Conecte-se agora

Governo de Jorge Viana registra maior desmatamento de florestas; Binho Marques o menor

Publicado

em

Nesta segunda-feira (10), o Acre ganha destaque como segundo Estado no registro de desflorestamento em áreas de proteção ambiental em todo o País, ficando a frente apenas do vizinho Estado de Rondônia.

De acordo com Dados do Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em 2010, a devastação da Reserva Extrativista Chico Mendes (AC) atinge 4,5% e a  da Floresta Nacional do Bom Futuro (RO), 27%. No Juruá, a reserva extrativista Alto Juruá (AC), registrou 18,7 km² de área desmatada.

De acordo com dados do Inpe, foi durante o governo do petista Jorge Viana (de 2003 a 2006) que o Estado registrou o maior desflorestamento com 2.796 km². O segundo lugar é atribuindo ao governo de Orleir Cameli (de 1995 a 1998). Viana também assume a terceira posição no desmatamento.

Leia também:
>>> Osmarino desabafa e pede o fim da política de manejo que tira o seringueiro da floresta

Já outro governo petista, o de Binho Marques que administrou o Estado de 2007 a 2010, registrou a menor devastação das florestas acrianas com 864 km².

O Inpe não possui dados do ano de 1987 quando o Acre foi governado por Flaviano Melo, mas considerando a média de 570 km² de desmatamentos dos três anos divulgados, seu governo poderia atingir 2.280 km², saindo, assim, da quinta para quarta posição no ranking.

Edmilson Alves, de Rio Branco-Ac
[email protected]
Redação de ac24horas

Anúncios


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas