Rio Branco, Acre, 12 de agosto de 2017

Repórter do Fantástico, da Rede Globo, deve entrevistar Bruno Borges em Rio Branco

Da redação ac24horas 12/08/2017 18:14:45

A família de Bruno Borges não deu entrevista a nenhum veículo de imprensa local desde o desaparecimento do jovem estudante. Apenas uma equipe do programa Fantástico conseguiu falar com amigos e familiares de Bruno. Quem conduziu a matéria foi o repórter da Rede Amazônica Acre, Jefson Dourando, que à época comandava o jornalismo da afiliada.

Desde a manhã de sexta-feira, dia 11, quando Bruno resolveu voltar para o átrio de casa, os rumores são semelhantes: apenas a Globo vai conversar com o jovem que, até agora, não foi visto por ninguém senão um dos amigos e os próprios familiares. Foi até tirado de casa para evitar exposição pública e desgaste da imagem dele.

Segundo apurou o ac24horas, os jornalistas da Rede Amazônica Acre (TV Acre) ficaram surpresos ao receber um telefonema dando conta que um repórter da rede de tevê carioca estaria sendo destacado para assumir os trabalhos em solo acreano. Isso implica, claro, em dizer que nenhum repórter da afiliada global no Acre vai entrevistar o rapaz.

A pergunta é: será que Bruno Borges só falará aos veículos de grande alcance, ou vai explicar os motivos pelos quais ele resolveu voltar e tomar de volta o lugar que era seu em casa? Aliás, depois de a própria família tornar pública a história de Bruno, por que não querem conversar com a imprensa?

Desaparecimento x Rendimento

Bruno Borges supostamente não teria dado notícia desde 27 de março, quando desapareceu e deixou a família com os nervos à flor da pele. O amigo dele, Marcelo Ferreira, de 25 anos, acabou preso por ter testemunhado falsamente à polícia enquanto o sumiço do amigo ainda era uma incógnita às autoridades investigativas.

O primeiro livro de Bruno Borges, que renderia, segundo a polícia, lucro para ele e o amigo Marcelo, já foi lançado – é o primeiro da série TAC – Teoria da Absorção do Conhecimento. Em poucos dias, rendeu o primeiro lugar no ranking dos mais procurados e, antes mesmo do lançamento oficial, já estava com mais de 14 mil exemplares reservados.

Na série, Borges revela uma metodologia capaz de potencializar a absorção e a criação de novos conhecimentos. O acreano também propõe uma série de práticas e mecanismos que podem levar o indivíduo a multiplicar seus conhecimentos. O livro tem uma visão dialética clássica, porém, propõe uma metodologia completamente inovadora na forma de explicá-la.


[yottie id="1"]


Veja Também


Ac24Horas – Portal de notícias do Acre

Repórter do Fantástico, da Rede Globo, deve entrevistar Bruno Borges em Rio Branco