Conecte-se agora

Senador Jorge Viana sobra ministério sobre obra da ponte sobre o rio Madeira

Publicado

em

O senador Jorge Viana protestou, nesta quinta-feira, 3, da tribuna, contra a demora na construção da última ponte da BR-364 e apresentou dois requerimentos à Mesa do Senado pedindo informações ao Ministério dos Transportes sobre o assunto. O primeiro requerimento trata da travessia do Rio Madeira, na BR 364, entre Rio Branco e Porto Velho. O senador acreano quer o relato das medidas adotadas pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) para melhoria do serviço, disponibilidade de horários, segurança e preço cobrado no transporte.

Sobre o assunto, Jorge Viana falou pessoalmente com ministro Paulo Sérgio Passos e disse, em seu discurso, que não vai abrir mão da luta até que a obra saia. O segundo requerimento trata do andamento do projeto da ponte sobre o Rio Madeira na BR 364, diante das solicitações de adequação feitas pelo TCU, qual a situação do processo de licitação, qual a previsão para o início e conclusão da obra, pois se trata de obra de vital importância para o povo do Acre.

No mesmo pronunciamento Jorge Viana destacou a importância do anúncio feito na semana passada pelo governador Tião Viana garantindo a trafegabilidade da BR-364 – trecho Rio Branco/Cruzeiro do Sul – durante o período do inverno. Trata-se de uma ação inédita que, segundo o senador acreano, divide a história do Acre em duas fases: antes e depois da conclusão da estrada que interliga a Capital com o interior do Estado, sonho dos acreanos que começou na década de 1960 e que só agora está sendo concretizado, após uma longa batalha.

“E assim tem sido feito nesses 13 anos. São 13 anos de batalha, de luta. Eu fiquei no governo por oito anos, o ex-governador Binho Marques, quatro e agora Tião Viana completa o seu primeiro ano. E muitos que reconhecem esse trabalho sabem da dificuldade por que nós passamos ao longo desse período para fazer desse sonho uma realidade”, disse Jorge Viana.

O senado fez questão de destacar para que conste nos anais do Senado um agradecimento não só aos ex-presidentes, aos ex-governadores, aos ex-ministros que ajudaram na conclusão da obra, “mas também àqueles que se dedicaram pelo lado do Acre, como Gilberto Siqueira, que foi sempre um baluarte, um lutador – não tem como escrever a história da BR–364 sem citar seu nome –; Tácio de Brito, Primeiro-Secretário e Diretor do Deracre no meu governo; Sérgio Nakamura; Fernando Moutinho; Marcus Alexandre; e muitos funcionários e dirigentes do Deracre, que é o órgão que está concluindo essa epopéia”.

Jorge Viana fez um agradecimento especial aos operários e funcionários das empresas e seus dirigentes à bancada federal do Acre, pelo apoio na liberação dos recursos e à Assembléia Legislativa.

“Recentemente, o Deputado Elson Santiago, representando um conjunto de Deputados, estava conosco nesse dia histórico da ligação definitiva da rodovia. Queria citar também os líderes do Governo nesse período: Edvaldo Magalhães e Moisés Diniz, ambos do PCdoB, que nos ajudaram a aprovar na Assembléia todas as iniciativas que eram necessárias para que essa obra pudesse seguir em frente”, disse.

O trecho da BR- 364, na avaliação do senador Jorge Viana, tem que está inserida em um contexto diferente de outras rodovias na Amazônia. “Boa parte das rodovias feitas na Amazônia até aqui são sinônimos de destruição, são sinônimos de devastação dos recursos naturais e – eu diria – são sinônimos da insustentabilidade do ponto de vista econômico, social e ambiental”, disse ao final do discurso.

Charlene Carvalho

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Novo sorteio da Mega-Sena pode pagar R$ 22 milhões na noite deste sábado, 20

Publicado

em

O concurso 2.171 pode pagar um prêmio de R$ 22 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (20) em São Paulo (SP).

Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Continuar lendo

Cotidiano

Programa Nacional de Crédito Fundiário deverá ser implantado no Acre

Publicado

em

O Programa Nacional de Crédito Fundiário poderá ser implantado e entrar em operação até o final do ano no estado do Acre. O primeiro passo foi dado nesta sexta-feira, 19, na sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em reunião do Secretário de Produção e Agronegócio do Acre, Paulo Wadt, o representante do Estado em Brasília, Ricardo França, e o diretor da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Incra, Carlos Everardo Mendes e com a técnica Andréia Connoly.

O programa de Crédito Fundiário é complementar à reforma agrária e, desde sua implantação em 2003, já beneficiou mais de 142 mil famílias. Os trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra podem adquirir imóveis rurais para exploração em regime de economia familiar, através de financiamento em até 25 anos e com um valor que pode chegar a 140 mil reais.

O secretário Paulo Wadt explicou ao diretor do Incra que uma das metas do governo estadual é dar condições para que os jovens permaneçam na terra, depois de adquirir uma formação agrícola. Atualmente, segundo Wadt, os jovens podem ter formação agrária em Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Xapuri e Rio Branco, porém sem perspectivas de aproveitamento do que aprenderam. Com a possibilidade de poderem adquirir seu próprio pedaço de terra e produzir, esses jovens terão mais oportunidades de se manter na área rural.

Os próximos passos que viabilizarão a implantação do programa será a oficialização da intenção por meio de documento que enviado pelo governador Gladson cameli à ministra Tereza Cristina, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA, o que deverá ser feito já no início da próxima semana. Após isso, uma unidade técnica estadual será montada com servidores da Secretaria da Agricultura, capacitados por técnicos do Incra.

Outro ponto ressaltado pelo diretor Carlos Everardo é o fortalecimento da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), que será o principal elo entre o programa e o homem do campo. Nesse sentido, Ricardo França frisou como sendo prioridade do Governo do Estado a reestruturação da Emater e o fortalecimento dos programas agrários no Acre.

Com informações da Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.