Conecte-se agora

ENTREVISTA – Sibá Machado reafirma seu desejo de disputar a Prefeitura de Rio Branco

Publicado

em


Militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) que apóiam a pré-candidatura de Sibá Machado à Prefeitura de Rio Branco entregaram à direção da sigla um pedido oficial para que o deputado federal seja incluído nos debates para a escolha do nome que vai disputar a sucessão do prefeito Raimundo Angelim. A medida atrapalha os planos de algumas lideranças, que pensavam em decidir entre Marcus Alexandre e Daniel Zen.
Siba1610
Sibá Machado descarta qualquer possibilidade de desentendimento no partido, afirmando que o documento apenas oficializa um pedido feito por ele à direção do PT, ainda em 2008 e renovado em fevereiro de 2011.
Ele defende que o PT faça uma ampla discussão para a escolha do nome, levando em consideração fatores importantes, que, segundo ele, são fundamentais não apenas para garantir a vitória, como também à continuidade do sucesso do projeto da Frente Popular.
“Nós oficializamos um pedido que tinha feito verbalmente à direção do meu partido ainda em 2008, quando apresentei meu desejo de disputar a sucessão do Angelim e recebi uma afirmativa. Defendo que sejam analisados vários critérios para a definição do nome, pois temos que garantir não apenas a vitória como a continuidade do nosso projeto”, explica.
Em entrevista ao jornal A GAZETA o deputado federal Sibá Machado reafirma seu desejo de disputar a Prefeitura de Rio Branco pelo PT, defende a unidade da Frente Popular e fala do seu relacionamento com a direção do seu partido.

Disputa interna do PT
Lembrando que ainda em 2008 se reuniu com lideranças do PT e manifestou seu interesse em disputar a sucessão do prefeito Raimundo Angelim, quando recebeu uma resposta positiva dos dirigentes, Sibá Machado garante que vem se preparando para a disputa.
Ele garante que, desde então, vem se preparando para a disputa e para contribuir com o projeto de desenvolvimento da Frente Popular para Rio Branco. Sibá defende, entre outras coisas, uma reflexão do PT e da aliança, sobre a forma como decisões são tomadas.
“Procurei a direção do meu partido em 2008 e perguntei se tinha possibilidade do meu nome fazer parte das discussões para a sucessão do Angelim. Recebi um ‘sim’ como resposta. A partir de então estou me preparando para o desafio. Acredito que vamos enfrentar uma campanha agressiva. Por isso, o escolhido deve estar preparado para enfrentar essa batalha. Tem que ter couro grosso para encarar essa batalha”, disse.
Ele defende seu nome, afirmando que a Frente Popular precisa de um candidato que represente não apenas o novo na idade, mas sim uma nova forma de administrar Rio Branco, renovando a dinâmica de fazer política da aliança.
“A maioria da direção do PT defende um nome que represente o ‘novo’ na idade e na questão de nunca ter sido testado. Eu faço uma avaliação política, lembrando que precisamos renovar nossa dinâmica política, de tomada de decisões e até mesmo do jeito de governar. Precisamos de alguém que tenha capacidade de apresentar novidades forma de administrar, fazendo o que não foi feito ainda. Tenho me preparado nesse sentido”, afirma.
PT na cabeça de chapa
Sibá Machado revelou que o Partido dos Trabalhadores vai mesmo defender que o nome escolhido pela sigla seja o candidato da Frente Popular à Prefeitura de Rio Branco.
Ele disse que a decisão faz parte de uma tradição dentro da aliança e que o partido pretende continuar administrando Rio Branco. Sibá Machado descarta, porém, um racha na Frente Popular, afirmando que em todas as decisões sempre prevaleceu o consenso e a unidade.
“Temos uma tradição na Frente Popular do partido que está administrando continuar, a não ser que ele não tenha nomes para a continuidade do projeto. O PT vai reiterar o pedido para continuar administrando Rio Branco. Acredito que isso não será um problema com os outros partidos, pois sempre valorizamos a unidade”, explica.
Sibá Machado nega qualquer tipo de problemas de relacionamento com algumas lideranças do PT e diz que já participou de várias reuniões com dirigentes do partido em busca do nome.
A decisão, segundo ele, que seria tomada em setembro foi adiada para o início de outubro, mas agora deve ser anunciada somente em dezembro.

Legitimidade do nome de Perpétua Almeida
Para Sibá Machado, o PCdoB tem direito de apresentar o nome da deputada federal Perpétua Almeida para disputar a Prefeitura de Rio Branco. Ele elogia a colega parlamentar por sua dedicação ao projeto da Frente Popular e diz que já conversou com ela sobre a disputa.
“Claro que o PCdoB tem todo direito de apresentar o nome da Perpétua para a disputa. Ela tem colaborado muito com o projeto da Frente Popular, atuando junto da população. Mas defendo que o nome escolhido, reúna uma série de qualidades”, assegura.
Sibá Machado revela, inclusive, que em conversa com Perpétua, ela teria revelado que considera como “novo”, o rodízio na condução do processo de administração.
“Isso significa que temos o mesmo pensamento sobre a renovação. O nome da Perpétua é legítimo, mas defendo que o candidato da Frente seja o escolhido de todos e que apresente o somatório de uma série de capacidades”, ressalta.

Disputa com a oposição
Sibá Machado afirma que nos últimos anos tem se reunido com empresários, lideranças religiosas e comunitária para discutir os problemas de Rio Branco. Ele se considera mais maduro e preparado para a disputa, lembrando que nos últimos anos foi senador e diretor da Usina do Jirau, onde adquiriu uma grande experiência.
Esse é, segundo ele, um fator importante para a disputa de 2012. “Vamos enfrentar não somente uma batalha, mas seremos testados sobre nossa forma de fazer política. Será uma campanha agressiva. Não precisamos apenas vencer a eleição, mas apresentar um novo jeito de governar. Para vencer esse processo, o candidato de muita preparação”, assegura.
Para ele, a oposição fará uma campanha com muitas agressões, tornando o processo mais difícil e exigente para o candidato da Frente Popular. Sibá garante que sua experiência como militante, no Senado, na direção da Usina de Jirau e seu trabalho como deputado federal o habilitam para a disputa.
“Eu estou me preparando muito para esse desafio. Na Câmara Federal tem atuado sempre pensando no desenvolvimento do Acre, olhando para a realidade do nosso país”, conclui.

Transcrito do Jornal A Gazeta

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas