Conecte-se agora

Mulher é assassinada com dez golpes de terçado por ex-marido

Publicado

em

A senhora Evângela Teles de Souza, 32, residente na Comunidade São Pedro, Ramal Buritirana foi brutalmente assassinada com 10 golpes de terçado, desferidas pelo ex-marido João Tertúlio da Cruz, 42, residente no mesmo endereço da vítima, mas estava separado e morando no mesmo teto. O assassino ainda lesionou um bebê, Vinicius Teles de Souza, de sete meses, filho da vítima com outra pessoa, atingido com um corte na cabeça e a cunhada da vítima Geovana Silva de Souza, 23, que sofreu um corte na mão.

O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (21) e a ocorrência foi atendida por policiais do Comando de Operações Especiais (COE) do 6º Batalhão da Polícia Militar, juntamente com policiais do 2º Pelotão da PM de Rodrigues Alves, comandada pelo sargento PM Evandro, que se deslocaram ao Ramal da Buritirana por volta das 23:30 horas e já encontraram a vítima em óbito.

Segundo as informações colhidas no local vinha acontecendo desentendimentos entre o casal, que apesar de separados, moravam na mesma casa. Não foi mencionado o tipo de atrito que acontecia entre as partes que culminou com o assassinato.

O irmão da vítima, senhor Edilson, avaliou que o crime foi cometido por motivo de ciúmes. “Eles só viviam brigando e se separando. Numa das vezes que se separaram ela teve junto com um cidadão e teve um filho dele. Ele ficou querendo voltar, mas aconselhamos que não daria certo, porque ela já tinha o filho de outro. Mas, assim mesmo ela voltou para ele e continuaram a brigar, não dormiam juntos, diziam que eles não tinham relação e acabou com este crime bárbaro que deixou chocados toda nossa comunidade”, disse.

Segundo Edilson a sua irmã estava dormindo, ele entrou no quarto e acordou-a para assassiná-la.

Os peritos do Instituto de Criminalística fizeram a perícia técnica e constataram que a vítima foi atingida com 10 golpes de terçados em várias partes do corpo. O bebê e a jovem foram socorridos por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Geovana recebeu atendimento no local e foi liberada. Vinicius foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Regional do Juruá e o corte na sua cabeça recebeu três pontos cirúrgicos.

O corpo da vítima foi conduzido ao Instituto Médico Legal para procedimentos e análises e o assassino evadiu-se na floresta da região e não foi mais visto. A selva que circunda a região é uma área muito grande e o acusado conhece bem a região.

Na manhã desta quinta-feira (22) agentes da Polícia Civil prenderam o acusado que estava no centro da cidade, em frente ao Mercado Joãozinho Melo, andando com um mototáxi, quando preso e encaminhado à Delegacia Geral de Polícia para ser lavrado o flagrante.

www.vozdonorte.com.br – Da redação

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas