Conecte-se agora

Quadrilha que comercializa vídeos de pornografia infantil estaria aliciando crianças no Terminal Urbano de Rio Branco

Publicado

em

A Polícia Civil investiga uma suposta quadrilha de aliciadores que estariam agindo no Terminal Urbano de Rio Branco. De acordo com os agentes encarregados dos trabalhos, os criminosos estariam aliciando alunos de escolas públicas, que circulam diariamente pelo local, para produzirem vídeos e fotos de pornografia infantil que estariam sendo comercializado nas imediações do terminal. Os envolvidos também estariam vendendo o material para outras cidades.

Segundo denúncia encaminhada ao Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente (Nucria), os supostos criminosos estariam comercializando fotos e vídeos de crianças em atos sexuais. O aliciamento dos jovens estudantes etária acontecendo em horários de pico, quando os alunos se dirigem ao terminal para esperar o ônibus e voltarem a seus bairros. Toda trama, de acordo com a polícia estaria sendo feita por vendedores de CDs e DVDs piratas.

Numa ação conjunta dos agentes do Nucria e da Polícia Militar, no fim da tarde de ontem, foi apreendido vasto material nas imediações do Terminal Urbano de Rio Branco, que pode está ligado diretamente ao crime de pedofilia. Cerca de mil CDs e DVDs piratas foram apreendidos durante operação policial. O material será submetido a uma análise no Instituto de Criminalística, para que seja averiguados indícios de crime de pedofilia.

As investigações estavam ocorrendo sob sigilo, mas a diligência dos agentes nos pequenos comércios próximos ao terminal findou por revelar que mais uma quadrilha de pedófilos estaria  agindo em Rio Branco. Os agentes não divulgam se prenderam alguns dos membros da quadrilha, mas informam que o grupo poderia está agindo há vários meses, aliciando menores para produção de vídeos e fotos eróticas.

O trabalho da polícia vai se intensificar no local, já que o fluxo de crianças e adolescentes não tem como ser controlado no terminal e calçadão. Os agentes do Nucria, alertam aos pais, para  que orientem seus filhos para a ação dos criminosos. As propostas aparentemente inocentes de desconhecidos pode ser o primeiro passo para atos de pedofilia, crime que apesar das constantes prisões, aumenta assustadoramente em Rio Branco.

As informações sobre os criminosos envolvidos nesta modalidade de crime podem ser denunciadas pelo telefone: (68) 3221-4799.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas