Ac24Horas - Portal de notícias do Acre

Rio Branco, Acre, 18 de maio de 2017

O petismo pode ser uma doença : Globo, PF e MPF não são mais golpistas

Marcos Venicios, do ac24horas 18/05/2017 11:19:19

Eu sempre disse e digo: o Petismo pode ser uma doença que a Organização Mundial de Saúde ainda não classificou ou catalogou. Nas últimas 24 horas, como se tivessem encontrado uma cura, petistas, militantes e uma renca de gente mudou de opinião em relação a Operação Lava Jato, Polícia Federal e Ministério Público.

De uma hora para outra investigadores e procuradores passaram a ser imparciais quando decidiram fechar o cerco para cima do senador Aécio Neves (PSDB) e o presidente da república Michel Temer (PMDB). A Rede Globo, a Veja e a Folha de São Paulo e outros passaram ser os veículos de comunicação mais estimados pela patota vermelha.  O jornalista Lauro Jardim, responsável por estourar a “bomba atômica” em Brasília passou a ser ícone jornalismo sério.

Vasculhando o facebook, vi os senadores petistas Linderberg Farias e Gleisi Hoffman afirmando: “o governo Temer acabou”. Eu concordo com a opinião deles, mas o interessante disso tudo é o fato deles estarem  fazendo propaganda dos principais jornais que eles acusam de serem golpistas e imparciais, pedindo para que seus milhares de seguidores lessem as manchetes.

Enfatizo, Temer tem que ser devidamente punido e Aécio Neves deve sentir na pele o que seus adversários políticos sentiram quando ele passou os últimos anos se considerando o pai da moralidade. Alías, desconfio seriamente de quem vive arrotando ser defensor da moral e dos bons costumes. Sugiro que os leitores desconfiem também. Não existe ninguém acima da lei e o pau que é dado em Chico, precisa ser abarcado em Francisco, com a mesma força, de preferência com um prego na ponta.

A cura petista deve ser momentânea. A partir do momento que o ex-presidente Lula estiver no foco da Mídia, Procuradores, do juiz federal Sergio Moro e da Globo, tudo muda. A fisionomia muda. Os ataques a tudo e o discurso de golpe ecoará.

Como eu disse no inicio: alguém precisa explicar essa patologia. Alguém de habilita?

Salvar




Veja Também