Conecte-se agora

Tião Viana quer doar patrimônio do Estado avaliado em mais de R$ 38 milhões, a grupo de empresários

Publicado

em

Projeto que entrou em tramitação nesta segunda feira, 05, nas comissões da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), prevê a doação, ou incorporação, como foi denominado pelo governador Tião Viana (PT), da conhecida fábrica de pisos de madeira do município de Xapuri, a uma sociedade administrada pelo setor privado.

 

A Fábrica de Pisos de Xapuri, criada pelo ex-governador Jorge Viana (PT), que custou aos cofres do Estado, cerca de R$ 38 milhões em equipamentos edificação de instalações poderá ser doa pelo governador Tião Viana, a uma sociedade de economia mista, denominada Agência de Negócios do Estado do Acre S.A.

O investimento milionário, que só em consultoria consumiu mais de R$ 3 milhões, de dinheiro do contribuinte, será incorporado ao patrimônio de uma sociedade anônima, através de um projeto encaminhado ao poder legislativo, que pede a autorização dos deputados estaduais para fazer a doação do empreendimento administrados pela Laminados Triunfo.

A sociedade que passará a ter o controle dos bens da fábrica de tacos é de capital misto, onde o sócio majoritário é o Governo do Acre. Entre os sócios da Agência de Negócios do Estado do Acre S.A. está a Laminados Triunfo Ltda – acusada de crimes ambientais e de favorecimentos na concessão de projetos de manejo florestal no Estado, além de outras madeireiras.

Mesmo alegando em todas as defesas que faz do projeto de construção da Fábrica de Pisos de Xapuri, que seria um empreendimento rentável, o governador Tião Viana quer se desfazer da empresa e encaminhou o projeto de lei nº 129, as comissões da Aleac, para ser apreciado pelos deputados e colocado em votação no conhecido “esforço concentrado” de final de ano.

O governador Tião Viana justifica a doação do patrimônio público a ANAC, afirmando que a incorporação da fábrica que custou ao Estado, mais de R$ 38 milhões, “como aumento de capital social da Agência de Negócios do Estado do Acre S.A.”  e conseqüente aumento de mando do Estado do Acre como sócio majoritário do grupo empresarial.

Segundo o projeto, do governador do Acre, depois da possível aprovação da matéria na Aleac, “os atos necessários à formalização da incorporação [doação] de que trata esta lei serão realizados pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e pela Secretaria de Estado da Gestão Administrativa (SGA)”, órgãos públicos responsáveis pela legalização da operação.

A matéria entrou em tramitação nesta segunda-feira, 05, nas comissões do Poder Legislativo Estadual. O relator do projeto de lei do poder executivo é o deputado Moisés Diniz (PCdoB). A expectativa é que os deputados de oposição votem  contra a doação do bem público financiado com recursos federais.

Líder do Governo diz que Fábrica de Pisos continuará sob controle do Estado

O deputado Moisés Diniz (PCdoB), líder do Governo na Aleac, informou que o projeto de lei que trata da Fábrica de Pisos apenas transfere o controle para a Agência de Negócios do Acre.

“A ANAC é uma empresa pública, de direito privado, com 96% de capital público, com correspondente controle acionário por parte do Estado. Não tem nada de privatização e nem de doação do patrimônio público”, explica Diniz.

O líder do Governo informa ainda que a ANAC poderá transferir a gestão para uma empresa ou grupos de empresas privadas, que viriam a pagar pela utilização das instalações e dos equipamentos.

“O secretário Edvaldo Magalhães pensa, inclusive, em incorporar capital comunitário, como forma de garantir a participação das cooperativas de manejadores, dando real poder aos pequenos”, finalizou.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

 

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Colisão entre carro e moto deixa motociclista ferido na Avenida Ceará

Publicado

em

Uma colisão ocorrida entre um carro e uma motocicleta deixou o motociclista Carmilson Tenoro Guimarães, de 30 anos, ferido na tarde deste sábado, 26, na Avenida Ceará, próximo a Delegacia de Flagrantes, em Rio Branco.

De acordo com informações de populares que presenciaram o acidente, Carmilson estava trafegando na moto quando, ao cruzar a Avenida Ceará com a rua Osmar Sabino, colidiu com um veículo. Com o impacto, Carmilson foi arremessado, bateu a cabeça no asfalto e desmaiou. O condutor do carro permaneceu no local.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos e conduziram o motociclista ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável. Segundo o médico do SAMU, o paciente sofreu trauma no abdômen e tórax e uma fratura no pé.

Policiais Militares do Batalhão de Trânsito (BPTran) estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos de perícia. A moto foi removida e encaminhada ao pátio do Departamento de Trânsito.

