Conecte-se agora

Sessão atípica deixa analistas políticos sem entender nada

Publicado

em

Os jornalistas que fazem a cobertura diária das sessões na Assembleia Legislativa do Acre saíram no início da tarde desta quinta-feira (06) sem entender o posicionamento dos blocos de situação e oposição ao governo. Depois de assistirem o deputado pedetista Walter Prado declarar apoio ao prefeito Dindim [PSDB] de Feijó, ouviram em auto e bom tom, a deputada Antonia Sales [PMDB] manifestar apoio à candidatura de Perpétua Almeida [PCdoB] à prefeitura de Rio Branco.

A salada mista deve ser o prato principal da sobremesa de um almoço patrocinado pela Mesa Diretora para os 24 deputados. Nas últimas sessões, vem sendo difícil conter os ânimos dos deputados que há três semanas debatem Florestania.

A visível falta de conhecimento sobre código florestal vem ocasionando as surpresas nos discursos de oposição e situação nas tangentes criadas para mudar o rumo da prosa. E que prosa! Para apimentar ainda os ânimos e as pressões, o destempero do secretário João Paulo Mastrângelo no meio da floresta do Antimary no início da semana, alimentou a pauta até esta quinta-feira.

O líder do governo, deputado Moisés Diniz, meio sem entender o apoio vindo do Juruá à candidatura de Perpétua, pediu para o rumo do debate voltar a ser centrado nas causas sociais levantadas pelo deputado Rocha, no caso Antimary. A baixa pressão entre os líderes de oposição e situação nos leva a perguntar: o que vai acontece semana que vem?.

De certo mesmo será a resposta de Antonia Sales as provocações feitas pelo deputado Jonas Lima, do PT. Último orador das explicações pessoais, Jonas atacou a colega de parlamento via prefeitura de Cruzeiro do Sul. A discussão entre os dois que por muito pouco não chegou às vias de fato é mais um dever de casa que jornalistas políticos levaram para refletir durante o final de semana. Jonas normalmente entra mudo e sai calado das sessões.

O artigo 138 do Regimento Interno da Casa do Povo, diz que o parlamentar pode utilizar as explicações pessoais para tratar de tema livre. Jonas, embora seja novo no manejo legislativo, aprendeu rápido, foi o último inscrito e disse o que quis sem ter de ouvir resposta. Sobrou para o governador Tião Viana.

– Esse é o desequilíbrio do governador Tião Viana repassado a secretários e aos deputados. Esse cara é louco! – exclamou Antonia se referindo ao deputado Jonas Lima.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
[email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas