Conecte-se conosco
Fechar

Boletim de ocorrência policial aponta que jovem estava alcoolizado quando dirigia moto que causou acidente e morte de estudante de 15 anos

Publicado

em

Texto – Gleydison Meirelles/foto de CLEICIANE RODRIGUES, VIA FACEBOOK
ggreyck@gmail.com

O acidente ocorrido na madrugada de domingo (24), que vitimou a estudante Jamile Lira Ferreira, 15 anos, levantou questionamentos sobre o policiamento, sobretudo a segurança no entorno do estádio Arena da Floresta.

Jamile Ferreira morreu após a motocicleta de seu namorado, Antônio Crhystian Brasil de Souza, 23, colidir violentamente contra uma estrutura metálica, a estudante que viajava na garupa e sem capacete teve morte instantânea. Testemunhas disseram que o namorado da vítima participava de um “racha”.

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado pela Polícia Militar, Antônio Crhystian, que teve vários ferimentos pelo corpo, disse aos médicos que o atenderam no Pronto Socorro que estava ingerido bebida alcoólica na companhia de amigos momentos antes do acidente.

O sub-comandante da Polícia Militar, coronel Paulo Cesar afirmou, na manhã desta segunda-feira (25), que este não é o primeiro acidente que acontece no local e que por isso o policiamento na área será intensificado, além de se iniciar uma conversa para que o acesso ao local (estacionamento do estádio) seja fechado em dias que não haja eventos no local.

“É mais um fato lamentável onde uma adolescente perdeu a vida de forma trágica, numa mistura irresponsável e mortal de álcool, direção e imprudência. Essa não a primeira ocorrência dessa natureza, só que em proporções menores, registrada no local, por isso a partir desta semana começaremos a intensificar o policiamento na região e vamos marcar uma reunião com a Secretaria de Turismo, que é quem tem a responsabilidade sobre o espaço, e estaremos buscando uma medida de fechar os acessos ao estacionamento do estádio em dias que não haja eventos”, disse o sub-comandante.

De acordo com Paulo Cesar, horas antes do acidente aconteceu no estacionamento do estádio Arena da Floresta um evento de manobras radicais que reuniu centenas de pessoas, e uma equipe da Polícia Militar foi destacado para o local.

“Como ocorre em todos os eventos disponibilizamos uma equipe de policiais para fazer a segurança do local, esse policiamento permanece até uma hora depois do evento e depois é incorporado ao patrulhamento de rotina”, explicou Paulo Cesar, que garantiu medidas mais rígidas por parte da Polícia Militar para que não ocorra mais tragédias como a ocorrida no último final de semana.

 

 

 

Continuar lendo

Acre

Alan Rick aprova relatório que prioriza auxílio ao consumidor na fiscalização da vigilância sanitária

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Deputado Angelim defende mais respeito e solidariedade às pessoas com deficiências

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Policial civil do Acre é condenado por facilitar fuga de detido e ocultar provas de crimes

Publicado

em

Continuar lendo
Publicidade

Mais lidas

Copyright © 2017 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.