Conecte-se agora

Marketing petista revela provável candidato a prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

Para quem dava como certa a indicação do secretário de Educação, Daniel Zen, como o candidato a sucessão de Angelim, na prefeitura de Rio Branco, pode começar a mudar o foco das apostas. Na manhã desta quinta-feira, 15, aconteceu um fato no mínimo inusitado, para uma parceria que segundo o diretor do Departamento Estadual de Água e Saneamento, Gildo César, já existia desde janeiro deste ano.

A celebração do “casamento do DEAS e o Departamento de Estradas de Rodagem do Acre – Deracre”, como definiu Gildo César o evento, para cooperação técnica no projeto Ruas do Povo, em Rio Branco, depois de mais de oito meses de execução e parceria firmada pode ter sido apenas um artifício para aproximar o provável candidato do PT, da opinião pública, através de uma coletiva com todos os órgãos de comunicação da capital do Acre.

Marcus Alexandre e o diretor do Depasa, Gildo Cesar, assinam um Termo de Cooperação de um projeto que já é executado entre os dois órgãos em todos nos 22 municípios do Estado, dando ênfase aos conhecimentos técnicos de Alexandre, que se mostrou receptivo aos jornalistas como nunca tinha feitos antes. Mostrando os números grandiosos do projeto de Tião Viana (PT), o diretor do Deracre deu todas as senhas de provável candidatura.

Sem a presença de membros da prefeitura de Rio Branco e diante de uma platéia de líderes comunitários e o presidente da União das Associações de Moradores de Rio Branco – Umarb, Gilson Albuquerque, o diretor do Deracre, Marcus Alexandre deu todas as dicas que sua candidatura é fato consumado, junto ao alto claro da Frente Popular, apontando para mais uma candidatura técnica, preterindo os postulantes políticos.

Na tentativa de desviar o foco político da intervenção do governo nas ações que seriam de responsabilidade da prefeitura, Marcus Alexandre explicou que o trabalho do Deracre nessa parceria será na supervisão técnica do Ruas do Povo em Rio Branco. Ele garante que essa supervisão é necessária na capital por ser o local com maior demanda de obras. Mas nem ele e nem Gildo quiseram explicar porque da ausência do prefeito Raimundo Angelim [PT] na solenidade.

A estratégia de marketing de Tião Viana está bem clara e qualquer leigo logo percebe. Ele colocará Marcus Alexandre em contato direto com a população dos bairros, tendo como referência um projeto de apelo público, o que pode funcionar perfeitamente como forma de tornar o nome do desconhecido engenheiro civil, receptivo aos moradores dos bairros da capital. Dessa forma, Viana e Alexandre passarão a conviver com populares, uma vez que será encarregado de observar os aspectos técnicos na execução das obras do projeto Ruas do Povo.

Mesa elegante com Marcus Alexandre, Gildo Cesar e dirigentes sindicais

MINI-PREFEITURA
Com a iniciativa, Tião Viana trabalhará com duas prefeituras e duas frentes diferentes de obras. Uma com a de Angelim, que sofre uma espécie de intervenção branca e a prefeitura paralela comandada pelo Depasa.

De qualquer forma, com toda esta movimentação de hoje, fica evidente o plano de trabalhar o nome de Marcus Alexandre, que pela primeira vez demonstrou animosidade com as câmeras e gravadores de jornalistas. O diretor respondeu a todas as perguntas e apresentou os números do que o projeto Ruas do Povo já fez em Rio Branco, e pretende concluir antes do fim no ano. O gestor acredita no sucesso do alcance da promessa de Tião Viana, que é pavimentar todas as ruas de todas as cidades do Estado, até o final de sua administração. E o PT, claro, acredita em torná-lo simpático e num forte candidato a sucessão de Angelim.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Anúncios


Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas