Rio Branco, Acre, 19 de julho de 2017

Limpar prateleiras faz bem. As de casa e as da alma!

Charlene Carvalho 19/07/2017 08:40:57

Uma série de circunstâncias tem me levado a um permanente processo de mudanças.  Já mudei de tudo um pouco. De trabalho, de cabelo, de ambientes, de forma de pensar e agir em determinados momentos e, por incrível que pareça, ando mais calma e menos barulhenta na hora de dizer o que penso. Tenho refeito o corpo, a alma e o espírito. Arrumado minhas gavetas espirituais e até intelectuais. Já não leio qualquer coisa. Não assisto qualquer filme ou programa de TV. Me dou ao prazer de fazer escolhas. Elas têm seu preço, obviamente, mas vale a pena. Ah, se vale!!

Daí que ontem, depois de um pequeno problema elétrico que de pequeno não tem nada, casa bagunçada, saí a tirar a poeira do chão. Poeira não me faz bem. Melhor manda-la embora. Fui limpando, limpando e, pah! Tomei coragem para fazer uma limpeza há muito adiada, na pequena biblioteca de livros físicos que ainda possuo. Não é a primeira vez que pratico o desapego de livros. Aqui em casa esse desapego é constante. Minha irmã mesmo fez isso recentemente. Acho que me espelhei nela.

Confesso: duas prateleiras eu sequer olhei. São imexíveis, inegociáveis.  Guardam verdadeiros tesouros: minhas bíblias – sim, tenho várias e nem a metade do que gostaria de ter – e os livros sobre judaísmo, fé, cultura cristã, Nilton Bonder – já pensou Raquel Eline, minha pessoa vivendo sem “Tirando os Sapatos” ou “O Segredo Judaico da Resolução dos Problemas?  E os livros da Editora Sêfer, tipo a “ A Ética do Sinai”, como se desfaz Mirla Regina? Não tem como. Não, esses ficam.

Um adendo: percebi minha pobreza sobre o Oriente Médio. Preciso avançar mais nessa área, embora tenha lido muito a respeito nos últimos cinco anos.

Pois bem…

Na hora de escolher o que colocar na caixa “do vai pra doação ou pro desapego”, precisei ser racional. E se tem uma coisa que não sou é racional. Mas rapidamente – aprendi a negociar no balcão “do lojinha”, Rachel Moreira!!! – tomei uma decisão: deixaria alguns clássicos do jornalismo  com edições esgotadas, meus livros de história do Acre, os de poesia remanescentes, todos que consegui comprar de Khalil Gibran, as três novas edições de Hemingway e Hannah Arendt, os dicionários de Política e Filosofia dos tempos da faculdade, alguns livros de culinária,  as edições comentadas – por mim – do Pequeno Príncipe, os dois livros do Toinho Alves – sabe Deus quando ele vai completar a coleção – o mini dicionário francês-português e “A Parisiense” de Inês de La Fressange, porque sou dessas.

Foram embora todos, todos os livros da Danusa Leão (doeu!), uma versão de bolso de Orgulho e Preconceito e até o livro de receitas da Isabel Allende (tô pensando em trazer de volta, por Deus que está no céu!!), só para citar alguns. No fim das contas desapeguei de mais de 40 livros. Muita coisa para quem já teve uma casa cheia como eu e há mais de três anos fez opção preferencial por comprar e-books.

Ainda me falta arrumar o guarda-roupa. Todo ano faço uma arrumação e retiro os excessos. Quer dizer, deixa eu contar a verdade pra vocês que mentir é feio e é pecado: eu só ajudo na arrumação. Quem faz o limpa mesmo é minha amiga Shirlei Gusmão. Ela é expert nessa arte, profissional do vera. Eu até tento ficar com uma roupa que não uso, mas ela não deixa. O nó é que a Shirlei tá com um problema no braço.  Enquanto ela se recupera, vou tentar pelo menos dar uma disfarçada na bagunça para animar D. Marlene, minha mãe, afinal, depois de tantos anos arrumando as ideias, a bagunça real tá começando a incomodar.

E, leitor, estou te contando isso como incentivo. Faça uma arrumação na sua bagunça física e emocional. Limpe as gavetas do quarto, retire o que não usa mais. Doe, pratique o desapago. Aproveite para limpar as gavetas da alma. Essa é a melhor parte do processo. Tira de lá a mágoa, a dor, o rancor, a raiva reprimida, as palavras não ditas que ficaram presa na garganta. Liberte-se do que não te faz bem. É de grátis e não precisa de um treinador que vai te cobrar um rim pelo serviço. No fim, mesmo cansada e com sinais de alergia pelo corpo por causa da poeira, me senti bem pelas escolhas que fiz. Na biblioteca e na vida.

É isso…

Te desejo sorte na caminhada!!!

Bom dia, boa tarde, boa noite e boa friagem!!!

Parece Paris, mas é só o Moisés Alencastro e a Márcia Moreira dando pinta nas ruas de Rio Branco. Ambos trabalhados nos modelitos de inverno para aproveitar a friagem. O registro é da Nena Mubarac

Happy Day
O empresário Narciso Mendes comemorou, ontem, 70 anos de vida ao lado da esposa, Célia Mendes, dos filhos e netos. Narciso é polêmico, mas é uma das pessoas mais inteligentes que conheço. Admiro seu raciocínio lógico, perspicácia e, acima de tudo, sua voracidade como leitor.

Friends
Colunista e produtor de moda Nonato Vianna também fez aniversário ontem. E não faltaram amigos para comemorar a data em grande estilo. Nonato é um querido e merece todo o carinho do mundo.

Quem faz aniversário hoje é a empresária Polyana Costa, na foto com a família. Discreta, vai comemorar a data com amigos

Mapa Mental
Boa dica para quem gosta de potencializar o aprendizado e a memória é participar, no próximo dia 29, do curso de Mind Mapping (mapa mental) que será realizado pela manhã e tarde, no auditório da OAB-Acre. O palestrante será o médico Dr. Tadeo Feijão, maior referência no Brasil em Mapas Mentais, com 17 anos de experiência. Inscrições e informações no endereço https://mapamentalacre.wixsite.com/mapamentalacre ou pelos telefones (68) 98413-2863, 99959-2225 e 99979-1415 (Whatsapp).

A dica é da Jackie Pinheiro.

Risos mil
Empresário Rizomar Araújo troca de idade amanhã e vai reunir alguns amigos para comemorar a data. Rizo é o dono do sorriso mais incrível que conheço. Toda a felicidade que houver nessa vida é o que te desejo, Rizo!!!

Eted
Minha boa amiga de Escola Noturna de Missões Lia Paixão, já está na Base Jocum de Pernambuco onde fará a Escola de Treinamento e Discipulado (ETED). Daqui estamos todos torcendo para que esse seja um tempo de grande crescimento, Lia. Força!!

Retrato da bela Cláudia Vasconcelos, filha da jornalista Jane Vasconcelos e que, graças a convivência, se tornou amiga das amigas da mãe. Ô menina bonita!!!!

Formatura
Falando em Eted, amanhã é dia de formatura da turma 2017 da Base Jocum – Rio Branco, a partir das 19h. Os cultos de formatura são sempre uma ocasião especial e esse ano não será diferente.  Parabéns turma por mais esta importante etapa da formação missionária.

Unhas em dia
Não tem coisa melhor que fazer a unha em um ambiente agradável e com bom atendimento. O da Nara, no Boteco da Unha é impecável. E o legal é que lá tem esmaltes para quem tem problemas com alergia e você não paga mais caro por isso. Uma ótima dica!

Hambúrguer
Os hambúrgueres já não me pertencem mais e isso é lamentável. Ainda bem que na sexta passada pude saborear o melhor hambúrguer de costela da vida, antes de receber o sinal vermelho da nutricionista (e que o Rinauro Santos não leia esta nota, for God). A receita e o tempero do Tyago Campelo é de cair o queixo. Sério é muito, muito bom. Vale a pena experimentar. Se você conseguir vaga na agenda dele, claro.

Qualidade
Impressiona como o hambúrguer de costela que o Tyago Campelo faz não tem excesso de gordura. E as guarnições, acredite, são bem saudáveis. Difícil comer só um. E que conste nos autos: só comi um. Já o Paulo Sampaio Jr., que é todo fitness, comeu dois e ainda queria mais.

Tyago Campelo, pastor, missionário, amigo de todas as horas e máster chef quando o assunto é preparação de hambúrguer

Café e promoção
Hoje a Shalu Lisboa comemora um ano de sucesso de sua cafeteria na Galeria Galvez. E os clientes vão ganhar um belo presente com descontos especiais em todo o cardápio. Mais e mais sucessos pra ti, Shalu!!!


[yottie id="1"]


Veja Também


Ac24Horas – Portal de notícias do Acre

Limpar prateleiras faz bem. As de casa e as da alma!