Conecte-se agora

Torre de babel

Publicado

em

O PSD fala línguas diferentes em Feijó. O senador Sérgio Petecão (PSD) prometeu que seu partido integrará a aliança com o PMDB e PP para disputar a prefeitura. Faltou combinar com o presidente do diretório municipal, Dr. Baba (PSD) que, em reunião ontem com o secretariado da prefeitura, disse em tom emocionado que, apoiará o prefeito Dindim (PSDB) à reeleição.

Nenhum compromisso

Baba afirmou que se o PSD não apoiar a reeleição de Dindim, se rebela e apóia assim mesmo.

Muita ingenuidade

A prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino, é bem intencionada. Mas ingênua em esperar apoio do deputado Walter Prado (PDT), por ter dado a secretaria de Educação à sua irmã Desterro.

Desde os cueiros

Prado já disse que, em Tarauacá é Tião Viana desde os cueiros, e apoiará o candidato da FPA.

Lua de fel

A lua de mel entre o deputado Gladson Cameli (PP) e o PMDB pode se transformar em lua de fel, caso ao invés de Fernando Melo (PMDB), resolva levar o PP para uma aliança com o PSDB.

Posição corrente

É posição corrente no PMDB que, se Gladson Cameli (PP) for pela cabeça do ex-deputado José Bestene (PP) e se aliar a Tião Bocalon (PSDB) à PMRB, não haverá como apoiá-lo ao Senado.

Máxima de São Francisco

O PMDB aplica a velha máxima de São Francisco: “é dando que se recebe”.

Tamanco na maionese

O presidente do diretório municipal do PSDB, em Tarauacá, Paulo Ximenes, dança de tamanco na maionese se pensa ser candidato a prefeito, anote: o PSDB irá se aliar ao PSD e PMDB.

Ponto acertado

Já existe um acerto prévio neste sentido entre Márcio Bittar (PSDB) e Sérgio Petecão (PSD).

Surpresa geral

O golpe no PV que destituiu a professora Shirley Torres na direção do diretório municipal foi surpresa. E maior surpresa foi a declaração dos novos dirigentes de tirar o partido da FPA.

Dedo do Henrique

Uma fonte verde me disse ontem que a rebelião teve o dedo do deputado federal Henrique Afonso (PV), que quer o partido com candidatura própria na Capital e em Cruzeiro do Sul.

Metralhadora giratória

Henrique tem disparado sua metralhadora no Juruá contra a “falta de democracia” do PT.

Fora de foco

O marketing da candidatura de Marcus Alexandre (PT) o tirou de foco para não desgastar sua imagem num debate inócuo com outros postulantes, já que será mesmo o candidato da FPA.

Dom Quixote

“O deputado Eduardo Farias (PCdoB) tem que se convencer que sua posição de Dom Quixote não vai fazer o moinho da disputa do PMRB mudar o rumo do vento pró- Marcus Alexandre”.

Frase lapidar

A frase lapidar, eu ouvi ontem numa conversa com um dos pensadores do PT.

Sopa no mel

Ao adotar o ENEM como critério de seleção de ingresso na UFAC (o deputado Moisés Diniz tem razão), chegará um tempo em que não haverá um acreano cursando medicina pelo critério.

Muito simples

A explicação é simples: o ensino do sul é bem superior ao do Acre. Ou alguém duvida disso?.

Sem faniquitos

No seu primeiro ano como líder do PT na Aleac, o deputado Geraldo Pereira (PT), cumpriu bem o papel: fez a defesa do governo de maneira técnica, com números, sem ataques de faniquito.

Não esperava

Por vir da área de finanças, ninguém esperava que assimilasse tão rápido a linguagem política

Dois problemas

O PT terá dois problemas na eleição municipal, em Brasiléia: o candidato José Alvanir (PT) é um baú lotado de ferro e sem alça, e a prefeita Leila vive socada no gabinete e não faz política.

Voz dos grotões

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Wagner Sales, tem razão em não se preocupar com os ataques vazios de adversários: o seu eleitorado não está nas elites, mas nos grotões do município.

 

Esse é o problema

O problema é que os adversários apostavam que fracassaria, e, ao contrário, é um bom gestor.

Ruim das pernas

O ex-deputado Mazinho Serafim (PMDB) só decola a candidatura a prefeito de Sena Madureira se a deputada Toinha Vieira (PSDB) desistir, por não ter mais o seu antigo poderio financeiro.

Calcanhar de Aquiles

O Vale do Acre, onde o PT sempre ganhou de lambuja, é hoje seu calcanhar de Aquiles. Nos municípios que governa Tião Viana perdeu a eleição. A equação é simples: a maioria dos prefeitos é um desastre e os que salvam têm alergia a fazer política. E aí a oposição faz festa.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas