Conecte-se conosco

Cidades

Luiz Gonzaga denuncia multa abusiva aplicada pela Ageac em taxista de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

O deputado Luiz Gonzaga (PSDB) denunciou na manhã desta terça-feira (12), “a truculência dos agentes da Agência Reguladora dos Serviços Púbicos do Estado do Acre (AGEAC)”, que de acordo com ele, “vai em Cruzeiro do Sul uma vez por ano e chegar lá, encontra um taxista trabalhado, um cidadão que vai fazer uma viagem de Cruzeiro do Sul para o Croa e é multado em R$ 2,3 mil”.

Segundo o parlamentar, a Ageac estaria agindo de forma truculenta e descabida com “um profissional que está trabalhando para manter sua famílias, paga a parcela do carro que na maioria é financiado e vem sendo perseguido de forma implacável. Até para o cidadão trabalhar, esse governo do PT dificulta. Isso é um absurdo, a forma com que estão fiscalizando quem trabalha honestamente”.

Gonzaga informa que a Ageac exige que o taxistas faça um contrato para transportar passageiros fora do perímetro urbano do município. Para o taxistas fazer uma viagem para qualquer lugar que seja fora do perímetro urbano tem que fazer um contrata de prestação de serviço. Isso é um absurdo. Essa situação só prejudica os pais de família que lutam pelo sustento”, enfatiza.

Para o parlamentar, “ao invés de ajudar quem está trabalhando e produzindo, eles fazem é atrapalhar. Por que não mandam policiais para combater a criminalidade que assusta e população e mantém o cidadão preso? Esse governo penaliza o trabalhador. Penaliza a classe trabalhadora e favorece a criminalidade que domina nosso Estado. Portanto, fora PT”, finaliza Luiz Gonzaga.

Continuar lendo

Acre

Jenilson representará o AC em seminário sobre a construção da ferrovia

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite ( PCdoB) representará o estado do Acre no seminário sobre a construção da Ferrovia Bioceânica para o Peru e o Brasil, sediado pela BJTU (Beijing Jiaotong University), em Pequim, na China. O evento que terá duração de quinze dias, e será patrocinado pelo Ministério do Comércio da República Popular da China, custeará passagens a hospedagens dos participantes.

O seminário contará com 25 participantes dos dois países que receberão o empreendimento financiado pelo Governo Chinês. Além do curso de formação sobre infraestrutura ferroviária, sistema de gestão ferroviária, eles serão levados à cidade de Xangai Qingdao e outros lugares no país asiático para conhecer a cultura e a história das grandes mudanças desde o início da reforma e da abertura da China para o capital.

O acordo para a construção da Ferrovia Bioceânica ou Transconinental (Brasil-Peru) foi assinado em 2008, sendo que o estudo de viabilidade técnica custou cinquenta milhões de dólares custeados pela China, que propôs o ambicioso projeto. A projeção de gasto para tirar o projeto do papel é de 200 bilhões de reais.

A ferrovia terá 4,9 mil km de distancia. A extensão do trecho peruano será de 1,6 mil km e o brasileiro, quase 3,3 mil km. Ela se inicia em Campinorte (GO), passando pelo Mato Grosso, Rondônia e Acre, até chegar à fronteira peruana, cruzando a Amazônia e os Andes até o porto, na costa do Pacífico.

Segundo o projeto, no Acre, a ferrovia ligará Rio Branco (capital) à cidade de Cruzeiro do Sul. Caso a ideia se concretize, o mapa econômico do país no tocante a saída e entrada de produto mudarão completamente. Isso, porque, a maioria das cargas que saem e entram no Brasil são a partir do Porto de Santos (SP) e Porto Paraguaçu, na cidade de Foz do Iguaçu (PR), gerando grande fluxo de capital oriundos dos impostos. A mudança não será apenas na movimentação das exportações e importações, mas também na economia para os estados da Amazônia, principalmente para o Acre que sai da condição de isolado.

A concretização desse projeto poderá auxiliar o Estado em relação ao transporte de passageiros. Uma vez a manutenção de trafegabilidade da BR-364 não é certeza. Pois o solo e as condições climáticas não favorecem a construção de rodovia na região.

Para o deputado Jenilson Leite, o seminário é um momento importante para se conhecer como na prática funcionam as ferrovias construídas pela China. “A China tem feito as maiores construção na área de ferrovia, como, por exemplo, o trem-bala que foi inaugurado recentemente pelo país. E participar desse seminário é uma oportunidade ainda que distante, de olharmos para o futuro do Acre com esperança “. Em relação aos benefícios que o Estado poderá usufruir, o deputado destaca que podemos sair de uma economia que movimenta milhões de impostos para à casa dos bilhões, assim como acontece com os estados da região Sul e Sudeste.

Continuar lendo

Cidades

Tucano Dr. Betinho vai ter que devolver R$ 20 milhões aos cofres de Assis Brasil

Publicado

em

O ex-prefeito de Assis Brasil, Humberto Filho– o Dr. Betinho-, do PR, foi condenado a devolver aos cofres públicos da cidade, a quantia de R$ 20,4 milhões, mais juros e correção. A decisão é do pleno do Tribunal de Contas do Acre (TCE/AC), que deu prazo de 30 dias para a devolução dos valores.

Segundo Acórdão assinado pelos membros da Corte de Contas acreana, Betinho deixou de apresentar a prestação de contas anual no ano de 2015, o que, agora, está lhe causando muita dor de cabeça. Se não obedecer o prazo estabelecido pelo órgão, o ex-prefeito poderá ser processado junto ao Judiciário.

Procurado, Betinho não foi encontrado. O telefone para o qual ligou a reportagem do ac24horas não estava disponível para receber chamadas na manhã desta segunda-feira, dia 18. Mesmo assim, o espaço para os esclarecimentos e defesa continua aberto. O Ministério Público Estadual (MPE) já foi comunicado do caso.

Uma das ações propostas pelo TCE/AC, sempre que há esse tipo de encaminhamento, é o bloqueio dos bens e de contas bancárias, o que viabiliza o pagamento da dívida junto ao poder público. Betinho, caso deposite o dinheiro na conta da Prefeitura da cidade, deverá informar, oficialmente, à Câmara Municipal, como orientam os membros do Tribunal de Contas.

Continuar lendo

Cidades

Teto desaba e assusta pacientes do HC no Acre

Publicado

em

Neste domingo, dia 17, parte do telhado de uma das enfermarias do Hospital das Clínicas, em Rio Branco, desabou e assustou os pacientes que estavam nos quartos próximos ao incidente. Ninguém ficou ferido, mas o fato repercutiu fortemente nas redes sociais durante o final de semana.

Segundo apurou ac24horas, no momento em que o teto cedeu, pelo menos três pacientes estavam nos leitos do quarto. Com o episódio, os acompanhantes ajudaram os pacientes a sair do quarto e pedir ajuda. Rapidamente, os servidores do hospital tentaram isolar o local para evitar registros.

A Direção do Hospital das Clínicas informou que nenhum dos pacientes ficou ferido. Além disso, as tratativas necessárias á correção do dano já estão sendo tomadas, além do laudo do Corpo de Bombeiros, que já está sendo preparado e brevemente será entregue à unidade hospitalar.

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.