Ac24Horas - Portal de notícias do Acre

Rio Branco, Acre, 28 de novembro de 2016

Prefeita eleita de Tarauacá tem 4 processos por compra de voto

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas 28/11/2016 21:59:35

gasolina_01

Bom dia! Boa tarde Boa noite!

A prefeita eleita de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD), já pode pedir música no fantástico. Ela não fez três gols numa mesma partida de futebol, mas responde quatro processos por suposta compra de votos em um mesmo período eleitoral. A primeira ação contra Marilete foi no enfrentamento corpo a corpo com Rodrigo Damasceno (PT). Precisando de um reforço para o vale tudo com o petista, ela teria comprado um tatame avaliado em oito mil reais para uma academia da cidade. Os partidários de Damasceno afirmam que o tatame foi oferecido em troca de votos. Eles teriam, inclusive, uma gravação telefônica da negociação.

O atual vice-prefeito Chagas Batista (PCdoB) informa que uma segundo processo é da prestação de contas possivelmente irregular apresentada pela chapa de Marilete Vitorino. Segundo o comunista, o juiz da 5ª Zona Eleitoral, Guilherme Aparecido do Nascimento Fraga, acatou a ação da Frente Popular e impugnou as contas de Vitorino. Na terceira ação judicial, a prefeita eleita foi denunciada por uma militante petista que teria recebido uma requisição de 40 litros de gasolina, que foi entregue à Justiça. Ufa, no quatro e, espero que último processo, a gestora que ainda não tomou posse é acusada de patrocinar uma farra de combustível.

Combustível foi uma coisa que não teria faltado em nenhum momento para turbinar a campanha de Marilete Vitorino. Chagas Batista destaca que a afilhada dos senadores Sérgio Petecão (PSD) e Gladson Cameli (PP), teria distribuído 20 mil litros de combustíveis, após as eleições. Chagas apresenta fotografias de pessoas em filas com vasilhames e veículos para abastecer num posto da cidade. Com pouca gasolina nos pit stops, Rodrigo Damasceno não teve chance de disputar a reta final da corrida eleitoral e foi derrotado pela equipe de Marilete que foi mais eficientes nos abastecimentos dos carros dos eleitores e dos cabos eleitorais que andaram à vontade para pedir e supostamente comprar votos.

Meus três leitores apresentaram “Música urbana” da banda Capital Inicial, como sugestão para Marilete pedir no Fantástico. Abaixo, uma estrofe da música quem embalou a campanha eleitoral da prefeita eleita de Tarauacá:

As ruas têm cheiro de gasolina e óleo diesel
Por toda plataforma, Toda a plataforma
Por toda a plataforma você não vê a torre… yeah
(Oho-uo-uo ho. Oho-uo-uo ho. Uo o ho.)

Justiça começa a cortar supersalários de políticos

supersalario_01
Segundo reportagem de O Estadão, a Justiça Federal determinou no dia 14 o corte de R$ 30.471 nos ganhos do senador José Agripino Maia (DEM-RN). A 4.ª Vara Federal, no Rio Grande do Norte, entendeu que o congressista recebe a quantia irregularmente, acima do teto salarial para o serviço público, previsto na Constituição, atualmente de R$ 33.763. O valor corresponde à pensão recebida por Maia como ex-governador do Estado e se soma ao que é pago a ele pelo Senado, que já é equivalente ao limite constitucional. O caso é parecido com o do senador Jorge Viana, que aparece na lista dos supersalários acima do teto.

Será que a Justiça Federal do Acre vai levar em consideração esta decisão no Estado do Rio Grande do Norte e também vai acabar com a mordomia de Jorge Viana e o deputado Flaviano Melo, que também acumulam a pensão e o salário de parlamentar? A pensão vitalícia de ex-governador que beneficia Viana e Melo extinta no governo de Orleir Cameli e retomada no primeiro mandato do próprio Jorge Viana. Antes de receber a gorda aposentadoria, Viana criticava Melo, mas após o termino do mandato de governador do Acre, ele passou a receber e ficou quietinho, juntamente com o PT que protestava contra a mamata de mais de R$ 30 mil.

Jorge Viana quer reduzir o número de parlamentares com a desculpa que é para economizar, uma sugestão do blog é que ele abra mão da pensão, desta forma ele contribui com esta economia.

A piada do dia

bala_01
Meus três leitores, me respondam, por favor, vocês conhecem a Macroplan Prospectiva Estratégia & Gestão, que seria uma das mais experientes empresas brasileiras de consultoria em cenários prospectivos, administração estratégica e gestão orientada para resultados? Apesar da onda de assaltos, roubos, homicídios e terror imposto pelas facções criminosas, o Acre é o quarto estado com melhor índice de segurança do Brasil, segundo um estudo da consultoria Macroplan. Acredito que esta pesquisa foi realizada por telefone, com membros da cúpula de segurança do governo do Estado, ou não estamos falando do mesmo estado com execuções semanais, assaltos diários e arrombamentos constantes.

O governador e seus assessores comemoraram o levantamento desta empresa que chegou a mesma conclusão que o ex-governador Binho Marques (PT), que o Acre é o melhor lugar para viver na Amazônia, cruzando informações da taxa de homicídios com a taxa de óbitos por acidente de trânsito das 26 unidades federativas e o Distrito Federal em 2014. Quanto mais próximo de 1 for o índice do local, melhor é o seu desempenho. Um método tão inovador quanto as medidas de segurança adotadas pela equipe da administração petista. Não podermos esquecer que a culpa da bagunça que se encontra nosso sistema de segurança é do Temer, um presidente que está no poder há poucos meses.

roque_01Seaprof poderá ter um novo titular
Segundo um fonte palaciana, o presidente do PHS, Manoel Roque, poderá ser o próximo titular da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof). O interesse em Roque surgiu após ele divulgar fotos de um pé de melancia e um cajueiro que ele cultiva no próprio quintal. A fonte afirma que o próprio governador Sebastião Viana, acredita que Roque tem um perfil de gestor que se aproxima aos projetos inovadores do setor produtivo do Estado. Caso Manoel Roque chegue ao cargo, é torcer para ele descobrir se foi uma galinha gigante que comeu o milho que sumiu dos silos graneleiros do governo. Em Nárnia, tudo é possível.

Hora de fazer um “jaba” para um amigo
jaba_01




Veja Também