Conecte-se agora

Governo e prefeitura lançam nova campanha contra a dengue

Publicado

em

Governo do Estado do Acre e Prefeitura de Rio Branco lançam nesta sexta, dia 4, “A guerra não pode parar…”, mais uma mobilização do combate a Dengue realizada nas ações estratégicas de fortalecimento entre os setores governamentais e a sociedade. A solenidade acontece, às 8 horas, em frente ao Palácio Rio Branco com a presença do governador Tião Viana, secretária estadual de saúde, Suely Melo, prefeito Raimundo Angelim e autoridades locais.

Nesta etapa, serão recolhidos entulhos que acumulam água e durante o evento serão divulgados os bairros prioritários neste momento. As autoridades em saúde orientam a população a fazer parte das ações evitando corte de árvores e retirada de material de construção, colocando na frente das residências somente entulhos que acumulem água.

A ação terá duração de duas semanas com 59 equipamentos pesados para o recolhimento entre retroescavadeiras, caçambas, pá-carregadeira e o envolvimentos de 151 profissionais do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) e 80 da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

Desde o inicio do ano o combate ao mosquito da dengue foi a primeira ação do governador Tião Viana, que colocou nas ruas de Rio Branco a operação Guerra Contra a Dengue, a maior ação de combate à doença já empreendida no Estado. O lançamento aconteceu dia 03/01/2011 e reuniu cerca de mil pessoas.

Foram retiradas 8.500 toneladas de lixo e entulho de toda a cidade, além de inspeção dos imóveis na capital pelos agentes de endemias e agentes de saúde, que somaram mais de 900 trabalhadores.

No segundo momento aconteceu a mobilização das escolas, com o projeto Prevenção Sim, Dengue Não! A Guerra Continua… com a meta de mobilizar 88 escolas estaduais e municipais da zona urbana de Rio Branco nas ações de prevenção no combate a dengue.

No primeiro momento, foram capacitados os agentes de endemias e os coordenadores pedagógicos e alunos como multiplicadores. A capacitação aconteceu em nove escolas com 198 turmas, totalizando 7.920 alunos.

Todo esse esforço se refletiu na redução de casos de dengue, comparando o número de casos notificados de dengue na 1ª semana epidemiológica de 2011, na qual foram registrados 2.477 casos de dengue com a 41ª semana epidemiológica de 2011, que registrou 23 casos de dengue, foi possível observar que o município de Rio Branco apresentou uma redução significativa de 99,07% nas notificações.

A parceria entre governo e prefeitura tem o apoio do Deracre, Semsur, Sindicato da Indústria de Construção Civil do Estado do Acre (Sinduscon), AR, Transterra, Transcoop, JMG, ARH, Oliveira Transporte, Ferronorte.

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Coronel assume subcomando geral do Corpo de Bombeiros no Acre

Publicado

em

O Coronel Charles da Silva Santos assume oficialmente nesta quarta-feira, 21, como subcomandante geral do Corpo de Bombeiros Militar no Acre. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje. De acordo com o órgão, Santos estava há oito meses como Coordenador Estadual do Fundo de Segurança Pública e Coordenador Operacional do CIOSP da Secretaria de Estado e da Segurança Pública. Ele já foi Comandante Operacional de Rio Branco e do interior e chefiou o gabinete do Comandante-geral.

O novo subcomandante é bacharel em Ciências Contábeis, com pós-graduação em administração pública e Segurança pública. Agora, irá conduzir a corporação ao lado do comandante-geral, Coronel Carlos Batista.

Coronel Charles garante que está preparado para a nova missão. “Darei irrestrito apoio as demandas do Comandante-geral e consequentemente da corporação. Junto com os Oficiais, praças e funcionários civis, faremos uma administração boa para todos, visando nosso público mais importante que é a comunidade acreana”, disse o novo Subcomandante.

Com informações da Assessoria

Continuar lendo

Acre

Gladson Cameli torna sem efeito promoções de PM’s e Bombeiros

Publicado

em

Após a reportagem do ac24horas, na qual o Ministério Público do Acre (MPAC) recomendava a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre pelo cometimento de ato improbidade administrativa, o governador Gladson Cameli (Progressistas) acatou a recomendação do Ministério Público e tornou sem efeito o Decreto nº 3.161, na manhã desta quarta-feira, 21, por meio do Diário Oficial do Estado do Acre (DOE).

RELEMBRE O CASO – Em suma, o MPAC pedia a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre e advertia ainda da necessidade de readequação dos gastos com pessoal, uma vez que tal decisão gera impacto nas contas públicas. O MPAC havia estipulado um prazo de 15 dias para manifestação do governador.

Tal decisão, infligiu a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e desconsiderou o que prevê o Artigo 12 do Decreto nº 114/1975, no qual determina que as decisões envolvendo promoções devem se dá “mediante proposta do Comandante Geral da Corporação, ouvido o Estado Maior do Exército, através da IGPM”. Gladson descumpriu e ignorou tal determinação.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.