Conecte-se agora

Empresários do Acre têm quebra de sigilo de cartão de crédito autorizada pela assembleia

Publicado

em

Mesmo com a mudança de redação às pressas para não prejudicar a interpretação, o projeto de nº 123, do poder executivo, que quebra o sigilo de cartões e obriga as administradoras de cartões de crédito, débito ou similares de prestarem informações relativas às movimentações financeiras de empresários foi aprovado pelos deputados estaduais, em sessão extraordinária, no final da tarde desta quarta-feira, 07.

O projeto que prevê duras penalidades para os empresários acrianos que descumprirem a determinação do Governo do Acre foi aprovado por 15 votos dos deputados de situação, contra sete do bloco de oposição na Casa. Repetindo o voto do projeto da doação da Fábrica de Tacos, o oposicionista Chico Viga (PSD) voltou a votar com os governistas.

A regulamentação da lei será aprovada por decreto do poder executivo, no prazo de trinta dias de sua publicação. Apesar dos protestos dos oposicionistas que temem pela “bisbilhotagem” de familiares de empresários, a matéria foi aprovada e o Governo do Acre passará a contar com informações privilegiadas dos empresários e seus parentes.

Além das supostas escutas do departamento de inteligência, aprovado através de decreto pelo governador Tião Viana (PT), os acrianos que podem ter seus sigilos telefônicos quebrados com o pretexto de investigações policiais, passarão a ter suas informações financeiras disponibilizadas a Secretaria de Fazenda do Acre (Sefaz).

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Filho de Bolsonaro nos EUA divide bancada acreana: Mailza e Bittar são a favor e Petecão está “indeciso”

Publicado

em

A  bancada do Acre no Senado não é unânime quanto a indicação do deputado  Eduardo  Bolsonaro para embaixador do Brasil nos Estados Unidos. Segundo o placar produzido pelo jornal O Estado de São Paulo, Marcio Bittar e Mailza Gomes votam a favor de Bolsonaro mas Petecão se declara “indeciso”.

Até este domingo (26) o placar do Estadão dizia o seguinte: há 15 senadores favoráveis, 29 contra e 37 deram outras respostas. Para emplacar seu nome, Bolsonaro tem de ter 41 votos favoráveis.

O Estadão explica: o Senado poderá aprovar ou rejeitar a indicação do filho do presidente ao cargo em Washington; para que Eduardo seja confirmado como embaixador, são necessários 41 votos dos 80 senadores que votam (maioria simples); o presidente da Casa não vai votar

Caso seja indicado, Eduardo Bolsonaro  será sabatinado na Comissão de Relações Exteriores. Independentemente do resultado na comissão, o nome segue para o plenário do Senado, que fará uma votação.

 

 

 

Continuar lendo

Acre

Durante jogo da Série C, internauta flagra fogo e fumaça em mata perto do Estádio Florestão

Publicado

em

Uma parte considerável dos moradores de Rio Branco tem se dedicado a registrar flagrantes das queimadas na região. Neste domingo (25) o torcedor  Sidney Farney postou em seu perfil as imagens de pontos de incêndio na área de mata próxima do estádio Florestão, na Via Verde. Seria mais um flagrante da grave situação vivida pelos moradores não coincidisse o fogo e o fumaceiro com o jogo entre Luverdense e Atlético Acreano pela Série C do Campeonato Brasileiro.

 

 

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.