Conecte-se agora

Família alega negligência médica durante parto na maternidade de Rio Branco

Publicado

em

A família de Angélica Sena, de 21 anos, nega negligência médica durante procedimento de parto na maternidade Barbara Heliodora, ontem. É o segundo óbito registrado em menos de 15 dias na unidade.

O pai da criança, Francenildo Souza Queiroz, revoltado, afirma que até a chegada de sua esposa a maternidade, estavam todos muito felizes. O pré-natal, segundo a família, atestava que o bebê tinha saúde perfeita. O casal já tinha até escolhido o nome da criança: Gabriel.
Segundo Francenildo, que conversou com a  nossa reportagem, “até o momento ninguém no hospital quer absolutamente nada sobre o assunto. Minha esposa estava no 9º mês de gestação e tudo ia muito bem até a gente chegar a esse hospital maldito. Queremos justiça e que os responsáveis por esse crime sejam punidos na forma da Lei”, disse aos prantos.

A gerente do hospital, Lorena Valenza, disse que o feto já chegou morto ao hospital e que a paciente tinha gravidez de risco. A versão é contestada pela família que pretende reparar danos na Justiça.

Anúncios


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas