Conecte-se agora

Deputados e senadores do Acre gastam mais de R$ 1,7 mi de verba indenizatória em 7 meses de mandato

Publicado

em

Jorge Viana (PT) e Flaviano Melo (PMDB) são os campeões de gastos, mesmo acumulando salário de parlamentar e aposentadoria de ex-governador

O eleitor questiona constantemente os gastos de deputados e senadores com verba indenizatória, que apesar das contestações é uma medida considerada legal para o exercício do mandato. A verba que é destinada a cobrir as despesas dos parlamentares chega até a ser considerada normal, mas o abuso do recurso pode ser considerado imoral em alguns casos. Os representantes do Acre, no Senador Federal e Câmara dos

Deputados, juntos, nos primeiros meses da atual
legislatura gastaram R$ 1.704.775,14.

O fator de desequilíbrio ficou por conta dos campeões de gatos nos primeiros sete meses de mandato. O senador Jorge Viana (PT) e o deputado federal Flaviano Melo (PMDB), são os campeões de utilização da verba indenizatória, mesmo acumulando os salários de parlamentar e as aposentadorias de ex-governador. Jorge e Flaviano recebem mensalmente, mais de R$ 50 mil, ao mês, acumulando salário e benefício, mas não foi o suficiente. Viana gastou R$ 118.887,66 e Melo R$ 219.089,60 nos primeiros sete meses de mandato.

Jorge Viana e Flaviano Melo, fazem parte de um grupo seleto, que devem ter ganhado maiores que o teto do funcionalismo público (equivalente a seus próprios salários: R$ 26.723,13). A informação foi publicada pelo jornal “O Globo”, no início do ano. Os campeões de gastos na bancada federal, são ex-governadores que recebem aposentadorias por terem governado o Acre e podem acumulá-las com o salário de congressista. No Acre, o valor da pensão considerada ilegal pelo Superior Tribunal Federal (STF) é de R$ 24.184,00.

Mas a festa com dinheiro público, não é exclusividade de Flaviano Melo e Jorge Viana. Os demais membros da bancada federal do Estado, também se utilizaram da verba destinada para o exercício do mandato. A bancada do batom, formada por Antonia Lúcia (PSC) e Perpétua Almeida (PC do B), seguiram o colega, Flaviano, e ocuparam a segunda e terceira posição entre os deputados que recorreram à verba indenizatória. Antônia Lúcia utilizou R$ 207.179,32 e Perpétua Almeida R$ 202.494,76, em sete meses da atual legislatura.

Na ordem, por gastos, nos últimos sete meses, os demais parlamentares ficaram classificados assim:
Márcio Bittar (PSDB) R$ 175.092,62
Taumaturgo Lima (PT) R$ 181.852,36
Sibá Machado (PT) R$ 164.496,33
Gladson Cameli (PP) R$ 124.138,24
Henrique Afonso (PV) R$ 108.777,98

Todas as informações dos gastos parlamentares estão no portal de transparência do Senado Federal e Câmara dos Deputados. As maiores despesas, segundo as próprias informações dos portais de transparência, grande parte do dinheiro utilizado é com divulgação do mandato.

No Senado, Jorge Viana lidera a lista dos gastadores
Mesmo sendo dono de um benefício no valor de R$ 24.184,00 – o senador Jorge Viana (PT) é o líder dos gastadores de verba indenizatória no Senador Federal. O parlamentar que supera os salários dos ministros do STF recebe mensalmente, mais de R$ 50 mil, se distanciando dos demais trabalhadores que precisam trabalhar exaustivas jornadas para receber ao fim de cada mês, para receber um salário mínimo de R$ 545,00.

Com as vantagens que são concedidas a poucos privilegiados no cenário político nacional, o salário de Jorge Viana, não foi suficiente para cobrir suas despesas nos últimos meses, sendo que o parlamentar foi obrigado a recorrer à verba indenizatória, gastando R$ 118.887,66 – Viana é seguindo pelo senador Sérgio Petecão (PSD), que utilizou R$ 102.974,40 – para subsidiar suas despesas no exercício no mandato.

O terceiro colocado, Aníbal Diniz (PT), suplente do governador Tião Viana (PT), que não é empresário e muito menos aposentado, como os colegas de bancada, não ficou muito atrás, e apesar de não ter ambições, nem popularidade para se reeleger num próximo mandato, também usou a verba indenizatória, começando de forma tímida no primeiro mês, chegou a gastar no mês de julho, a quantia de R$ 22 mil. Nos últimos sete meses, Diniz gastou R$ 99.791,96.

Juntos, os três senadores do Acre usaram a quantia de R$ 321.654,02 – nos sete primeiros meses da atual legislatura.

Ray Melo, da redação de ac24horas – raymelo.ac@gmail.com

 

 

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Brasil

Rio Branco vai ganhar duas lojas da rede de Farmácias do Trabalhador Brasileiro

Publicado

em

Rede ficou famosa por vender produtos de qualidades a preços baixos e oferecer grande variedades de itens com descontos de até 90% em alguns produtos.

Rio Branco vai ganhar, em breve, duas grande lojas da Rede de Farmácias do Trabalhador Brasileiro. A informação é do presidente da Associação Comercial do Acre, Juriulande Aragão, que abre o sorriso quando fala das vantagens que o consumidor terá com a chegada do grupo ao Acre.

“É uma coisa tão boa que as vezes penso que é sonho”, diz ele ao explicar algumas das vantagens da rede. “Além de ter medicamentos a custo baixíssimo, que em muitos casos não chegam a um real, o cliente tem descontos de até 90% em alguns itens”, justifica o motivo da sua satisfação.

O presidente da ACISA não soube precisar a data certa de inauguração da rede no Acre, mas disse que poderá acontecer até o final do ano.

Continuar lendo

Brasil

Chuva inunda e para transito na Avenida Getúlio Vargas

Publicado

em

chuva_in2

Bastou uma rápida chuva na tarde desta quarta-feira, para que parte da Avenida Getúlio Vargas, no trecho em frente a Lua Azul, ficasse totalmente inundada.

A inundação do trecho impediu os motoristas de circulare pela via.  Vários carros ficaram parados no acesso.

Na Avenida Antônio da Rocha Viana também houve trechos alagados.  O transito é lento neste momento nas proximidades do Bradesco, na Avenida Getúlio Vargas.

chuva_in1

 

 

 

Continuar lendo

Brasil

Compra de votos no PT

Publicado

em

Ray Melo, da redação de ac24horas
raymelo.ac@gmail.com

Os candidatos  que concorrem na escolha da nova cúpula do Partido dos Trabalhadores do Acre, que acontece no dia 10 de novembro, estão apreensivos com possíveis manobras que podem resultar na compra de votos no pleito.  

O que suscitou a desconfiança dos petistas do Acre foi a denúncia em nível nacional, de Henrique Fontana, que o número de votantes teria saltado em menos de uma semana, de 184.893 filiados aptos a votar para 780.000.

Pelas regras da eleição petista, só poderão votar na escolha dos novos dirigentes regionais, pessoas filiadas há pelo menos um ano e que estejam em dia com uma contribuição partidária, cujo valor mínimo é de R$ 10 por semestre.

O prazo estipulado para a quitação de débito para ficar apto a votar venceu na última sexta-feira (30). Nos bastidores, alguns candidatos temem que ao exemplo do que aconteceu em nível nacional, o número de votantes seja ampliado.

As chapas concorrentes com a candidatura de Ermício Sena, que tem a simpatia dos cardeais petistas do Acre estão se mobilizando para impedir o pagamento coletivo de contribuição o que deixaria filiados em atraso aptos a votar.

No plano nacional a prática foi justificada como “uma mobilização muito grande no país”, em dois dias. De acordo com a denúncia do petista Henrique Fontana, “Uma pessoa pagou para todo mundo e isso é voto de cabresto”, afirmou.

A reportagem procurou alguns candidatos que concorrem ao diretório regional do PT no Acre, para saber seus posicionamentos sobre uma possível regularização de última hora de filiados para a votação no Acre.

Um candidato confirmou as suspeitas, mas pediu que seu nome não fosse citado na matéria. Apesar da desconfiança de manobras para favorecer a candidatura apoiada pelos cardeais petistas, os postulantes temem retaliações.

Quatro chapas se inscreveram para o Processo de Eleições Direta 2013, do Partido dos Trabalhadores.  A Democracia Radical, Democracia Socialista, PT Para Todos e Articulação.

Os deputados federais Sibá Machado (Articulação e ArtSind), Taumaturgo Lima (Democracia Socialista e Esquerda Popular Socialista) e Ermício Sena (Democracia Radical e Movimento PT Para Todos).  pleiteiam a presidência do PT.

 

 

 

Continuar lendo

Brasil

Sgt. Cleiton morreu

Publicado

em

pm_1O sargento da Polícia Militar Cleiton Aquino morreu no início da noite desta quinta-feira (5), no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), onde foi submetido a uma cirurgia após ter sido baleado durante uma tentativa de assalto à loja City Lar na manhã de hoje, na capital.

O policial estava na loja no momento em que um jovem, que usava uniforme escolar, entrou e anunciou o assalto. Houve troca de tiros, e Cleiton Aquino foi ferido no abdômen. O assaltante morreu no local.

Mais cedo, nas redes sociais, Maria Rosária Aquino, tia do PM, havia informado que o estado de saúde do policial era bastante delicado, pois vários órgãos tinham sido atingidos.

Da redação ac24horas
Rio Branco-AC

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas