Boletim de ocorrência policial aponta que jovem estava alcoolizado quando dirigia moto que causou acidente e morte de estudante de 15 anos

25/02/2013 11:04:25

Texto – Gleydison Meirelles/foto de CLEICIANE RODRIGUES, VIA FACEBOOK
[email protected]

O acidente ocorrido na madrugada de domingo (24), que vitimou a estudante Jamile Lira Ferreira, 15 anos, levantou questionamentos sobre o policiamento, sobretudo a segurança no entorno do estádio Arena da Floresta.

cristianJamile Ferreira morreu após a motocicleta de seu namorado, Antônio Crhystian Brasil de Souza, 23, colidir violentamente contra uma estrutura metálica, a estudante que viajava na garupa e sem capacete teve morte instantânea. Testemunhas disseram que o namorado da vítima participava de um “racha”.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Militar, Antônio Crhystian, que teve vários ferimentos pelo corpo, disse aos médicos que o atenderam no Pronto Socorro que estava ingerido bebida alcoólica na companhia de amigos momentos antes do acidente.

O sub-comandante da Polícia Militar, coronel Paulo Cesar afirmou, na manhã desta segunda-feira (25), que este não é o primeiro acidente que acontece no local e que por isso o policiamento na área será intensificado, além de se iniciar uma conversa para que o acesso ao local (estacionamento do estádio) seja fechado em dias que não haja eventos no local.

“É mais um fato lamentável onde uma adolescente perdeu a vida de forma trágica, numa mistura irresponsável e mortal de álcool, direção e imprudência. Essa não a primeira ocorrência dessa natureza, só que em proporções menores, registrada no local, por isso a partir desta semana começaremos a intensificar o policiamento na região e vamos marcar uma reunião com a Secretaria de Turismo, que é quem tem a responsabilidade sobre o espaço, e estaremos buscando uma medida de fechar os acessos ao estacionamento do estádio em dias que não haja eventos”, disse o sub-comandante.

De acordo com Paulo Cesar, horas antes do acidente aconteceu no estacionamento do estádio Arena da Floresta um evento de manobras radicais que reuniu centenas de pessoas, e uma equipe da Polícia Militar foi destacado para o local.

“Como ocorre em todos os eventos disponibilizamos uma equipe de policiais para fazer a segurança do local, esse policiamento permanece até uma hora depois do evento e depois é incorporado ao patrulhamento de rotina”, explicou Paulo Cesar, que garantiu medidas mais rígidas por parte da Polícia Militar para que não ocorra mais tragédias como a ocorrida no último final de semana.

 

 

 


Notícias Acre Classificados AC

Leia o post anterior:
Letícia Mamed sai da assessoria de comunicação do Poder Judiciário

Jairo Carioca - da redação de ac24horas jscarioca@gmail.coom A jornalista Letícia Mamed anunciou através de carta, sua saída da assessoria...

Fechar