Rio Branco, Acre, 8 de junho de 2017

Flaviano Melo garante que entregou mais casas que o atual Governo do PT

Nelson Liano Jr. 08/06/2017 15:21:52

Recebi uma mensagem do deputado federal Flaviano Melo (PMDB) a respeito da polêmica sobre a entrega de casas populares no Acre pela atual gestão petista. O parlamentar foi governador do Estado entre 1987 e 1990, nesse período de três anos e dois meses, afirma ter entregue 5.597 unidades residenciais enquanto em sete anos o Governo do PT entregou 3.131. Flaviano disse o seguinte:
“Em 3 anos e dois meses à frente do Governo do Estado, quando o Orçamento Público Federal do Acre era muito inferior aos atuais R$ 3,5 trilhões, entregamos
5.597 unidades habitacionais registrados na história de Rio Branco. Manoel Julião com suas 1.472 unidades, Xavier Maia, Adalberto Sena, Rui Lino e Universitários somando 4.297 residências construídas pela COHAB. Mais ainda, os conjuntos Vila Betel, LBA, Mauro Bittar e Novo Horizonte com 1.300 casas que doamos às famílias de baixa renda. Foram, portanto, 5.597 casas entregues em 3 anos e 2 meses. É inadmissível que um governo há 7 anos no poder prometa 10 mil casas e entregue somente 3.131. Não se trata somente de incompetência, mas, principalmente, de uma gigantesca propaganda enganosa,” afirmou Flaviano.

Mistério no ar
Uma fonte me garantiu que, em breve, a CPI da SEAB, que investiga a entrega irregular de casas populares no Acre, terá uma bomba. Informações que poderão comprometer pessoas importantes da política acreana. Aguardemos. Espero não ser um traque.

Questão de foco
O deputado federal Alan Rick, em breve no DEM, deveria ter mais foco no seu mandato. Perder tempo num encontro com o ministro da educação, Mendonça Filho, para falar de livros inapropriados me parece absurdo. Tantos assuntos mais importantes referentes à educação no Acre a serem resolvidos. Aliás, o quê são mesmo livros inapropriados?

De boas intenções…
Na minha avaliação Alan tem feito um mandato produtivo. Mas deveria deixar de lado essas questões que envolvem a religiosidade. A fé de cada um é algo de foro íntimo. O quê parece errado pra um pode ser o certo para o outro.

Santo de Casa…
O senador Jorge Viana (PT) postou nas redes sociais textos mostrando a sua preocupação com a questão climática do Planeta. Está correto, mas deveria começar a agir pelo Acre. Afinal, uma área de quase 200 mil hectares de florestas virgens foi liberada para a exploração madeireira por uma empresa portuguesa às margens do Purus, em Manoel Urbano (AC).

…não faz milagres
O projeto foi autorizado e incentivado pelo governo do seu irmão Tião Viana (PT). Ainda que digam que se trata de manejo florestal é preciso que haja uma fiscalização rigorosa. Os efeitos para o regime de chuvas e o clima no Acre da perda dessa floresta, ainda que gradual, poderão ser desastrosos num futuro próximo.

Questão de lógica
Os vereadores de Cruzeiro do Sul que votaram a favor da autorização para o prefeito Ilderlei Cordeiro (PMDB) vender um prédio público deveriam ter refletido mais. Antes votariam em algum projeto do executivo com um projeto concreto para utilização do dinheiro da venda. Só depois aprovariam a transação. A maneira como isso aconteceu ficou “estranha”.

Olha aí
Recebi a informação que a deputada federal Jéssica Sales (PMDB) colocou uma emenda para reformar a atual rodoviária de Cruzeiro do Sul. O local é excelente e pode servir bem à população com uma revitalização. Mesmo porque enquanto a BR 364 está intrafegável não são tantos ônibus intermunicipais assim em Cruzeiro do Sul.

Voz da imprensa
A jornalista Vânia Pinheiro está entusiasmada com o PTB. Ela aceitou a missão da Executiva Nacional de ser candidata a deputada federal pela legenda em 2018. Vânia que já foi vice-prefeita de Sena Madureira fará dobradinha com a candidata a estadual Charlene Lima (PTB).

Parceria forte
Vânia é muito ligada politicamente ao pré-candidato a senador Márcio Bittar (PSDB). Ela está articulando chapas fortes para estadual e federal com candidaturas também de outros partidos aliados. Vânia e Charlene prometem fazer muito barulho no Estado na pré-campanha. As duas já estão com o pé na estrada.

Fila de pedidos
Um parlamentar da ALEAC me revelou que nessas épocas que antecedem as Festas Juninas os gabinetes dos deputados estaduais ficam cheios. Pessoas de bairros da Capital e municípios do interior pedindo doações para os arraiais. E assim a política do Acre segue…

Votos baratos
Não é preciso muito para alguns eleitores venderem seus votos. Um agrado pequeno e uma promessa futura de emprego e pronto, já escolheram o melhor candidato do mundo. Depois reclamam com os problemas na segurança, na saúde e na educação.

Político articulado
O presidente da ALEAC, Ney Amorim (PT) recebeu com toda a pompa os vereadores de Porto Acre na Casa. Segundo os visitantes a situação de segurança pública no município está um terror. Insegurança total para os moradores saírem de casa à noite.

Mais terror
Uma outra fonte de Sena Madureira me revelou que em alguns bairros da periferia existe o famoso “toque de recolher”. Os bandos das facções criminosas estão determinado até que horas as pessoas podem ficar na rua e voltar para casa.

Não é diferente
Em Cruzeiro do Sul a situação também está feia. Esses grupos ligados ao tráfico têm agido nos bairros da cidade gerando uma sensação de insegurança. A paz e tranquilidade do Acre se perdeu pela lucratividade da venda de drogas.


[yottie id="1"]


Veja Também


Ac24Horas – Portal de notícias do Acre

Flaviano Melo garante que entregou mais casas que o atual Governo do PT