Conecte-se agora

Deputados questionam pedido de demolição da antena da RBN pela prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

Os deputados Jamyl Asfury (DEM) e Moisés Diniz (PCdoB) se posicionaram nesta terça-feira, 06, contrários ao pedido de demolição da antena da Rádio Bonas Novas (RBN) pedido pela prefeitura de Rio Branco. De acordo com Asfury, a questão está sendo tratada apenas como política contra a direção da emissora e, que as autoridades estariam esquecendo o alcance social da emissora gospel, no Acre.

O primeiro parlamentar a se pronunciar foi o democrata, Jamyl Asfury que fez um apelo aos vereadores da capital para tentar reverter à ação de demolição da torre da RBN. “O assunto não pode ser tratado apenas com a visão política. Assim como resolveram a questão da construção da UPA do Segundo Distrito, da rodoviária internacional que seria construída sobre um aqüífero, podem também resolver esta questão”, disse.

Segundo Asfury, a RBN seria um meio de comunicação de utilidade pública e sem fins lucrativos, onde pessoas do meio evangélico acham guarida para expor seus pensamentos religiosos. “A RBN é uma empresa importante para o Acre. Esta emissora tem mais de 50% da audiência das emissoras do Estado, mas neste caso as autoridades não estão olhando para a população e, sim para a questão partidária”, enfatiza.

De acordo com Jamyl, o plano diretor da cidade de Rio Branco, não é uma peça imutável, já que em outros episódios foram feitas alterações, citando a construção da Brigada do Corpo de Bombeiros, rodoviária internacional e a UPA. O parlamentar disse que visitou as instalações da RBN e, na condição de engenheiro civil pode atestar que a construção não oferece riscos aos moradores nas proximidades da emissora.

“É um precedente perigoso, já que emissoras como a TV Rio Branco, TV Aldeia, TV Acre e algumas outras emissoras estão no perímetro urbano, em áreas habitadas de populares. As autoridades não podem agir apenas na emoção política, se assim acontecer até mesmo a liberdade de expressão estaria ameaçada. A RBN é um concessão pública que deve ser respeitada”, afirma Jamyl Asfury.

O líder do governo, deputado Moisés Diniz (PCdoB) também demonstrou descontentamento com a ação de demolição movida pela prefeitura de Angelim (PT), contra a RBN, emissora comandada pelos familiares da deputada federal Antônia Lúcia. Diniz defende um amplo estudo sobre as obras de instalação da nova torre da Rádio Boas Novas.

“Vamos ouvir a Ufac, o Crea, fazer um estudo aprofundado para encontrar uma solução técnica. Eu sou contra o fechamento de qualquer rádio e tenho clareza de que a prefeitura não vai tomar nenhuma medida que, mesmo técnica, venha a se caracterizar como perseguição religiosa”, declarou Moisés. “Se houver alguma ilegalidade no processo de construção da obra ou da transferência de local, que estas ilegalidades sejam punidas, menos com o fechamento da emissora”, disse Moisés.

O deputado lembrou que o impasse entre a emissora e a prefeitura é um litígio entre uma empresa e o município de Rio Branco, de maneira que as partes não devem envolver o governo do Estado, pois foge de sua área jurisdicional. “O governador Tião Viana não participa de decisões das prefeituras, fiel ao princípio da divisão das competências administrativas”.

Mas, ao mesmo tempo, Moisés defendeu o debate do problema. “Aqui se discute posições do governo da Bolívia, dos EUA, a crise financeira na Grécia que afeta ao emprego no Jordão, aqui nós discutimos até o futuro do planeta, então porque não discutir uma ação do município de Rio Branco?”, argumentou.

Ray Melo, da redação de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Contra previsão de alta abstenção, Gladson pede a eleitores que votem

Publicado

em

O governador Gladson Cameli veio à público para pedir que os eleitores de Rio Branco exerçam o direito de escolher o próximo prefeito.

“Independente de quem seja seu candidato, vote”, pediu o governador alertando sobre os cuidados contra a Covid-19.

“Vamos fazer uma votação tranquila. Como governador estou comprometido em trabalhar com todos os prefeitos para melhorar a vida da população. Votar neste segundo turno é muito importante para a nossa capital e para a sua vida”, afirmou.

Continuar lendo

Acre

Rio Branco tem 93 ônibus circulando neste domingo de eleição

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

Como medida para evitar as aglomerações e a propagação do vírus da Covid-19, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (RBTrans) informou que colocou mais de 90 ônibus para circular neste domingo, 29, dia da eleição do 2º turno.

No total, estão circulando 93 coletivos para atender os mais de 200 mil eleitores aptos a votar em Rio Branco. O transporte coletivo começou a operar às 5h e encerram as atividades às 23h30.

Segundo o RBtrans, além dos 93 coletivos que estão circulando, foram colocados quatro para substituição de algum que apresentasse defeito.

O terminal central bem como os terminais de integração dos bairros estarão funcionando normalmente durante todo o domingo (15).

Continuar lendo

Acre

Bocalom reafirma fala e diz que se baseou em artigo científico

Publicado

em

Até então escondido e se manifestando por meio de porta-voz, o candidato Tião Bocalom (Progressistas) publicou um vídeo neste sábado, 28, para se manifestar acerca das declarações que deu em entrevista recente ao jornalista Washington Aquino, da TV 5, onde afirmou que as crianças não têm tanto problema com a Covid-19.

Na entrevista à TV 5, Bocalom também defendeu a imunização de rebanho para Rio Branco se livrar da Covid-19. “A gente sabe que precisamos pegar covid também pra poder ficar imunizado”, afirmou.

No vídeo deste sábado, 28, o progressista reafirmou a fala sobre a covid-19 em relação às crianças, mas destacou que se baseou em um artigo científico para tal assunto. “Eu não sou homem de fugir das minhas responsabilidades e dos meus atos. Agora eu defendo a verdade, eu falo a verdade, e essa frase do covid foi dito por mim, mas eu apenas me embasei em um artigo científico escrito por pediatras de São Paulo. E o nosso adversário, está usando a força da máquina distorcendo todos os fatos”, destacou Bocalom.

Por fim, Bocalom afirmou que nessa situação se sente vítima e que não acredita que as pessoas realmente acham que ele colocaria a vida de crianças e idosos em perigo.

“Eu estou sendo vítima, sinceramente, não posso acreditar em sã consciência, que alguém acha que eu seria a favor de colocar a segurança das nossas crianças e famílias em risco. Saúde é um tema que trato com muita responsabilidade afinal estou a mais de 5 anos lutando pela saúde da minha esposa, que se encontra na UTI além é claro de ter perdido o meu filho que tinha apenas 12 anos de idade com leucemia por tanto meus amigos, eu sei muito bem o que é lutar contra doenças”, encerrou.

video

Continuar lendo

Acre

Bocalom e Socorro Neri votam no mesmo horário neste domingo

Publicado

em

As respectivas assessorias dos candidatos à prefeitura de Rio Branco que disputam neste 2º turno, Tião Bocalom e Socorro Neri (PSB) divulgaram na manhã deste sábado, 28, o local de votação e o horário em que cada um vai votar na capital.

Às 9 horas deste domingo, 29, a candidata à reeleição pelo PSB, prefeita Socorro Neri (PSB), irá votar na Delegacia do Ministério do Trabalho, no Centro de Rio Branco. Neri estará acompanhada do governador Gladson Cameli e do candidato a vice-prefeito Eduardo Ribeiro (PDT).

O candidato Tião Bocalom (Progressistas) vai votar na Escola Serafim da Silva Salgado, na Baixada da Sobral, às 9 horas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas