Conecte-se agora

Cratera engoliu um caminhão na entrada do Alto Alegre

Publicado

em

As chuvas nem chegaram e os transtornos com crateras já é realidade. Uma cratera na rua Banana, na entrada do bairro Alto Alegre, em Rio Branco, engoliu, literalmente, o caminhão de placa MRK 5097. No momento que nossa reportagem esteve no local, o condutor do veículo havia saído para conseguir uma máquina para retirar o carro do buraco.

Moradores dizem que valas como essa são comuns em todas as ruas. Alto Alegre não recebeu nenhum benefício em 2011

A situação chamou a atenção de moradores próximos ao local e de quem passava pela Avenida AC 10, sentido Rio Branco/Porto Acre. Os curiosos contam que não houve vitimas. O acidente aconteceu no exato momento em que seu Raimundo Silva ia para sua casa. Elerelatou que todas as ruas do bairro Alto Alegre tem buracos abertos.

– Aqui nas esquinas é comum essa situação. Com o mato, o motorista desse caminhão não viu o tamanho do buraco e caiu dentro. Graças a Deus não foi mais grave – comentou Silva.

Em entrevista semana passada à nossa reportagem, o auxiliar da Defesa Civil, George Souza, disse que a Prefeitura tem o monitoramento das ruas da cidade com problemas de risco à população. Segundo o assessor, todos os problemas são identificados e repassados as secretarias municipais para possíveis reparos.

– Essa situação é antiga. Por aqui as ruas do povo prometidas pelo governador Tião ainda não deram o ar da graça – voltou a comentar Silva.

Segundo informações do Centro de Operações Integradas da Policia Militar, ainda na tarde de sábado, o caminhão foi retirado da cratera. Um boletim de ocorrência foi registrado pela Viatura de Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
[email protected]

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas