Debate sobre o segundo turno das eleições da capital é o principal assunto na tribuna da Aleac

17/10/2012 17:10:40

Ray Melo,
da redação de ac24horas
[email protected]

Os deputados estaduais continuam com o foco nas eleições municipais. Nesta quarta-feira, 17, dia dedicado a sessão solene em homenagem ao Dia do Médico, o assunto predominante foi à disputa da prefeitura de Rio Branco, em dois turnos.

Nos bastidores do Poder Legislativo Estadual, partidários dos blocos de situação e oposição discutiam os apoios e as estratégias adotadas para reta final da eleição na capital. As discussões se estendem ainda, a mídia oficial do Governo do Acre.

Oposicionistas questionam a vinculação das peças publicitárias da administração estadual, nos mesmos horários das inserções da Frente Popular. Os governistas se defendem e dizem que se trata de programas de governo que atingem todo o Estado.

O clima está tão tenso entre os parlamentares, que a sessão de quinta-feira, continua sendo assunto proibido. Desde que se iniciou a campanha eleitoral deste ano, os deputados estaduais estão trabalhando apenas dois dias por semana.

Os parlamentares da base de governo afirmam que os colegas de oposição são os que mais faltam aos trabalhos legislativos. O bloco de oposição se defende e rebatem que muitas demandas ainda não foram fechadas no interior.

Separando as desculpas de um lado e de outro, o que se nota nas rodas de conversas nos corredores da Aleac, é que nada ainda está decidido, quando o assunto é segundo turno. Ninguém arrisca um palpite nem apostas no resultado da eleição.

Os trabalhos de contra-informação da militância preocupam os dois lados da disputa. A agressividade adotada pelos defensores de Marcus Alexandre (PT) e Tião Bocalom (PSDB), nas redes sociais tem preocupado os líderes partidários.

Enquanto o cenário não se define politicamente, as manobras de oposição e situação se multiplicam nas salas de reunião e gabinetes da Aleac, para saber quem consegue angariar mais dividendos para seus blocos, na disputa do segundo turno.

O presidente da Aleac, deputado Élson Santiago (PEN), responsável pela campanha do candidato derrota André Maia (PT), em Senador Guiomard é um dos mais preocupados. Santiago tenta se manter no comando do legislativo, nas eleições que se avizinham.

O jogo político teria como pano de fundo, as eleições de 2014. Para os deputados, o cenário político futuro poderá ser facilitado, com uma vitória da situação na disputa em Rio Branco, o que na teoria, garantiria tranqüilidade para reeleição do governador Sebastião Viana (PT).

 

 

 



Notícias Acre Classificados AC