Conecte-se agora

Governador Tião Viana e o prefeito Raimundo Angelim assinam decreto que transfere Saerb para estrutura do Estado

Publicado

em

Samuel Bryan, da Agencia de Noticias do Acre

O prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, e o governador do Estado do Acre, Tião Viana, assinaram na tarde dessa quinta-feira, 5, os decretos que revertem a administração do Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb) do município para o Estado. A assinatura ocorreu na sede do governo estadual e contou com a presença de membros da administração pública estadual, municipal e dos diretores do órgão.

O governador Tião Viana lembrou que no Brasil os investimentos em saneamento não passam de R$ 3 bilhões por ano, ainda assim, resultam de ações realizadas pelo ex-presidente Lula e pela presidenta Dilma Rousseff. A transferência de administração do Saerb é um momento histórico para o saneamento da capital acreana.“A prefeitura aplicou todos os recursos possíveis de forma responsável, mas precisamos de novos investimentos”, explicou o secretário do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Gildo César. Ele ressaltou que parte desses investimentos sairá do empréstimo fornecido pelo BNDES para o estado.

O deputado estadual Moisés Diniz, líder do governo na Assembleia Legislativa, reforçou dizendo que o governador Tião Viana estava ‘corrigindo um erro histórico’. “Parabenizo pela ousadia e a coragem. Dessa forma, nós vamos avançar muito”. Já o prefeito Raimundo Angelim fez questão de lembrar que, “essa reversão não trata da falta de capacidade da gestão da empresa pela prefeitura de Rio Branco. O que ocorre é que o Saerb nasceu deficitário e teve poucos investimentos ao longo de sua existência”. A última gestão do Saerb teve um caráter estritamente técnico, mas a falta de recursos dificultou as ações.

Agora, duas comissões têm um prazo de 45 dias para finalizar a reversão, organizando relatórios de avaliação do Saerb e as propostas de convênio para o futuro da empresa. O procurador da justiça, David Laerte, ressaltou o trabalho da Procuradoria Geral do Estado no processo ao lembrar que a própria constituição federal, em seu artigo 241, ressalta o corporativismo, além das próprias leis estadual e municipal que resultaram nessa mudança. “Nesses 45 dias, serão criados os relatórios, os convênios e aí sim o contrato de repasse”, disse o procurador. A comissão começa a se reunir a partir do dia 9 de janeiro.

As Estações de Tratamento de Água de Rio Branco (ETA) funcionam 24 horas por dia, 365 dias por semana. Por ano, as despesas do Saerb giram em torno de R$33 milhões, enquanto sua arrecadação é de apenas R$24 milhões.

O desafio é fazer com que a rede de distribuição de água que hoje tem cerca de 120 quilômetros de ramificações, chegue ate o final de 2012 com mais de 400 quilômetros. Importante lembrar que o reservatório de água do Santo Afonso está efetivamente em funcionamento desde a manhã desta quarta-feira, 4, o que vai contribuir para a distribuição de água no segundo distrito da capital. “A água é saúde e saúde representa bem estar para a nossa população”, disse o prefeito Raimundo Angelim, “Esse é um momento que nós vamos vencer. Vencer a dengue e vencer os problemas da falta de água. Doa a quem doer”.

Para o governador Tião Viana, “Queremos ter pelo menos 80% do esgotamento da cidade de Rio Branco completo ate 2014. A nova etapa do esgotamento sanitário da capital já começa em 60 dias no segundo distrito”. O governador também fez questão de lembrar o importante trabalho desempenhado pelo prefeito Raimundo Angelim perante esse desafio que foi conduzir o Saerb até hoje e sobre a parceria que firmam para encarar o futuro.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Heitor Júnior piora da Covid-19 e família faz apelo na rede social

Publicado

em

A família do ex-deputado estadual Heitor Júnior, presidente da Associação de Portadores de Hepatites do Acre, está fazendo uma campanha nas redes sociais para arrecadar recursos para transferi-lo para um hospital em São Paulo, após o seu quadro se agravar nos últimos dias em decorrência da Covid-19.

A decisão da transferência para o hospital em São Paulo foi tomada pela própria família. O dinheiro arrecadado será usado para arcar com as despesas de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no ar para encaminhar Heitor até São Paulo.

A família de Heitor pede que quem desejar ajudar financeiramente entre em contato pelo telefone (68) 99990-7714 ou faça depósito através da conta bancária colocada à disposição pela família.

