Conecte-se agora

Cenário de crise não atrapalha varejo

Publicado

em

O cenário de crise econômica não deve impedir resultados positivos no varejo em 2011. Mesmo com o Produto Interno Bruto (PIB) nacional crescendo 3,5% e a inflação chegando a 6,5%, a expectativa divulgada pela Fecomécio é que o varejo do Recife e Região Metropolitana cresça 5,5% este ano. O que deve garantir esse cenário é o desempenho da economia acima da média nacional graças ao crescimento atenuado do crédito.

De acordo com o levantamento, a maior instabilidade da economia brasileira deve-se ao aumento da crise financeira  internacional, que deve repercutir no comércio no último trimestre deste ano.

A valorização do dólar, que pode fechar o ano cotado em torno de R$ 1,85, deve diminuir a oferta de produtos importados e contribuir para a elevação dos preços internos, provocando queda do salário real.

A diminuição da demana externa também deve reduzir o crescimento do PIB para cerca de 3,5%, além da diminuição do emprego, que acaba por refletir no desempenho das vendas no final do ano. A avaliação também apontou que a taxa básica de juros Selic deve continuar em queda, chegando a 11% ainda este ano. Mas o crescimento do crédito deve ser afetado negativamente por conta do aumento do risco e diminuição das expectativas.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas