Conecte-se agora

Prado diz que não retira projeto que obriga deputados há trabalharem cinco dias por semana

Publicado

em

O deputado Walter Prado (PDT), procurou a redação de ac24horas para apresentar sua versão sobre as críticas que sofreu pelo projeto que prevê que os deputados realizem sessão as segundas e sextas-feiras. Prado afirma que não se trata de uma iniciativa demagógica, mas que estaria apenas se antecipando a um movimento de moralização que cresce nas principais cidades do mundo.

“Não é demagogia. Estou querendo apenas moralizar os trabalhos no parlamento. As pessoas estão fazendo cobranças cada vez mais severas, e os deputados precisam fazer valer o salário que ganham. O projeto quer apenas antecipar um movimento pela moralização que se aproxima cada vez mais do Acre. Não retiro a proposta e vou provar que a população ainda pode confiar em políticos”, diz Prado.

O pedetista disse ainda, que não compareceu a sessão desde o seu início nesta quarta-feira, 19, porque estaria acompanhando o governador em viagem aos municípios de Sema Madureira e Manoel Urbano. Sobre o posicionamento de alguns colegas de parlamento que se manifestaram contra seu projeto, Prado afirma que ninguém vai fazer com que ele desista de levar o projeto a votação.

Após o encerramento da sessão de hoje, houve uma reunião com os parlamentares no centro do plenário. O objetivo dos deputados seria fazer Prado desistir de sua proposta, mas ao final da conversa, o deputado manteve seu posicionamento. Em represália, o presidente da Aleac, deputado Elson Santiago (PP) disse que se o projeto for aprovado, ele apresentará uma emenda para que as sessões aconteçam também à tarde.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas