Conecte-se agora

Antonia Lúcia pede assistência gratuita de saúde a servidores do extinto Território do Acre

Publicado

em

Durante audiência da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados (CAINDR), a deputada Antônia Lúcia (PSC-AC), apresentou requerimento, onde pede direito à assistência gratuita de saúde, para os servidores públicos do extinto Território do Acre, além dos policiais militares do Estado do Acre.

A parlamentar acreana presidiu a audiência pública, na Caindr, que debateu o tema com deputados de outros estados e autoridades federais, convidadas por Antônia Lúcia. O direito a assistência a saúde, para os servidores públicos federais e policiais militares dos extintos Territórios Federais do Amapá, Rondônia, Roraima e Acre, suscitará um amplo debate.

Antonia Lúcia apresentou um novo requerimento, mas totalmente voltado para o Estado do Acre, onde segundo ela, os servidores públicos do Território do Acre, foram esquecidos pelas autoridades federais, desde que passou a categoria de estado. “Precisamos tratar com respeito, as pessoas que construíram a história do Acre”, afirma a deputada.

Segundo Antônia Lúcia, os servidores do antigo Território do Acre estão esquecidos e precisam de apoio. “São pessoas idosas, e a grande maioria precisa de cuidados médicos e tratamento. Portanto, estamos convidando uma comissão de representantes destes servidores, que  comparecerão a audiência pública, em data a ser agendada pela Caindr”, diz a parlamentar.

O evento contará com as presenças do Secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva; o Diretor do Departamento de Saúde, Previdência e Benefícios do Servidor, Sergio Martins; o subsecretário de Planejamento, Orçamento e Gestão do Ministério da Fazenda, Alexandre Ribeiro; o Consultor Jurídico do Ministério do Planejamento Guilherme Estrada.

Do Estado do Acre, a deputada solicitou ainda, as presenças do comandante da Polícia Militar do Acre, José dos Reis Anastácio; Adelson Ferreira da Cruz, Presidente da Associação dos ex-funcionários da Policia Civil do extinto Território Federal do Acre e a médica Euracir de Souza Bonner, Diretora Regional da Unimed, do Acre.

A Unimed poderá ser a empresa contratada para proceder ao atendimento médico e fazer os encaminhamentos necessários para atender os ex-servidores do extinto Território do Acre, e prestar assistência psicológica e psiquiátrica a todos os servidores e policiais militares, qualificados como funcionários federais, após o Acre passar a categoria de Estado.

Ray Melo, da redação de ac24horas – [email protected]

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas