Conecte-se agora

Prefeitura de Cruzeiro do Sul inicia terraplanagem para asfaltar mais de 4 quilômetros de ramais

Publicado

em

O trabalho de terraplanagem começou pelo início do Ramal da BR-307, onde será pavimentado 1 quilômetro e 100 metros. No pequeno trecho, estão duas ladeiras que dificultavam a trafegabilidade durante o inverno. Devido aos atoleiros na época chuvosa, caminhões com agricultores faziam longos desvios por conta desse intervalo da estrada.

“Além de beneficiar os produtores rurais, o asfaltamento vai ultrapassar o Club do Sinteac, frequentado pelos servidores da educação e boa parte da população de Cruzeiro do Sul. Os moradores daqui, também estão contentes porque terão melhor condição de levar os filhos a escola e suas propriedades ficam mais valorizadas”, comenta o prefeito em exercício, Mazinho Santiago ao vistoriar a obra.

Os outros 3,2 quilômetros vão ligar a via de acesso do Campus da Ufac com a Comunidade Rural Canela Fina. A pavimentação desse trecho também é estratégica, a estrada do Canela Fina é utilizada por centenas de produtores rurais, dos ramais Badejo de Cima e Badejo de Baixo, além de outras estradas vicinais habitadas por agricultores.

Moradores da Comunidade Canela Fina chegaram a fazer bloqueio na construção da via de acesso à Ufac, construída pelo Deracre, exigindo que a pavimentação chegasse à comunidade, mas não foram ouvidos. “Nós sabemos da luta desses moradores, eu e o prefeito Vagner Sales conhecemos que é uma reivindicação antiga e justa. Com esse trabalho, nós estamos beneficiando algumas das comunidades que mais produzem na nossa zona rural”, diz Santiago.

O valor do investimento na construção desses dois trechos é de apenas R$ 916 mil. Esse recurso faz parte de um convênio com a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), no valor de R$ 2,4 milhões, com o qual também foram adquiridos caminhões, veículos e equipamentos. “Graças a Deus nós temos tido credibilidade para conseguir recursos que já eram dados como perdidos, como esse convênio de 2007. A gente vai executando as obras com dedicação, procurando fazer da melhor maneira possível e as boas informações chegam até as instituições que podem facilitar a vinda dos recursos. Dessa forma, nós temos conseguido realizar um bom trabalho em Cruzeiro do Sul”, diz o prefeito Vagner Sales de Brasília onde está em busca de mais investimentos para Cruzeiro do Sul.

O vice-prefeito, Mazinho Santiago, lembra que a manutenção dos ramais é responsabilidade do Governo do Estado, mesmo assim, a Prefeitura tem feito o que é possível. “Neste verão nós recuperamos os ramais da Boca do Moa, Miritizal ligando a Olivença e Igarapé da Onça. Agora, estamos asfaltando esses trechos. Quando nós falamos que queremos parceria com o governo, não é pra ele mandar dinheiro para Prefeitura, basta cumprir sua parte. O Deracre é um órgão do estado e assim como, recupera ramais em Mâncio Lima e Rodrigues Alves deve fazer a mesma coisa em Cruzeiro do Sul. Não precisa o Deracre estar com suas máquinas na BR-364 porque lá, os trechos estão licitados para as empresas”, finaliza.

Neto Vitalino, de Cruzeiro do Sul

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas