Brasiléia que a prefeita Leila Galvão anda trombuda por o PT não ter escolhido sua amiga e confidente, Marleuda Cavalcante, candidata à sua sucessão.

Bem melhor
Como Leila Galvão fez uma gestão técnica e não política é até bom para o candidato José Alvanir, que ela passe longe do seu palanque.

Matando curiosidade
Chega e-mail me perguntando (deve ser alguém do PCdo B) se sou “cabo-eleitoral” do Marcus Alexandre. Meu caro, nem soldado raso, quanto mais cabo, nunca nem lhe cumprimentei.

Mesma afinidade
Tenha com o senhor Marcus a mesma afinidade que tenho o presidente Obama. Mas, isso não me impede, pelas minhas fontes, de publicar que ele será o candidato da FPA à PMRB.

Quadro indefinido
Em Cruzeiro do Sul, o quadro está indefinido na FPA. Existem as candidaturas do professor Marcelo Siqueira (PT), do ex-vereador Zequinha (PCdoB) e de Henrique Afonso (PV). O martelo só não foi batido a favor de Siqueira por a cúpula do PT sonhar com César Messias (PSB) como candidato.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas