Conecte-se agora

Governo do Acre se defende de acusações da revista ISTOÉ mostrando foto do Major Rocha assinando acordo na Floresta do Antimary

Publicado

em

A assessoria de comunicação do governador Tião Viana (PT), enviou nota para as redações dos jornais no fim da tarde desta segunda-feira, 17, para se defender das acusações de irregularidades apresentadas em matéria da revista ISTOÉ, que circula esta semana em nível nacional.

No material assinado pela assessoria do governador  Tião Viana, o deputado Major Rocha (PSDB), autor das denuncias de supostas irregularidade no projeto de manejo florestal, praticado pela Laminados Triunfo é usado como defesa, afirmando que o deputado tucano teria aprovado e assinado como testemunha, o acordo na Floresta do Antimary.

Segundo o material oficial do Governo do Estado, o deputado Major Rocha, em assembléia para celebrar contrato, realizada pelo Governo do Estado, “participou e assinou como testemunha”. O material com a foto de Major Rocha foi encaminhado por volta de 20 horas para a redação de ac24horas, pela assessora Andréa Zílio.

Abaixo, a íntegra do comunicado:

Rocha aprovou acordo na Floresta do Antimary
O deputado estadual Wherles Rocha (PSDB) foi uma das testemunhas do contrato de aquisição de madeira pela empresa Laminados Triunfo na Floresta Estadual do Antimary. O parlamentar tucano participou ativamente da Assembléia-Geral com os moradores e não fez qualquer questionamento.

O contrato foi celebrado em agosto deste ano, durante reunião que contou com a presença de 49 das 53 famílias assentadas na Floresta Estadual.

“Acho muito estranho o posicionamento do deputado. Afinal, ele não fez questionamento durante a assembléia. Inclusive, assinou como testemunha”, comenta o secretário de Estado de Floresta (SEF) João Paulo Mastrângelo.

Segundo Mastrângelo, os preços praticados no âmbito do contrato são coerentes com os valores dos editais de concessão florestal expedidos pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

“Podemos citar como exemplo o edital da Floresta Nacional do Jamari, em Rondônia, que teve seu contrato celebrado com os concessionários estabelecendo o valor médio de R$ 34,50 pelo metro cúbico da madeira em pé”.

Para o secretário, o deputado tenta desviar a atenção para fatos mais graves envolvendo, inclusive, um aliado seu. “Não temos medo de fazer o debate limpo e ético. Não iremos ficar calados diante de quem utiliza mecanismos escusos para tentar enganar os menos avisados”. [assessoria do governo do Acre]

Fugindo o debate
A reportagem de ac24horas procurou Major Rocha, para saber qual seria seu posicionamento em relação a sua suposta aprovação ao projeto de manejo na Floresta do Antimary. Rocha foi taxativo: “O governo está tentando fugir do debate sobre os verdadeiros motivos das contestações”, disse o tucano.

De acordo com Rocha, quando esteve no evento, ainda estava se inteirando de como funcionava o projeto de manejo. O deputado diz ainda, que não é parte integrante do contrato, que o documento diz respeitos aos moradores da área, a Laminados Triunfo e o governo do Estado.

“Naquele momento buscava informações sobre o projeto. Só quando tive acesso ao contrato foi que vi o quanto este projeto seria prejudicial à comunidade do Antimary. Quanto a denúncia, ela foi feita pelos moradores que não se recusam em reafirmar as irregularidades que acontecem no Antimary”, disse Rocha

O deputado afirmou que todos os jornais que publicarem a nota do governo do estado, ele vai pedir direito de resposta para mostrar a verdade sobre o projeto. “Quem vai decidir se existe ou não irregularidades é o Ministério Público. Só posso afirmar que as provas das irregularidades estão lá, no projeto Antimary”, finaliza.

Olhando por esta ótica, o governo do Acre devolve a bomba ao colo do deputado tucano, deixando claro que “se houver irregularidades no projeto de manejo do Antimary, Rocha também é culpado”.

Ray Melo, da redação de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Nova onda de frio deve atingir Rio Branco na próxima quinta (29)

Publicado

em

Foto: ac24horas/Sérgio Vale

Quem estava esperando por uma semana ensolarada pode preparar os agasalhos. Isso porque o “Mago do Tempo”, pesquisador Davi Friale, emitiu nesta segunda-feira, 26, um boletim anunciando a chegada de uma onda de frente fria prevista para esta quinta e sexta-feira.

