Operação Tentáculos: 2ª Vara Criminal de Rio Branco autoriza 27 prisões preventivas

Jairo Carioca 12/06/2012 15:52:23
A 2ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco participou diretamente da “Operação Tentáculos”, executada na cidade de Rio Branco, na manhã de ontem (11), e que resultou na prisão de 27 pessoas acusadas de compor uma quadrilha dentro do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC).

Elas teriam fraudado exames para facilitar a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), além de outros delitos como retirada de multas, transferência de pontuação na carteira e falsificação de documentos para carros roubados.

Nos municípios de Rio Branco, Senador Guiomard e Bujari mais de 500 habilitações foram fraudadas. Além disso, policiais (civis e militares), auto-escolas, psicólogos e funcionários do próprio Detran também teriam participado das práticas criminosas.

Titular da unidade judiciária, a juíza Denise Bonfim informou nesta terça-feira (12) sobre a participação do Judiciário Acreano na Operação. “O trabalho é resultante de um esforço que começou em 2010 e teve a contribuição de outras instituições, como Ministério Público Estadual (MPE) e Polícia Civil. Mas foi a 2ª Vara Criminal quem autorizou as escutas telefônicas que integraram a investigação, bem como os 27 mandados de prisão”, explicou a magistrada.

O secretário de Polícia Civil, Emylson Farias, reconheceu a importância da 2ª Vara Criminal para que a operação fosse deflagrada com sucesso. “O Judiciário foi ágil, atuou com eficiência e responsabilidade”, disse ele.

Denise Bonfim informou ainda que as investigações vão continuar e que os acusados irão ser julgados de acordo com as leis brasileiras. As 27 pessoas flagradas por meio da “Operação Tentáculos” estão cumprindo prisão preventiva.

AGÊNCIA TJAC






Veja Também