Continuar lendo

Acre

4 mil pessoas deixaram o trabalho remoto entre maio e julho

Publicado

em

Em julho, o Acre foi o sétimo Estado com maior contingente a deixar o trabalho remoto. Espírito Santo, Piauí, Goiás, Amapá, Roraima e Maranhão são os que antecedem o Acre, segundo análise divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) na última segunda-feira (21), com dados do teletrabalho por idade, gênero, escolaridade, região, e grupo ocupacional.

Eram 17 mil trabalhadores remotos em maio. Esse número caiu para 15 mil, em junho, e depois para 13 mil em maio. São quatro mil trabalhadores a menos desde o auge da pandemia da Covid-19, momento decisivo para o aumento do teletrabalho no Acre.

O total de pessoas em trabalho remoto no Brasil caiu de 8,7 milhões em junho para 8,4 milhões em julho. Desse total, 7,06 milhões, o equivalente a 84,1%, são trabalhadores formais.

A pesquisa “O trabalho remoto nos setores formal e informal na pandemia” mostra que a maioria das pessoas em trabalho remoto são mulheres (55,7%), pessoas de cor brancas (64,5%) e com idade de 30 a 39 anos (32,1%).

Além disso, mais de 70% das pessoas em home office possuem nível superior completo, mostrando um predomínio de profissionais com maior qualificação: o grupo de Profissionais das ciências e intelectuais, equivale a 51% de todos os trabalhadores em forma remota.

Em contrapartida, grupos ocupacionais de caráter mais operacionais apresentaram menores percentuais de força de trabalho em home office em julho. É o caso de trabalhadores agrícolas, artesãos, operadores de máquinas, vendedores e trabalhadores do comércio e membros de Forças Armadas, policiais militares e bombeiros militares.

A distribuição regional do trabalho remoto indica algumas diferenças no país. A maioria dos trabalhadores remotos encontram-se no Sudeste (57,9%), seguido pelo Nordeste (16,8%), Sul (14,8%), Centro-Oeste (7,5%) e o Norte (3%).

Os Estados que mais subiram no ranking de trabalho remoto foram Bahia, Paraná, Minas Gerais, Alagoas e Santa Catarina, enquanto Espírito Santo e Piauí registraram as maiores quedas. Distrito Federal (25,2), Rio de Janeiro (19,1%) e São Paulo (16,8%) continuaram com os maiores percentuais de trabalhadores remotos.

Continuar lendo

Acre

Motoristas podem pagar multas usando a CNH digital

Publicado

em

Motoristas de todo o país já podem acompanhar, receber e pagar multas por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). Isso ocorre pois o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) integrou o CDT com o aplicativo Serviço de Notificação Eletrônica (SNE).

Usar o novo serviço é simples e sem custo. Basta apenas que o motorista que já tenha a CNH digital atualize a ferramenta na loja de aplicativos. Ao fazer o procedimento, as multas começarão a chegar pelo CDT. Vale ressaltar que para conseguir desconto de 40% em infrações, o condutor não pode entrar com recursos referentes à multa.

A novidade já está disponível e valem apenas para pessoas físicas. Segundo o Denatran, pessoas jurídicas continuarão utilizando o site do SNE para monitorar as infrações dos veículos de suas frotas.

A Carteira Digital de Trânsito é um aplicativo que guarda, no seu celular, sua carteira de motorista e o documento do veículo que esteja em seu nome. É uma forma segura de ter seus documentos sempre à mão, com a mesma validade dos documentos impressos.

Continuar lendo

Acre

Petistas comemoram decisão do TSE; “justiça tarda, mas não falha”

Publicado

em

A cúpula do Partido dos Trabalhadores no Acre comemorou na noite desta terça-feira, 22, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o mandato do deputado federal Manuel Marcus (Republicanos) por abuso do poder econômico, utilização indevida de verbas destinadas ao Fundo Partidário e ao Fundo Especial de Financiamento de Campanha e compra de votos nas Eleições de 2018.

O momento de alegria e euforia foi compartilhado pelo presidente do PT, Cesário Braga, em suas redes sociais.

“Justiça tarda, mas não falha! @leodebritoac deputado federal!””, disse Cesário ao lado de Leo de Brito, André Kamai, Gabriel Forneck e até a presença ilustre de Carioca por videochamada.

Mais cedo, Léo de Brito afirmou ao ac24horas que após a decisão do TSE já conversou com a liderança do PT na Câmara e se colocou à disposição.

“Vou ser oposição ao governo Bolsonaro, quero ajudar o Brasil. Vou ser oposição ao governo de Gladson Cameli, mas quero ajudar o Acre, independente de cor partidária. Estamos vivendo tempos difíceis, a miséria bateu na porta e queremos ajudar com o nosso mandato”, destacou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas