Ac24Horas - Portal de notícias do Acre

Rio Branco, Acre, 20 de abril de 2017

Após 15 dias preso, ex-prefeito de Plácido de Castro, Roney Firmino, é colocado em liberdade pela Justiça

Luciano Tavares, da redação ac24horas 20/04/2017 13:07:12

O Tribunal de Justiça do Acre acatou pedido de habeas corpus favorável à soltura do ex-prefeito Roney Firmino, de Plácido de Castro, que deve deixar o presídio estadual em Rio Branco nesta quinta-feira, 20. “Houve entendimento de que o ex-prefeito não podia continuar preso. Ele dever responder em liberdade”, resumiu o advogado Junior Feitosa, que atua na defesa do ex-prefeito.

Roney Firmino foi preso pela Polícia Federal no dia 05 deste mês. Segundo o mandado de prisão expedido pela Vara Criminal da Justiça Estadual em Plácido de Castro, ele não estava cumprindo as medidas cautelares impostas por decisão judicial proferida pelo Tribunal de Justiça do Estado do Acre, que o colocou em liberdade depois que foi preso preventivamente, pela primeira vez, em 14 de setembro de 2016, durante a 2ª fase da Operação Labor.

Denúncias contra o ex-prefeito

Roney Firmino ficou preso durante quase dois meses no Batalhão Ambiental, entre outubro e novembro do ano passado, em Rio Branco, acusado de participação em uma organização criminosa que supostamente fraudava licitações no estado, segundo a PF.

Na mesma época também foram presos, sob a mesma acusação, Rivelino Mota, então prefeito de Santa Rosa, e Tonheiro, então prefeito do Bujari.

De acordo com denúncia policial, eles pagavam funcionários fantasmas e atuavam em parceria com empresários através do uso de notas frias.




Veja Também