Conecte-se agora

Falta de local para estacionar revoltou condutores que foram a parada cívica

Publicado

em

Se dentro do espaço reservado, a organização deixou tudo impecável, com um número considerável de banheiros químicos e água gelada gratuita para a população, o ponto negativo da festa da independência na Amadeo Barbosa foi marcado pela falta de estacionamento, questão que revoltou muitos condutores que foram ao local.

O estacionamento do estádio Arena da Floresta e as vias de acesso ao circuito viário Amadeo Barbosa, foram fechados pelo policiamento de trânsito, deixando os motoristas com poucas opções de estacionamento. A Via Chico Mendes ficou lotada de veículos estacionados nos dois sentidos. Muitas pessoas retornaram por não ter onde estacionar.

Segundo o funcionário público, José Eugênio, os organizadores da para cívica teriam interditado o estacionamento do Arena da Floresta, com o pretexto de deixar espaço para as escolas se organizares para entrar na avenida, mas era visível que as escolas não ocupavam todo os espaço, que foi cedido para poucos privilegiadas guardar seus carros com segurança.

“O favorecimento para os grupos de pessoas ligadas aos políticos é notadamente visto em eventos deste tipo. Os espaços públicos são destinados apenas as pessoas apadrinhadas dos políticos dominantes e organizadores dos eventos. Aqui foi mais um exemplo, onde filhinhos de papai usaram e abusaram dos espaços públicos, que foram negados ao cidadão comum”, protestou o comerciante Francisco Nogueira.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas