Conecte-se agora

Escândalo político

Publicado

em

Corre em segredo de justiça o pedido de cassação de um deputado estadual de um pequeno partido, por fatos que não podem ficar sem punição: envolve a falsificação da assinatura deste deputado, quando ainda era candidato, para efeito de registro eleitoral, feita por um dirigente partidário, porque o prazo para registro na justiça eleitoral estava esgotado e o candidato não se encontrava no Acre. 2012 pode estrear na política com o desfecho deste caso.

Jogo bruto

Virou jogo bruto, valendo do pescoço para baixo a briga entre o ex-deputado federal João Correia (PMDB) com o senador Sérgio Petecão (PSD) e dirigentes do PMDB. Ontem, um grupo ligado ao senador e ao PMDB, vasculhava para saber quanto de obras a empresa de construção INCA, da família de Correia, pegou do governo. Querem relacionar os contratos aos ataques dele aos setores da oposição. Pelo visto essa é uma briga que mal está começando.

Não captei

Considero-me com um bom grau de inteligência política, mas ainda assim não captei qual o ganho de espaços que o João Correia vai ganhar com essa briga: na minha avaliação, zero.

Vários diversos

Tenho ouvido vários e diversos comentários de segmentos que estão fora da política partidária criticando duramente João Correia pela virulência verbal, não recomendável a um intelectual.

Alto nível

Sou a favor da crítica, do debate duro, mas em alto nível, no mundo das idéias.

É “migué”

Na minha adolescência (se vão muitos anos), quando a coisa não era para valer, vinha logo o bordão: “isso é de migué”. Pois, “é de migué”, a candidatura própria do PP à PMRB.

Jogo de cena

Nem José Bestene, Alisson Bestene e tampouco o Apóstolo Ildson serão candidatos à PMRB.

Divisão clara

Aliás, no PP há uma divisão quanto a eleição do próximo ano: o deputado federal Gladson Cameli  é simpático se indicar o vice de Fernando Melo (PMDB) e  Bestene o de Tião Bocalon (PSDB).

Qual o problema?

Infantis as críticas de deputados e vereadores à reversão do SAERB para o Estado, que já paga a água que consome, as parcelas do empréstimo para a construção da ETA, qual o problema?.

Sem ideologia

O que a população quer é água jorrando na torneira, e água não tem ideologia.

“Deus me livre”

Perguntei ontem a um tucano do bico duro se a presidente do PTC, Gabriela Câmara (PSC), será vice de Tião Bocalon (PSDB). Resposta: “Deus me livre, se ele ganhar não terá paz”.

 

Confusão no balde

Na avaliação dessa fonte, a deputada federal Antonia Lucia (PSC), mãe da Gabriela Câmara, no mínimo iria querer indicar metade dos secretários de livre escolha ou o pau quebraria feio.

Nome bom

Nome novo entre os candidatos a vereador pelo PT: Marcelo Castro, filho do Tinel Macedo.

PRP é Tião

O deputado Astério Moreira (PRP) diz que seu partido não vai embarcar em aventuras na sucessão municipal e que se recusa a debater o assunto que não seja com o Tião Viana.

Deus e o diabo

Astério acha que o PRP não pode estar acendendo uma vela para Deus e outra para o Diabo.

Sem sentido

Astério observa ainda que, como foi dada carta branca para o governador Tião Viana comandar o processo sucessório, não há sentido de se participar e fazer reuniões paralelas.

Errata

O Afonso não é presidente do PTC, como saiu em nota na coluna, mas do PSDC.

Me divirto

Toda vez que vejo um dirigente de partido nanico arrotando rebeldia na FPA caio na risada, é cômico demais, a independência deles esbarra em suas nomeações para cargos de confiança.

Não é isso

A cúpula do PT não gostou da afirmação do deputado Luiz Tchê (PDT) de que ele nunca foi convidado para discutir a sucessão municipal e garante que, já participou de dois encontros.

Fim de papo

Com a derrota no TSE só vai restar ao prefeito cassado de Tarauacá, Wando Torquato (PP), esquecer de vez a sua volta à prefeitura, e tentar apoiar um candidato que vença a eleição.

Fora de discussão

Falando em Tarauacá, não há clima para a oposição sair com só uma candidatura a prefeito, pois, o PP de Wando Torquato não quer nem discutir apoio á prefeita Marilete Vitorino (PSD).

Precisam aprender

O presidente do PSDB, deputado federal Marcio Bittar, diz estar preocupado com a situação do interior e teme que com várias candidaturas a prefeito, a oposição  leva uma sova nas urnas.

 

Data final

Bittar defende que as direções partidárias têm de jogar duro no interior e se necessário negar legendas a quem insistir em ser candidato sem chance de vencer.

Prestação de contas

Ontem, o deputado federal Márcio Bittar (PSDB) fez a prestação de contas do seu mandato.

Um ano antes

Embora um ano da eleição, já começou no bastidor, a articulação para a presidência da Aleac. O deputado Luiz Tchê (PDT) é um postulante declarado a já pede votos dos colegas.

És temprano

É cedo, muito cedo, essa é uma eleição que se decide na última semana antes da votação.

Alisson bestene

É o nome defendido pelo ex-deputado José Bestene para ser o vice de Tião Bocalon (PSDB).

Nomes definidos

2012 vai se iniciar com o quadro municipal definido, no tocante a candidatos. O PMDB vai de Fernando Melo à PMRB, o PT de Marcus Alexandre, o PSDB de Tião Bocalon, e fechando, Luiz Calixto (PSL). Se surgir outro nome é purar figuração. Daí sairá o novo prefeito.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas