Conecte-se agora

PR sofre debandada geral, Nilson e Helder são os últimos moicanos

Publicado

em

O ex-prefeito de Senador Guiomard, o empresário Celso Ribeiro, anunciou no início da tarde de hoje (16) a sua saída do Partido Republicano. Ribeiro é mais uma liderança que deixa a sigla alegando falta de organização partidária. Em Senador Guiomard, a debandada será geral. Os vereadores Sandrão Cunha e Carlinhos da Eletroacre, eleitos nas últimas eleições esperam a liberação do Tribunal Regional Eleitoral para saírem do partido. Mais de 100 filiados republicanos acompanharam a decisão de Celso Ribeiro na tarde de hoje.

– O partido ficou sem rumo, não sabemos nem que é o atual presidente do PR. Como não decretamos aposentadoria política, vamos procurar quem deseja fazer política partidária com seriedade e compromisso – declarou Ribeiro.

Celso foi prefeito do município de Senador Guiomard de 2005 à 2008. Hoje é um dos principais nomes apontado em pesquisas internas feitas na zona urbana e rural da cidade para a disputa da prefeitura em 2012. O empresário disse que ainda não decidiu seu futuro político.

– Primeiro vamos regularizar nossa filiação partidária, depois discutimos rumos políticos. Senador Guiomard parou no tempo, precisa retomar o ritmo de crescimento, de geração de emprego e renda. Estou satisfeito com a confiança que existe por parte da população ao nosso nome – comentou.

Com a debandada geral em Senador Guiomard, o prefeito Nilson Areal e o deputado estadual Helder Paiva são os últimos moicanos do partido republicano. Como o deputado Helder Paiva já declarou publicamente a sua aposentadoria, o prefeito de Sena Madureira, vai ter que se rebolar para fazer o partido renascer das cinzas.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
[email protected]

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas