Ac24Horas - Portal de notícias do Acre

Rio Branco, Acre, 17 de julho de 2017

Preso que morreu no presídio teve traumatismo craniano, diz Instituto Médico Legal do Acre

Da redação ac24horas 17/07/2017 11:26:22

Erivaldo Ferreira Bento, de 38 anos, detento que morreu dentro da unidade Francisco de Oliveira Conde (Foc), na madrugada de domingo (16), teve traumatismo craniano e foi vítima de um provável espancamento, confirma o laudo preliminar do Instituto Médico Legal (IML). A informação também foi confirmada pelo diretor do Iapen, Martin Hassel.

Segundo o informado por Hassel, o reeducando compartilhava a cela no pavilhão “G” da unidade com outras 12 pessoas e todas foram encaminhadas a delegacia para prestar os devidos esclarecimentos sobre a morte e identificar quem de fato participou do crime.

O corpo só foi encontrado pelos agentes penitenciários por volta das 3h aparentemente sem vida. Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), ainda foi acionada, mas só puderam atestar o óbito

“A princípio a assessoria do Instituto Administração Penitenciaria (Iapen), emitiu uma nota informando que o preso havia sido vítima de uma possível overdose, baseado no relatado pelos companheiros de cela, na pressa de informar, mas, precisavamos esperar o resultado do laudo do Instituto Médico Legal (IML), que constatou traumatismo craniano, provavelmente resultante de um espancamento. Todos foram levados para a Delegacia e trabalhamos para descobrir a autoria da morte. Nos informamos a família e estamos prestando toda a assistência possível”, disse Martin Hassel




Veja Também