Conecte-se agora

Funcionária que denunciou prefeito Clóvis Moretti, de Acrelândia, por contratação ilegal é obrigada a assinar Aviso Prévio

Publicado

em

A funcionária Elem Silva após ter denunciado o prefeito Clovis Moretti, do município de Acrelândia, por contratação de Auxiliar Operacional de Serviços Diversos como técnico de enfermagem, foi obrigada a assinar aviso prévio com data retroativa. Ela acusa a empresa Multiservese de ter lhe coagido psicologicamente.

– A primeira pessoa que me procurou para que eu assinasse o tal aviso horas antes, foi o senhor Ronaldo. Quando eu falei que não assinaria o aviso com a data retroativa, o mesmo voltou e em seguida veio a senhora Cristina Negrelli,secretária da firma. A mesma afirmou que eu tinha que assinar pois eu já estava demitida mesmo e de nada iria adiantar eu não assinar o documento naquele momento – comentou Elem.

A funcionária já comunicou o caso ao Ministério Público e procurou a Justiça do Trabalho. Ela esclareceu ainda que sua demissão foi motivada pelo executivo. Elem diz que a prefeitura mentiu quando afirmou que ela não pertencia aos quadros do município.

– Na verdade naquele momento eu fazia sim, e foi no outro dia que fui forçada a assinar meu aviso com 44 dias retroativos – acrescentou.

Ela enviou uma lista de nomes que comprovam as primeiras denuncias feitas contra o prefeito Moretti que segundo a ex-funcionária, descumpre o Termo de Ajustamento de Conduta feito com o Ministério Público. O documento mostra contratos provisórios assumindo cargos que deveriam ser de convocação do concurso público.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
[email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas