Conecte-se agora

Cabeleireiro assassinado havia discutido e espancado boliviano

Publicado

em

Para a polícia o boliviano Breno Michel Herrera é o principal suspeito pela morte do cabeleireiro Francisco Garcia da Costa, 39, o Vermelho, assassinado a tiros na tarde desta terça feira. A esposa da vítima revelou á polícia que Garcia devia cerca de R$ 1.500 para o boliviano que vinha pressionando o marido para receber o dinheiro. A mulher relatou ainda que por volta do meio dia de hoje, Breno esteve no salão de Francisco para novamente cobrar a vítima, que acabou discutindo e espancando o estrangeiro.

Cerca de três horas depois, Breno Herrera teria retornado ao local, e armado com um revolver, assassinado Francisco á queima roupa. O boliviano é proprietário de uma pequena loja de venda de celulares e não foi mais visto no Terminal Urbano após a morte do cabeleireiro.

Jairo Barbosa – [email protected]

Anúncios


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas