Conecte-se conosco
Fechar

Criança nasce com o coração fora do corpo e luta pela vida na UTI da Maternidade

Publicado

em

Apenas oito em cada um milhão de crianças nascem
com esta estranha anomalia. Este é o segundo caso registrado no Brasil; Governo do Acre garante
TFD para São Paulo, mas Ministério
da Saúde não tem o código de Pentalogia de Cantrell.

Um caso vem sensibilizando as autoridades da saúde pública no Acre. A luta pela vida do pequeno Sandro Alejandro do Nascimento Rodrigues. Nascido há 15 dias, a criança apresenta uma anomalia muito rara, conhecida como Pentalogia de Cantrell. O coração de Alejandro se desenvolveu fora do corpo.  O caso é o segundo registrado no Brasil. Apenas oito em cada um milhão de crianças nascem com esta estranha condição. A maioria deles não sobrevive aos primeiros dias.

Um relatório sobre as condições de saúde da criança chegou por volta das 17 horas desta terça-feira (22) no quinto andar da Secretaria Estadual de Saúde, onde a secretária Suely Melo tenta reunir as condições necessárias para a realização de uma cirurgia, no pequeno Alejandro, no Instituto do Coração, em São Paulo.

A reportagem conversou com a responsável pelo Tratamento Fora de Domicílio (TFD), Ediná Monteiro. Ela confirmou que o voo de UTI no Ar necessário neste tipo de atendimento já foi providenciado pelo estado.

“A luta agora é para conseguir o código da doença junto ao Ministério da Saúde, uma vez que pelo fato de ser rara, não existe a referência exigida para a internação no Instituto do Coração”, disse Ediná.

Perguntado sobre o diagnóstico da doença no pré-natal – uma vez que, segundo especialistas defeitos embriológicos de origem mesodérmica, ocorrem provavelmente por volta do 14º ao 18º dia de vida embrionária – Marissandro, pai do bebê, afirma que todos os médicos que acompanharam o caso disseram que o bebê nasceria e morreria em seguida.

“Nenhum dos médicos que acompanhou a gestação deu esperança de vida e o Alejandro já tem 15 dias, tendo demonstrado ser muito saudável. Hoje ele me olhou fixamente e até apertou o meu dedo”, acrescentou o pai.

Cocação Valente_600

Os pais mantiveram a fé mesmo depois do diagnóstico. A mãe, Celidiane da Cruz Nascimento, acompanha o filho desde o nascimento. Alejandro está na UTI da Maternidade Barbara Heliodora, em Rio Branco. Morador do município de Porto Acre, o pai de Alejandro, Marissandro Rodrigues de Sá, tem feito uma verdadeira peregrinação pelos órgãos de comunicação de Rio Branco, na tentativa de abreviar chamar a atenção das autoridades para abreviar a viagem do filho.

“Temos feito orações todos os dias. Estou vendo a hora ele não resistir, deveríamos ter viajado na quarta-feira passada”, se manifestou.

De acordo com o que a reportagem apurou, nos casos registrados em todo o mundo, tentativas de correção cirúrgica já foram amplamente realizadas. Ainda de acordo a gerente do TFD, Ediná Monteiro, assim que for liberado o código pelo Ministério da Saúde, a criança vai viajar para o Instituto do Coração.

“Pedimos a todos que ajudem com oração para ele poder resistir”, apelou o pai.

Continuar lendo

Destaque Direita

Câmara vai convocar SEMCAS para explicar distribuição de cinco casas para uma única família

Publicado

em

Continuar lendo

Destaque Direita

Famílias que invadiram casas no Rui Lino III responderão por invasão de domicílio, diz Emilson

Publicado

em

Continuar lendo

Destaque Direita

Davi Friale diz que friagem será de intensidade moderada, mas alerta sobre temporais em todo o AC

Publicado

em

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.

[fvplayer src="http://cdn1.ac24horas.com/wp-content/uploads/2017/09/POPSHOW_GUSTAVO_LIMA.mp4" autoplay="true" preroll="no" postroll="no" data-volume=0.03]