Segundo Friale, uma forte onda de frio polar chegará ao Acre, e deve atingir principalmente as cidades de Rio Branco e Brasiléia, fazendo com que as temperaturas caiam consideravelmente.

“Vai chegar ao Acre na próxima quinta-feira uma forte onde de frio polar, principalmente em Rio Branco e Brasiléia”, destacou.

Continuar lendo

Acre

Acre inicia semana com 13 novos casos e mais 2 óbitos por Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) divulgou novos números referentes à Covid-19 no Acre neste início de semana. De acordo com o boletim, nesta segunda-feira, 26, foram registrados 13 novos casos da doença no estado. Assim, o número de infectados subiu de 30.304 para 30.317 nas últimas 24 horas.

Mais dois óbitos foram registrados, sendo um do sexo masculino, e um do sexo feminino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 689 em todo o estado. O óbito do sexo masculino foi A.F.F., de 65 anos. Morador de Rio Branco, deu entrada no dia 25 de outubro no Instituto de Ortopedia de Traumatologia do Acre (Into-AC) e veio a óbito no mesmo dia.

Já a vítima do sexo feminino foi M.F.L., de 75 anos. Moradora de Rio Branco, deu entrada no dia 7 de outubro no Into-AC, e veio a óbito no dia 25 de outubro.

Até o momento, o Acre registra 80.433 notificações de contaminação pela doença, sendo que 50.112 casos foram descartados, enquanto 4 amostras de RT-PCR estão em análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 27.901 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 52 seguem hospitalizadas.

Continuar lendo

Acre

Vídeo mostra acidente que matou casal de acreanos em Porto Velho

Publicado

em

Um vídeo captado de câmeras de segurança mostra o exato momento em que o casal de acreanos Samuel Assis Lima de Miranda e Beatriz Aguiar colidiu a motocicleta contra uma árvore na madrugada desse domingo (25).A colisão aconteceu durante uma perseguição policial na cidade de Porto Velho, em Rondônia.

Eles trafegavam em uma motocicleta modelo Fan 160 quando uma guarnição policial flagrou o casal na contramão da Avenida Jorge Teixeira e deu ordem de parada.

Segundo a polícia, o condutor Samuel não atendeu e seguiu em alta velocidade. A jovem ainda teria gritado para o homem parar, mas ele não atendeu.

A PM fez acompanhamento e uma perseguição foi iniciada. A polícia informou que Samuel entrou na Avenida Tiradentes, ainda em alta velocidade e nas proximidades da Avenida Rio Madeira acabou colidindo a moto em uma árvore. Ambos morreram no local.

Os corpos do casal chegaram ao Acre na manhã desta segunda-feira (26). Ambos estão sendo velados pelas famílias em locais separados. Beatriz é velada na casa da família, situada no bairro Conquista, em Rio Branco e Samuel é velado numa funerária localizada na rua Isaura Parente, também na capital acreana. O enterro está previsto para ocorrer às 16h no cemitério São João Batista.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Acre

“Onde e em quem votar” são as dúvidas dos eleitores acreanos

Publicado

em

“Onde votar” é um dos questionamentos mais identificados pelo Google Trends no Acre nos últimos dias, algo que não é difícil descobrir. A Justiça Eleitoral mantém uma página específica para que os eleitores possam tirar essa dúvida.

“Onde votar” apresentou 37 manifestações na última semana. ´Em quem votar´ é a outra indagação mais comum, com 19 registros, nas buscas do Google no Estado do Acre quando o assunto é eleição 2020.

A consulta ao local de votação pode ser feita por meio do nome do eleitor ou do número do título eleitoral. Por meio da opção Consulta por nome é possível verificar o número do título.

Pela página https://www.tse.jus.br/eleitor/titulo-e-local-de-votacao/titulo-e-local-de-votacao o eleitor saberá rapidamente onde exercerá o direito ao voto, bastando preencher o formulário com o número do título ou CPF, nome da mãe e data de nascimento.

Google Trends é uma ferramenta do Google que mostra os mais populares termos buscados em um passado recente. A ferramenta apresenta gráficos com a frequência em que um termo particular é procurado em várias regiões do mundo, e em vários idiomas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas