Ac24Horas - Portal de notícias do Acre

Rio Branco, Acre, 17 de julho de 2017

Armas apreendidas pela PM em confronto que resultou em morte eram usadas em assaltos

Da redação ac24horas 17/07/2017 13:20:21

Uma metralhadora de fabricação israelense 9 milímetros, uma espingarda de repetição calibre 12 e um revólver calibre 38 apreendidos durante confronto com de suspeitos com a Polícia Militar no bairro Caladinho, região do Bairro Tancredo Neves, eram usadas para crimes de assalto e crimes contra a vida, disse o delegado Rêmulo Diniz, responsável pelas investigações.

O delegado informou que no final de semana, foram registradas ocorrências na região do Tancredo Neves, em que rajadas de disparos semelhantes ao de metralhadora foram ouvidos por populares do bairro. Casas chegaram a ser alvejadas e cápsulas calibre 9 milímetros foram coletadas nos locais, possivelmente as usadas na metralhadora apreendida durante a ação dos militares. Uma pessoa ficou ferida resultante dos disparos, porém, não foi constatado nenhum óbito.

No domingo (16), antes da perseguição que resultou na morte do suspeito, Antônio Walyfe Oliveira, os suspeitos que usavam um veículo roubado, haviam cometido um assalto no mesmo bairro e a vítima foi quem teria acionado a polícia.

“Eles usavam um veículo roubado para praticar assaltos e cometer crimes contra seus desafetos. As armas utilizadas para os crimes foram as mesmas apreendidas durante a ação da Polícia Militar. Um estava em posse de uma metralhadora e morreu durante a perseguição com a polícia, outro ficou ferido mas, conseguiu se evadir com os outros dois se embrenhando em um local de difícil acesso. Nos trabalhamos agora para encontrar os fugitivos”, informou Remulo Diniz.




Veja Também