Continuar lendo

Cotidiano

Encontro virtual da Embrapa e Ufac debate plantas alimentícias não convencionais no Acre

Publicado

em

Discutir e apresentar as últimas novidades de estudos e pesquisas em botânica, etnobotânica e agrobiodiversidade no Acre são os objetivos da live promovida pela Embrapa Acre e a Universidade Federal do Acre (Ufac).

O evento, ao vivo, acontece na próxima segunda-feira, dia 28, às 21 horas (horário de Brasília), no canal da Embrapa no Youtube.

Segundo Amauri Siviero, pesquisador da Embrapa Acre, a ideia é debater os conceitos de etnobotânica, o estado da arte em botânica com destaque para as coletas, recursos humanos, publicações e a riqueza em agrobiodiversidade no Acre, incluindo as Plantas Alimentícias Não Convencionais, as famosas Panc.

Além de Siviero, estarão presentes Almecina Balbino e Marcos Silveira, docentes da Ufac, Édson Furtado e Lin Chau Ming, docentes da Unesp, e Moacir Haverroth, pesquisador da Embrapa Acre.

O evento faz parte das ações do projeto ‘Conhecimento Compartilhado para Gestão Territorial Local na Amazônia – TERRAMZ’, componente do Projeto Integrado da Amazônia, financiado pelo Fundo Amazônia e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em cooperação com o Ministério do Meio Ambiente.

Durante a live, será lançada a versão impressa do livro “Etnobotânica e Botânica Econômica do Acre”, fruto da parceria entre entre a Editora da Ufac (Edufac) e a Embrapa Acre.

Destinado a pesquisadores, técnicos e administradores de projetos que trabalham com povos tradicionais e gestão ambiental, a obra pretende fomentar debates técnicos e subsidiar políticas públicas regionais com foco na valorização do conhecimento tradicional e desenvolvimento local.

Continuar lendo

Cotidiano

Operação Verde Brasil prendeu 4 pessoas e autuou 17 no Acre, Amazônas e Rondônia

Publicado

em

Em apoio às ações do Comando Conjunto Amazônia, o 9º Distrito Naval realizou ações de inspeção e patrulha naval em diversos rios dos estados do Amazonas, Acre e Rondônia, em apoio a agentes.

Simultaneamente, diz o Ministério da Defesa, ocorreram ações preventivas de combate a incêndios florestais e queimadas, abrangendo várias localidades dos estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia.

Nesse contexto, inspecionaram e vistoriam 94 embarcações, das quais quatro foram apreendidas e 17 autuadas, além da revista de 1.147 veículos.

A Operação Verde Brasil 2 é coordenada pelo Ministério da Defesa. Está no escopo do Conselho Nacional da Amazônia (CNA), conselho regulado pela Vice-Presidência da República em apoio aos órgãos de controle ambiental e de segurança pública. A missão deflagrada pelo Governo Federal, em 11 de maio de 2020, visa ações preventivas e repressivas contra delitos ambientais na Amazônia Legal.

A determinação presidencial para emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) foi publicada no Diário Oficial da União por meio do Decreto n° 10.341, de 6 de maio de 2020. Em 9 de julho, a GLO foi renovada até 6 de novembro, por meio do decreto presidencial 10.421.

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco e Atlético entram em campo neste sábado pelo Brasileirão da Série D

Publicado

em

Dois dos três clubes que representam o Acre no Campeonato Brasileiro da Série D estarão em campo neste sábado, 25. Em casa, na Arena Acreana, às 17 horas, o Atlético vai enfrentar o Bragantino (PA), após empatar fora de casa com o Ji-Paraná (RO) em 1 a 1.

A partida vai marcar a estreia do treinador Everton Goiano como comandante do banco de reservas do Galo Carijó, Everton conhece bem o futebol acreano, já que treinou o Rio Branco no ano de 2013.

Falando em Estrelão, neste sábado, o Rio Branco encara o Fast Clube, em Manaus, pela segunda rodada. As duas equipes venceram na estreia da competição.

Apesar da diretoria do Rio Branco ter anunciado a chegada de cinco reforços para a equipe, os jogadores não foram regularizados e ainda não estarão disponíveis para serem usados pelo técnico Celso Teixeira.

A partida, que será disputada no estádio da Colina, em Manaus, acontece a partir das 17 horas.

O Galvez, atual campeão acreano, e terceiro representante do Acre na competição, entra em campo neste domingo, 27, contra o Independente do Pará. A partida será disputada no estádio Navegantão, em Tucuruí, interior paraense.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas