Conecte-se agora

Gusmão fala sobre resultados do Enem

Publicado

em

Nesta última semana, o Ministério da Educação (MEC) divulgou o ranking das escolas brasileiras de acordo com os resultados do último Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM), realizado em 2010. Alguns nomes já conhecidos de anos anteriores ocuparam novamente os primeiros lugares da lista. Em Pernambuco, por exemplo, os Colégios de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da rede pública, e Equipe, da rede particular, conquistaram pelo sexto ano seguido, as maiores notas, 707,26 e 705,14 respectivamente. Algumas características em comum podem indicar o diferencial dessas escolas.

Dentre as instituições públicas que obtiveram melhor posição no ranking encontramos os institutos federais, os colégios militares e as escolas técnicas. Todos eles, em geral, apresentam um modelo diferenciado de organização, infraestrutura e um corpo docente mais qualificado e com mais horas de dedicação. Muitos desses professores têm mestrado, doutorado e estão ligados às universidades e, por isso, são mais bem pagos do que os profissionais da rede estadual. Outros fatores que parecem fazer diferença são a forma de ingresso na instituição – via concurso – e o tempo de permanência dos alunos na escola.

Quanto a isso, vale destacar que maioria das escolas que apresentaram maior nota no ENEM funciona em tempo integral. Estar mais tempo no colégio possibilita o planejamento de atividades que estimulam a ampliação do conhecimento e a assimilação dos conteúdos ensinados, além de estreitar o vínculo com os colegas e os professores. Tudo isso visando à preparação do aluno para o mundo, inclusive, profissional.

Em outras palavras, ficar mais tempo na escola não significa necessariamente maior carga horária de Matemática, Português e outras disciplinas clássicas. As horas a mais podem ser destinadas a atividades que desenvolvam outros aspectos do conhecimento: lúdicos, artísticos ou de qualificação, por exemplo. Outras escolas se preocupam em facilitar o aprendizado dos alunos oferecendo atividades que favoreçam a articulação do conteúdo à sua vivência.

Segundo o depoimento do professor e coordenador do Ensino Médio do Equipe, Heron Andrade, primeiro colégio no ranking do Enem das escolas particulares de Pernambuco, os alunos trabalham com jogos e seriados de televisão no Laboratório de Matemática, que ocorre no turno da tarde, para ajudar a desmistificar os assuntos dados em sala de aula. O professor afirma ainda que a união entre a teoria e a prática é fundamental para que o estudante do Ensino Médio não se preocupe apenas com as provas de seleção para a Universidade. É essencial, continua, que o conhecimento aprendido na escola possa ser aplicado no dia a dia. “Aqui, temos como filosofia o conhecimento integrado com o mundo e com a vida. O nosso maior lema é aprender a aprender”, diz.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas