Conecte-se agora

Corte eleitoral acreana acata denúncia de crime eleitoral contra prefeito Joáis, do PT

Publicado

em

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) recebeu nesta quarta-feira, 21, a denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE), pela prática de crime eleitoral contra o prefeito de Capixaba Joais Santos e o vice-prefeito, Diodato Mustafa, prática nas eleições municipais de 2008.

Segundo o MPE,  Joais e Diodato distribuíram combustível com a exigência do voto dos eleitores beneficiados com a doação. Nos autos estão relacionados depoimentos pessoais de eleitores que receberam o combustível, tendo negociado diretamente com os então candidatos.

O relator do processo é o Juiz Glenn Kelson, que votou pelo arquivamento, acompanhado pelo Juiz Marcelo Bassetto. Os três votos favoráveis a denúncia foram dos juízes José Augusto Fontes, Alexandrina Melo e Eva Evangelista, que votaram pelo recebimento da denúncia.

Também constam na denúncia, assinada pelo procurador regional eleitoral Paulo Henrique Ferreira Brito, depoimentos de eleitores que afirmam terem recebido dinheiro para votar na dupla de candidatos.

Segunda a denúncia do MPE, uma candidata ao cargo de vereadora teria desistido da candidatura e passado a apoiar Joais e Diodato após receber R$ 3 mil. Se forem condenados, os acusados poderão ser cassados e terem os direitos políticos suspensos por 8 anos.

Ray Melo – de Rio Branco-Ac
[email protected]
Redação de ac24horas

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas