Conecte-se agora

Senador Jorge Viana sobra ministério sobre obra da ponte sobre o rio Madeira

Publicado

em

O senador Jorge Viana protestou, nesta quinta-feira, 3, da tribuna, contra a demora na construção da última ponte da BR-364 e apresentou dois requerimentos à Mesa do Senado pedindo informações ao Ministério dos Transportes sobre o assunto. O primeiro requerimento trata da travessia do Rio Madeira, na BR 364, entre Rio Branco e Porto Velho. O senador acreano quer o relato das medidas adotadas pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) para melhoria do serviço, disponibilidade de horários, segurança e preço cobrado no transporte.

Sobre o assunto, Jorge Viana falou pessoalmente com ministro Paulo Sérgio Passos e disse, em seu discurso, que não vai abrir mão da luta até que a obra saia. O segundo requerimento trata do andamento do projeto da ponte sobre o Rio Madeira na BR 364, diante das solicitações de adequação feitas pelo TCU, qual a situação do processo de licitação, qual a previsão para o início e conclusão da obra, pois se trata de obra de vital importância para o povo do Acre.

No mesmo pronunciamento Jorge Viana destacou a importância do anúncio feito na semana passada pelo governador Tião Viana garantindo a trafegabilidade da BR-364 – trecho Rio Branco/Cruzeiro do Sul – durante o período do inverno. Trata-se de uma ação inédita que, segundo o senador acreano, divide a história do Acre em duas fases: antes e depois da conclusão da estrada que interliga a Capital com o interior do Estado, sonho dos acreanos que começou na década de 1960 e que só agora está sendo concretizado, após uma longa batalha.

“E assim tem sido feito nesses 13 anos. São 13 anos de batalha, de luta. Eu fiquei no governo por oito anos, o ex-governador Binho Marques, quatro e agora Tião Viana completa o seu primeiro ano. E muitos que reconhecem esse trabalho sabem da dificuldade por que nós passamos ao longo desse período para fazer desse sonho uma realidade”, disse Jorge Viana.

O senado fez questão de destacar para que conste nos anais do Senado um agradecimento não só aos ex-presidentes, aos ex-governadores, aos ex-ministros que ajudaram na conclusão da obra, “mas também àqueles que se dedicaram pelo lado do Acre, como Gilberto Siqueira, que foi sempre um baluarte, um lutador – não tem como escrever a história da BR–364 sem citar seu nome –; Tácio de Brito, Primeiro-Secretário e Diretor do Deracre no meu governo; Sérgio Nakamura; Fernando Moutinho; Marcus Alexandre; e muitos funcionários e dirigentes do Deracre, que é o órgão que está concluindo essa epopéia”.

Jorge Viana fez um agradecimento especial aos operários e funcionários das empresas e seus dirigentes à bancada federal do Acre, pelo apoio na liberação dos recursos e à Assembléia Legislativa.

“Recentemente, o Deputado Elson Santiago, representando um conjunto de Deputados, estava conosco nesse dia histórico da ligação definitiva da rodovia. Queria citar também os líderes do Governo nesse período: Edvaldo Magalhães e Moisés Diniz, ambos do PCdoB, que nos ajudaram a aprovar na Assembléia todas as iniciativas que eram necessárias para que essa obra pudesse seguir em frente”, disse.

O trecho da BR- 364, na avaliação do senador Jorge Viana, tem que está inserida em um contexto diferente de outras rodovias na Amazônia. “Boa parte das rodovias feitas na Amazônia até aqui são sinônimos de destruição, são sinônimos de devastação dos recursos naturais e – eu diria – são sinônimos da insustentabilidade do ponto de vista econômico, social e ambiental”, disse ao final do discurso.

Charlene Carvalho

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Polícia Civil investiga vídeo de jovem sendo decapitado por facção criminosa

Publicado

em

A Polícia Civil através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começou a investigar na manhã deste sábado (18) dois vídeos que estão circulando nas redes sociais, de um jovem sendo decapitado por membros de uma organização criminosa, em Rio Branco.

No primeiro vídeo o jovem aparece sentado com as mãos amarradas, a vítima diz que é morador do Loteamento Sol Nascente, no bairro Vila Acre. Em seguida a mão de um dos criminosos aparece com uma faca fazendo o sinal de uma facção.

No segundo vídeo, os criminosos apresentam o jovem sendo decapitado com uma faca.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com DHPP, e agentes confirmaram que o jovem era morador da Vila Acre, mas ainda não sabem exatamente se o crime ocorreu em Rio Branco.

“A Polícia Civil já está investigando, estamos atrás do local da execução do jovem, já temos um suspeito, não sabemos se foi na capital, mas a probabilidade do crime ter ocorrido em Rio Branco é alta”, concluiu o agente da polícia.

 

Continuar lendo

Cotidiano

Rio Branco reforça campanha de vacinação contra gripe H1N1; 36 mil foram imunizadas

Publicado

em

Para alcançar um maior número de pessoas imunizadas contra a gripe H1N1, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), promoveu nessa quinta-feira, 16,no Palácio do Comércio, um grande encontro entre os Agentes Comunitários de Saúde (ACS’s), diretores de escolas e creches da rede municipal de ensino.

Segundo a secretária municipal de Saúde em exercício, Jesuíta Arruda, a SEMSA tem como meta vacinar 90 mil pessoas neste ano, no entanto, apesar de todo o esforço feito pelo Município, apenas 36 mil doses foram distribuídas até o momento. “Esse encontro serve para alinharmos ações com vistas a imunizar o maior número possível de pessoas”, explicou a secretária.

Para ela, a imunização contra a doença, que já matou 50 pessoas em Manaus, capital do vizinho estado do Amazonas, além de Porto Velho, Rondônia, é muito importante. A gripe H1N1 é uma doença letal. Por isso, a nossa recomendação é: vacine-se, vacine-se, vacine-se”, enfatizou Jesuíta.

Jesuíta informou que para receber a vacina as pessoas devem ir a qualquer unidade de saúde mantida pela Prefeitura. “As pessoas podem procurar qualquer uma de nossas unidades de saúde para receber a vacina, que é segura e protege contra essa doença, que é letal”, afirmou, acrescentando que existem equipes de prontidão no aeroporto, na rodoviária e em escolas e creches, onde qualquer pessoa pode se vacinar.

Durante o encontro os participantes tiveram acesso aos números da vacinação feita até o momento em Rio Branco. Apenas pessoas que têm alergia a ovo não podem ser vacinadas.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.